ENTRELINHAS ◾ BALADA PARA SOPHIE

Fotografia da minha autoria



«É uma deslumbrante novela gráfica»

Avisos de Conteúdo: Doença, Droga, Violência Doméstica, Morte, Tentativa de Suicídio


A presença de novelas gráficas na minha jornada literária é bastante recente e, reconheço, pouco regular, mas há histórias que têm o poder de nos mostrar o que temos perdido, talvez pelo receio de arriscarmos em formatos distintos do nosso habitual. Por isso, embalada pela energia da Feira do Livro do Porto, do ano transato, adquiri um dos títulos que tinha na minha lista de desejos, da autoria de Filipe Melo e Juan Cavia.


UMA VIAGEM INTIMISTA

Balada Para Sophie é uma das mais belas e brilhantes narrativas [escritas e ilustradas] que tive a oportunidade de descobrir, porque fui envolvida na sua melodia sem ter noção da leveza com que o tempo avança, atendendo a que apresenta um desenvolvimento que nos inebria; que tanto nos entretém, como nos comove.

«Carreira?! Poupe-me. Foram anos a fazer merda só pelo dinheiro»

Por um lado, dei por mim a rir com as intervenções do protagonista. Por outro, fui invadida por lágrimas subtis, mas incontroláveis, sobretudo, na fase final do enredo. Porque esta não é apenas a história de um famoso pianista, é uma viagem intimista pela ascenção e pela queda - e por tudo o que ficou por dizer, por viver.

«Assim se passava o tempo em Sainte-Claire. A aprender a sobreviver»

A vida de Julien Dubois serve, também, de palco «à história da Europa do século XX», nomeadamente no que concerne à ocupação nazi. Em simultâneo, abre portas para refletirmos sobre questões como a rivalidade entre pares, sobre percursos construídos com outra identidade, sobre amores perdidos e sobre as batalhas que perdemos contra os nossos vícios. No meio deste cenário tão amplo e complexo, torna-se percetível a necessidade da sobrevivência e o quanto a fama pode deslumbrar-nos, afastando-nos de quem somos.


SERMOS O NOSSO PIOR INIMIGO

Este livro é cheio de luz e de escuridão, e as ilustrações transportam-nos para este contraste, visto que parecem ter vida, fazendo-nos sentir cada momento; fazendo-nos sentir o medo, a pressão, a dor, a carência, o arrependimento e as saudades. E sendo esta uma balada tão emocional, há musicalidade nas palavras, envolvendo-nos numa dança que queremos que se prolongue, apenas para compreendermos cada detalhe.

«É incrível a força que se ganha quando alguém acredita em nós mais do que nós próprios»

Filipe Melo e Juan Cavia merecem todo o reconhecimento pela magia que habita nestas páginas, pelos pormenores sublimes e pela sinceridade com que os transmitiram. Porque a vida consegue ter um tom irónico que nos desarma e que nos leva a reconsiderar a forma como cuidamos de nós e como tratamos os demais.

«Mas... como é que alguém pode ser feliz a tentar ser outra pessoa? 
Acabamos por ser apenas personagens secundárias da nossa própria vida»

Balada Para Sophie é feito de muitas pessoas, de muitas vidas particulares. E, além disso, é feito de vulnerabilidade, que se manifesta não só quando se permite que estranhos entrem em nossa casa, remexendo no nosso passado, mas também no momento em que se torna evidente que somos, inúmeras vezes, o nosso pior inimigo. Hei-de regressar a esta melodia extraordinária que se colou à minha pele. Que obra prima!


Disponibilidade: Wook | Bertrand

Nota: O blogue é afiliado da Wook e da Bertrand. Ao adquirirem o[s] artigo[s] através dos links disponibilizados estão a contribuir para o seu crescimento literário - e não só. Muito obrigada pelo apoio ♥

18 comments

  1. Desconhecia este livro. Fiquei bastante curiosa. Vou pesquisar mais sobre ele.

    Obrigada pela partilha *.*

    Beijinho grande, minha querida!

    ResponderEliminar
  2. Respostas
    1. Fiquei rendida à simbiose entre o texto e as ilustrações. São dois artistas extraordinários e os talentos combinam na perfeição
      Obrigada e igualmente, Francisco

      Eliminar
  3. Fiquei com muita vontade de ler este livro depois de ler este teu review. Muito obrigada pela partilha, minha querida

    ResponderEliminar
  4. Andreia é um bom livro pra ler, a história é bastante interessante, bjs.
    https://www.lucimarmoreira.com/




    ResponderEliminar
  5. Vou guardar a sugestão. Obrigada por partilhar!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Acredito que seja um livro com uma narrativa fascinante de ler
    .
    Uma quinta-feira feliz
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
  7. Sempre com as melhores sugestões, ainda não tinha ouvido falar
    Beijinhos
    Novo post
    Tem Post Novos Diariamente

    ResponderEliminar