Rotas Singulares

Fotografia da minha autoria


«Viagens enchem a alma»


A minha alma de viajante anseia pelo momento em que, de roteiro na mão, colocarei vistos nos locais que pretendo palmilhar. Quero abraçar o mundo, mas não sem antes percorrer Portugal de Norte a Sul, porque ainda há muito deste país que me falta explorar. E, sobretudo, porque é o que me faz mais sentido. É o que me faz sentir. E eu priorizo bastante esta sensação de estar em casa, descobrindo rotas internas.

Rotas Singulares surge da capacidade de passarmos horas a planear o itinerário perfeito, mas de nos esquecermos, muitas vezes, de explorar o que está tão perto. Simultaneamente, tem dois grandes objetivos: levar-nos a conhecer o que é nosso de um ponto de vista mais aprofundado - alargando horizontes e não colocando de parte os encantos que a nossa localidade pode oferecer - e permitir que o partilhemos nesta comunidade online. Porque é sempre especial trocar vivências e descobertas. Já há muito tempo que pretendia desenvolver um projeto com estas características, mas mantive-o fechado numa gaveta, porque me questionei sempre sobre a sua originalidade e pertinência. No entanto, como filha orgulhosa de Vila Nova de Gaia, percebi que não tinha motivos para o continuar a adiar.

// Sinopse //
Defendo que é muito mais interessante quando conseguimos sentir o cunho pessoal de quem nos escreve. É importantíssimo conhecermos a História de cada lugar, mas, confesso, privilegio a partilha de sensações e perceções. Porque o retrato histórico está à distância de uma pesquisa. O que observamos e sentimos só está disponível quando nos predispomos a abrir o livro.

// Bilhete de Identidade //
Descrevam, em traços gerais, a cidade onde vivem: nome, em que parte do país se situa, uma característica que achem interessante e que a diferencie das restantes. Aqui podem destacar tudo o que ajudar a construir o seu bilhete de identidade - incluindo dados históricos.

// Capítulos //
Escolham os pontos turísticos que quiserem, desde os mais conhecidos aos menos procurados. Desafiem-se a conhecer a fundo. E descrevam cada um deles com uma base muito pessoal: opinião, sensações, características, curiosidades, cheiros, cores, histórias e memórias que possam ter de lá. Não há limites. E, atenção, não precisa de ser uma descrição longa, coloquem é o vosso coração em cada partilha. Se ajudar, perguntem-se sempre porque é que aquele local é especial.

// Manifestação artística //
Escrevam muito. Fotografem na mesma medida. E de diferentes perspetivas. Porque as fotografias também ajudam a contar histórias e, por vezes, a traduzir aquilo que não está ao alcance das palavras. Se preferirem, podem também participar através de vídeo.

// Personagens & Tempo //
Este projeto, à semelhança do Storyteller Dice, destina-se a todas as pessoas que tenham blogue, instagram, facebook ou qualquer outra plataforma onde desenvolvam conteúdo ou façam partilhas por lazer. Não há qualquer periodicidade associada, ficando essa gestão à responsabilidade de cada participante.

// Epílogo //
- Podem optar por uma partilha única, onde façam um apanhado dos vários pontos turísticos, ou por várias;
- Se quiserem fazer parte desta aventura, enviem-me um e-mail para asgavetasdaminhacasaencantada@hotmail.com. Sempre que publicarem algo relativo ao projeto, enviem-me o[s] link[s], para que eu possa acrescentar ao separador das Rotas Singulares;
- Se partilharem nas redes sociais, utilizem a hashtag #rotassingulares_asgavetas.




Andreia Morais // Vila Nova de Gaia: Bilhete de Identidade || Zoo Santo Inácio ||

Carolina Ferreira // Torres Vedras: Termas dos Cucos ||

Matilde Moreira:

Share
Tweet
Pin
Share