30 ANTES DOS 30: A EXPERIÊNCIA

Fotografia da minha autoria



«Um projeto de leitura para comemorar os 30»


A literatura é uma expressão artística - cada vez mais - imprescindível na minha caminha, o que não constitui segredo para ninguém. Por isso, procuro abraçar sempre novas maneiras de me estimular a ler com uma certa consistência ou, então, a pegar naqueles títulos que vão ficando perdidos nas estantes. Portanto, aventurei-me no desafio literário criado pela Pam Gonçalves, cujo propósito passava por ler 30 livros antes dos 30 anos.

Iniciei esta jornada no primeiro dia de 2021, ciente que a meta estava, logo de imediato, definida para o próximo dia 15 de abril, data em que atinjo a idade em questão. A margem temporal deixava-me, então, confortável o suficiente para alargar horizontes e gerir leituras que sentisse mais prioritárias. Com altos e alguns baixos, creio que foi um exercício fantástico, que me aproximou de narrativas que, talvez, noutras circunstâncias demorariam a entrar na minha vida. E, só por isso, o desafio já tinha valido totalmente a pena.

Com o intuito de registar tudo o que dissesse respeito ao 30 Antes dos 30, criei um separador no meu Bullet Journal. No seu interior, tinha molduras com os respetivos nomes, que ia pintando à medida que os concluísse. A última moldura foi preenchida, num tom de verde esperança, a 31 de março. Mas o ponto de onde parti não foi bem aquele onde cheguei, porque senti necessidade de fazer pequenos ajustes durante o processo.


 A LISTA QUE TINHA PARA LER 


   


 A LISTA QUE LI 


   
   
A grande maioria dos títulos permaneceu inalterável. No entanto, acabei por trocar dois deles. Deste modo, em vez de ler Uma Educação, de Tara Westover, e Vidas Adiadas, de Dorothy Koomson, optei por ler Apenas Miúdos, de Patti Smith, e Não Serei Eu Mulher?, de Bell Hooks. E, reconheço, foi a decisão mais acertada.

Uma anotação: a ordem pela qual aparecem não representa a ordem pela qual os li. Tal como faço sempre, tive em consideração a minha predisposição para descobrir as histórias e o que fazia mais sentido no momento.


 OS FAVORITOS E AS DESILUSÕES 



Tenho o cuidado de retirar o melhor de cada narrativa, mas mentiria se dissesse que não me desiludi com algumas, porque ficaram aquém das minhas expectativas. Por outro lado, houve outras que me arrebataram.


AS DESILUSÕES

      


OS FAVORITOS

      

Equilibrei este desafio com o Alma Lusitana e com outras iniciativas literárias, o que me permitiu uma participação muito mais prazerosa, sem ter a sensação que o tempo começava a esgotar-se. Este conceito, em 2020, não estava nos meus planos, mas revelou-se uma dinâmica muito original e que me encheu as medidas. 

Ainda tenho algumas publicações reservadas dentro do tema, porque não partilhei todas as opiniões sobre as obras que li - e quero escrever sobre as sete que faltam. No entanto, alcancei a meta e estou entusiasmada com as curvas bonitas que este desafio proporcionou. Pode ser que o repita para assinalar outros marcos.

24 comments

  1. Fizeste bastantes leituras :).Tenho muita curiosidade em conhecer o trabalho da Rosa Lobato Faria, nunca li nada dela e já ouvi boas opiniões. Também quero ler mais da Colleen só li dois livros dela.

    Beijinho grande, minha querida.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tambem quero muito ler este livro da RLF :)

      Eliminar
    2. Tinha uma margem temporal bastante confortável para ler os 30 títulos que defini :)
      Foi a minha estreia na obra da autora e confesso que não correu bem. A escrita vale a pena, mas a narrativa ficou confusa
      Também quero aventurar-me em mais livros da Colleen

      Eliminar
    3. Espero que vos proporcione uma leitura mais prazerosa :)

      Eliminar
  2. Tambem li bastantes livros antes e depois dos 30, coisa que me orgulho bastante pois fez-me muito bem :) Agora leio a conta-gotas mas melhor assim do que nada :) Ler faz bem à nossa mente :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Felizmente, também tenho feito uma trajetória muito aconchegante na área da literatura e estipular 30 livros específicos para ler antes dos 30 foi uma dinâmica incrível :)
      Faz mesmo!

      Eliminar
  3. Parabéns pela conclusão de mais um projecto! E que venham os 30 🤗
    Também me desiludi muito com o livro "A Verdade Sobre o Caso Harry Quebert". Por outro lado, já li "Se esta Rua Falasse" e é maravilhoso! Quero imenso ler o do Afonso Cruz também.

    Daqui a pouco, também vou publicar uma actualização da minha lista lá no blogue. Já nem me lembrava dos títulos que tinha escolhido e nem da própria lista em si, ahahah! Mas até fiquei surpreendida com a atualização 😊

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase, quase aí :D
      Pelas várias opiniões que fui lendo, estava mesmo à espera que a história tivesse outro impacto. Acho que resultaria melhor caso não o vendessem como um thriller.
      Fiquei encantada com a escrita de James Baldwin, só me apetece ler tudo dele!
      Sou suspeita, mas vale muito a pena *-*

      Isso é um ótimo sinal ahahah

      Eliminar
  4. Andreia leu bastante livros bons, foi um bom desafio, ler faz bem a alma, ao coração, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  5. Como é tão bom quando fazemos o que mais gostamos, posso dizer que ainda acabou por ler bastante coisa, nem todos que tens aí conhecia
    Beijinhos
    Novo post
    Tem Post Novos Diariamente

    ResponderEliminar
  6. Um desafio e tanto, é claro que nos surpreendemos e desiludimos com os livros! Os gostos não são todos iguais!!
    xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  7. Desafios sempre dão um incentivo lindo pra gente. Da sua lista, há pouco terminei o Livro do Desassossego, e sempre releio o da Dulce Maria Cardoso! Campo de Sangue é um dos meus livros preferidos da vida. Em 2020 li A Cor Púrpura, e esse também é um impacto...

    Fiquei curiosa em ler seus favoritos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto o mesmo :)
      O que achaste do Livro do Desassossego? Gostei muito desse livro da Dulce Maria Cardoso [que escrita maravilhosa], mas confesso que me faltou algo.
      A Cor Púrpura dá-nos um murro no estômago.

      Eliminar
    2. Eu amei o Livro do Desassossego! Foi uma leitura mais lenta, mas é uma obra que sei que quero revisitar em muitos outros momentos (inclusive, estou com inúmeras citações salvas, haha.)

      Ah: achei incrível saber que você vai publicar um livro <3 Parabéns e todo o sucesso do mundo pra ti!

      Eliminar
    3. Tive uma sensação igual. É daquelas leituras que vamos saboreando e à qual também vou querer regressar :)

      Oh, obrigada! A primeira parte está feita, agora é tentar a minha sorte junto das editoras

      Eliminar
  8. Parabéns por concluíres o teu desafio. 😉

    ResponderEliminar