UM SEMESTRE DE LEITURAS '21

Fotografia da minha autoria



«Não existe conhecimento sem uma boa bagagem de leitura»


A nossa pegada livrólica é sempre distinta: não só pela diversidade de manuscritos e autores, mas também pela predisposição que se manifesta quando selecionamos ou preterimos determinados livros. Por isso, embarcando nesta viagem de descoberta, resolvi recuperar uma publicação inspirada na Sofia Costa Lima e compilar as histórias que me acompanharam durante este primeiro semestre, agrupando-as nos seus projetos.


CLUBES DE LEITURA

A dinâmica privilegiada pelos clubes de leitura que frequento fascina-me cada vez mais, porque alargo horizontes e arrisco em obras que, talvez, não fossem uma escolha prioritária, ao mesmo tempo que preservo a minha identidade, enquanto leitora. Este ano, renovei votos com Uma Dúzia de Livros, dei a mão ao Ler a Diferença e tenho estado atenta ao Clube Leituras Descomplicadas. Além disso, lancei o Alma Lusitana.

 ALMA LUSITANA  
Inicialmente, o Alma Lusitana foi um desafio para celebrar o Dia do Autor Português. Mas marcou-me tanto, que permaneceu a vontade de o prolongar no tempo. Assim, revi as categorias e transformei-o num clube de leitura, respeitando sempre as características de cada participante, porque não há qualquer obrigatoriedade e o objetivo é ler sem pressões. O único requisito é destacar os nossos escritores. E, até ao momento, li:

📖 Filho da Mãe, Hugo Gonçalves;
📖 Série Afonso Catalão, Nuno Nepomuceno;
📖 Último Volume, Miguel Esteves Cardoso;
📖 A Maior Flor do Mundo, José Saramago;
📖 A Sibila, Agustina Bessa-Luis;
📖 A Vida Oculta das Coisas, Cláudia Cruz Santos.

 UMA DÚZIA DE LIVROS 
Fico sempre fascinada com os temas que a Rita da Nova idealiza para cada mês. E já descobri:

📖 Minha Sombria Vanessa, Kate Elizabeth Russel;
📖 Persépolis, Marjane Satrapi;
📖 O Pintor de Batalhas, Arturo Pérez-Reverte;
📖 Uma Solidão Demasiado Ruidosa, Bohumil Hrabal;
📖 1984, George Orwell;
📖 Brincadeiras de Irmãs, Maria José Silveira Núncio.

 LER A DIFERENÇA 
A Elga - Quem Me Lera - pensou em criar um ciclo de leituras mais inclusivas, porque é uma missão crucial para o nosso desenvolvimento. E foi assim que nasceu o Ler a Diferença, para o qual já pude ler:

📖 Se Eu Fosse Tua, Meredith Russo;
📖 Heartstopper Volume 1, Alice Oseman.

 LEITURAS DESCOMPLICADAS 
A minha participação no clube da Sandra tem sido negligente. Apesar disso, proporcionou-me a descoberta de:

📖 A Cor Púrpura, Alice Walker;
📖 As Falsas Memórias de Manoel Luz, Marlene Ferraz.


DESAFIOS LITERÁRIOS

Para complementar esta experiência literária, fez-me todo o sentido reconsiderar o projeto de ler trinta livros antes dos trinta anos, da Pam Gonçalves. Da lista que defini, já consegui rasurar doze. E são eles:

📖 Para Onde Vão os Guarda-Chuvas, Afonso Cruz;
📖 Último Volume, Miguel Esteves Cardoso;
📖 A Cor Púrpura, Alice Walker;
📖 A Força dos Afectos, Torey Hayden;
📖 Campo de Sangue, Dulce Maria Cardoso;
📖 Filho da Mãe, Hugo Gonçalves;
📖 O Menino, a Toupeira, a Raposa e o Cavalo, Charlie Mackesy;
📖 Outlander: Nas Asas do Tempo, Diana Gabaldon;
📖 Persépolis, Marjane Satrapi;
📖 Se Esta Rua Falasse, James Baldwin;
📖 Publicação da Mortalidade, Valter Hugo Mãe;
📖 O Jogo do Anjo, Carlos Ruiz Zafón.

Em simultâneo, procuro estar atenta ao projeto Português no Feminino, da Intermitências de Uma Leitora


GOODREADS: READING CHALLENGE

Na minha estante, no final de 2020, tinha 30 livros por ler. Por essa razão, optei por definir esse número como a meta do Reading Challenge, da plataforma Goodreads, para este ano. Atingi-a em abril, mas não senti necessidade de alargar o desafio, até porque, como refiro sempre, são as histórias que me entusiasmam.


ENTRELINHAS

O meu objetivo continua a ser encurtar a distância entre o término de uma leitura e a partilha da minha opinião sobre a mesma. No entanto, é provável que ainda demore. Independentemente disso, fui acompanhada por:

📖 A Casa e o Mundo, R. Tagore;
📖 Valentina, Carina Romano;
📖 Os Pássaros, Célia Correia Loureiro;
📖 Crónica dos Bons Malandros, Mário Zambujal;
📖 O Fogo Será a Tua Casa, Nuno Camarneiro;
📖 Amor à Primeira Assinatura, Leonor Ferrão;
📖 Carolina Beatriz Ângelo: Um Pequeno Grande Gesto de Coragem, Carla Maia de Almeida;
📖 Ana de Castro Osório: A Mulher Que Votou na Literatura, Carla Maia de Almeida;
📖 Fábrica de Melancolias Suportáveis, Raquel Gaspar Silva;
📖 Os Maias, Eça de Queiroz;
📖 Poesia, Sophia de Mello Breyner;
📖 Dia do Mar, Sophia de Mello Breyner;
📖 O Lugar das Árvores Tristes, Lénia Rufino;
📖 Matar o Salazar, António Araújo;
📖 Suite Sem Vista, Inês Fonseca Santos;
📖 Livro Redondo, Catarina Nunes de Almeida;
📖 O Vício dos Livros, Afonso Cruz;
📖 Jardim de Outono, Dulce María Loynaz;
📖 Jóquei, Matilde Campilho;
📖 O Que Dizer das Flores, Maria Isaac;
📖 Vem à Quinta-Feira, Filipa Leal;
📖 Red, Sara Marques;
📖 A Flor Margarida, Inês Vieira Brandão;
📖 Krismas: A Aldeia Luminosa do Natal, Sandra Monteiro;
📖 Manuscrito, Ana Ribeiro.


OS MELHORES DO ANO

É cedo para validar esta resposta. Porém, tendo em conta o que me fizeram sentir, tenho seis favoritos: 

📖 Pecados Santos, Nuno Nepomuceno;
📖 Para Onde Vão os Guarda-Chuvas, Afonso Cruz; 
📖 As Falsas Memórias de Manoel Luz, Marlene Ferraz; 
📖 Se Esta Rua Falasse, James Baldwin; 
📖 O Jogo do Anjo, Carlos Ruiz Zafón; 
📖 O Que Dizer das Flores, Maria Isaac.


Está a ser uma caminhada maravilhosa ♥

14 comments

  1. Que semestre tão bom em leituras, também tenho lido imenso nestes primeiros meses.

    Agora estou a ler "As Nove vidas de Dewey".

    Beijinho grande, minha querida!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está mesmo a ser uma jornada surpreendente!
      Esse não conheço, mas vou procurar :)

      Eliminar
  2. Tao bom <3 Tenho saudades de ler assim <3 Aproveita bastante ;)

    ResponderEliminar
  3. Oh caneco mas quantos livros já leste este ano? :o Eu vou no 32º salvo erro. A meta do ano era 35, mas penso chegar aos 40. Ainda tenho tantos em espera ehehe

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salvo erro, já li 58, mas também faço intenções de continuar :p
      Compreendo bem ahahah

      Eliminar
  4. É mesmo tão bom quando conseguimos fazer o que mais gostamos e ler o que mais gostamos, mas as vezes nem sempre é fácil
    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  5. Tenho lido um livro por mês, o que para mim é óptimo. Em 10 dias de férias consegui ler 3.
    Mas nem que vivesse duas vidas bateria o teu record ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é mesmo ótimo! Porque o mais importante é ler, sem pressão do número :)

      Eliminar
  6. Maravilhoso semestre, que projeto lindo esse, livros só traz conhecimento, bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar