ALMA LUSITANA //
DIA DO AUTOR PORTUGUÊS

by - maio 22, 2020

Fotografia da minha autoria


«Ser escritor é isto: 
é sentir nossa alma a sair pelos dedos»


Os heróis são feitos de uma fibra resistente. E, muitos deles, não usam capa. Mas têm super-poderes, principalmente, quando fazem das palavras um escudo e dos textos uma arma poderosa, estimulando a sociedade a questionar. A lutar. A ser. Portanto, neste compromisso que assumimos como diário e intemporal, os escritores criam refúgios e novos mundos, para os quais podemos desaparecer. E sentir-nos em casa.

O papel dos autores tem, assim, uma importância acrescida. Quer para a nossa formação académica, quer para o nosso entretenimento. E é, ainda, imprescindível para equilibrar a nossa saúde mental, para dar voz às nossas angustias e para serenar o nosso lado emocional - ou, então, para nos deixar em alvoroço, despertando-nos por dentro. Por essa razão, e atendendo a que a 22 de maio se celebra o Dia do Autor Português, aproveitei a minha missão de descobrir o que de melhor se cria neste nosso jardim à beira-mar plantado e desenvolvi uma iniciativa que valoriza e homenageia todos aqueles que, com a delicadeza das letras e a sensibilidade da alma, nos permitem sonhar.

Alma Lusitana é um desafio simples, cuja finalidade consiste em respondermos a um conjunto de 12 categorias, recorrendo apenas a autores nacionais. E senti que tinha toda a lógica denominar cada uma delas através de localidades portuguesas. Como acredito que a melhor maneira de exaltarmos os escritores é conversando sobre o seu talento e sobre as suas obras, procurei desenvolver um fio condutor, que nos levasse a viajar por vários nomes e pelas infinitas asas dos livros.


ALMA LUSITANA // AS CATEGORIAS

 PORTO: Um autor que nunca tenhas lido, 
mas que está na tua lista 
Dulce Maria Cardoso, com o seu livro O Retorno


 AVEIRO: Um livro para morar 
O Pintor Debaixo do Lava-Loiças, Afonso Cruz


Debaixo de Algum Céu, Nuno Camarneiro


 COIMBRA: Um livro do teu autor favorito 
Como é Linda a Puta da Vida, Miguel Esteves Cardoso


 LEIRIA: Um livro para reler 
A Desumanização, Valter Hugo Mãe


 ERICEIRA: Um livro que te transporta para 
uma zona do país que gostas 
Memorial do Convento, José Saramago


 GUIMARÃES: Um livro que deveria 
ter uma adaptação cinematográfica 
A Noite em Que o Verão Acabou, João Tordo


 SINTRA: Um livro de poesia 
Diogo Piçarra em Pessoa, Diogo Piçarra


O Livro da Tila, Matilde Rosa Araújo


 BRAGANÇA: O primeiro autor que leste 
Álvaro Magalhães, na infância, com O Limpa-Palavras e Outros Poemas


Margarida Rebelo Pinto, na adolescência, com Onde Reside o Amor


 GAIA: Um livro infanto-juvenil 
O Avô Tem Uma Borracha na Cabeça, Rui Zink


 LISBOA: Um livro que mencione outras expressões artísticas 
Sintonia, Cláudia S. Reis


 BRAGA: Um livro passado na tua estação do ano favorita 
Onde Cantam os Grilos, Maria Isaac


Raparigas Como Nós, Helena Magalhães


 ÓBIDOS: O livro com a capa mais bonita 
Rodopio, Mário Zambujal


Miga, Esquece Lá Isso!, Clara Não



ALMA LUSITANA // TO BE READ

Aproveitei para elevar a fasquia e criar uma TBR [to be read] mensal, que é algo que dificilmente faço. Como era uma ocasião especial, desafiei-me a ler cinco das 12 categorias: Porto, Ericeira, Sintra [com o livro de Matilde Rosa Araújo], Braga e Óbidos [com o livro de Mário Zambujal]. Para minha felicidade, já posso colocar todas estas obras na estante de exemplares lidos, não só por ter alcançado essa meta, mas também pelas leituras maravilhosas que me proporcionaram.


ALMA LUSITANA // TOP 3 AUTORES

Na publicação referente ao desafio Alma Lusitana, mencionei que também partilharia os três autores que tenho há mais tempo na estante e os três mais recentes. Porque sinto que é sempre inspirador observar a mudança que se manifesta nas nossas escolhas e, inclusive, em questões paralelas, como o design das capas, o tipo de letra, as ilustrações e o abrir de portas, para acolher o clássico e o contemporâneo.



ALMA LUSITANA // CATEGORIA EXTRA

Escolham uma zona do nosso belíssimo país. Criem um tema extra. E desafiem-me a selecionar um livro para o mesmo. Relembro que podem - e devem - responder à categoria que idealizaram, tornando esta iniciativa ainda mais especial, intimista e cheia de identidade[s].

Partilhem as vossas publicações ou respondam, diretamente, nos comentários - como for mais confortável e mais conivente com o vosso conteúdo. E utilizem #almalusitana_asgavetas nas redes sociais, para que eu consiga acompanhar cada homenagem aos autores portugueses. 


Conto convosco?

You May Also Like

36 comentários

  1. Vamos a isso! O desafio já está à tua espera no meu EscreViver :)

    Beijinho grande :*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já lá fui espreitar! Muito obriga por embarcares neste desafio e por criares uma categoria extra ♥

      Eliminar
  2. Um lote de excelentes livros dos quais já tive o prazer de ler alguns deles.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  3. Gostaria de conseguir ler tantos livros :D Não conheço nenhum dos livros escolhidos, mas há uma autora que não iria gostar do estilo, que é a Margarida Rebelo Pinto. recebo feedbacks muito negativo quanto à escrita e temas abordados :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma questão de ir priorizando :)
      Pois, compreendo, nem todos os autores nos suscitam curiosidade. Mas, embora o retorno não seja tão positivo, não quer dizer que não fosses gostar.

      Eliminar
  4. Gostava de poder aventurar-me mais em livros de autores portugueses e não o faço com tanta frequência quanto gostaria, infelizmente.
    Gostei imenso das tuas escolhas. Espero poder ler alguma delas em breve. 😍

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tiveres essa oportunidade, aconselho, porque temos autores fantásticos!
      Muito obrigada *-* fico a torcer por isso

      Eliminar
  5. Dicas muito interessantes, que decerto, vão agradar muito a quem lê assiduamente livros.
    .
    Cumprimentos
    Cuide-se

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ricardo! Se ajudar as pessoas a lerem mais, fico contente :)

      Eliminar
  6. Que frase inspiradora e tão cheia de sentida 🧡 Quero tanto ler MEC, A Desumanização e O Livro da Tila 🧡 Não conhecia o do Diogo Piçarra e fiquei bastante interessada 🧡
    Feliz Dia do Autor Português 🐛📚🎉
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sinto que vais adorar, minha querida ♥
      Muito obrigada! Feliz Dia do Autor Português *-*

      Eliminar
  7. Oh, meu Deus! Não acredito que de todos os que mencionaste apenas li o Memorial do Convento. É uma vergonha a minha falha no que diz respeito aos autores portugueses.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vais sempre a tempo de descobrir mais autores portugueses ♥

      Eliminar
  8. De todos apenas li metade do "Memorial do Convento", mas fiquei curiosa com alguns títulos!

    Beijos e abraços.
    Sandra C.
    bluestrass.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Quero muito ler o do Diogo Piçarra :)

    ResponderEliminar
  10. Que desafio giro! Mas exigente e ambicioso! Gostava de tentar até porque quase só leio autores portugueses. Mas são tantas as cidades nomeadas!!!

    Vim aqui ter através da ematejoca. Beijinho s parabéns pela iniciativa!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelo retorno! Isso é maravilhoso *-*
      Se for mais confortável, pode selecionar as categorias que lhe fizerem mais sentido :)

      Agradeço, de coração. Seja sempre bem-vinda

      Eliminar
  11. No momento não estou a ler nenhum, mas também ainda não conhecia nenhum que falas-te

    Beijinhos
    Novo post
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  12. Também levo daqui algumas sugestões para mim :).
    E parabéns por este desafio.
    Boas leituras

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, de coração! Fico mesmo feliz por esse retorno *-*

      Eliminar
  13. Foi, sem dúvida, um belo desafio! Quero muito começar a ler Miguel Esteves Cardoso! :)

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. No que toca a MEC, sou muito suspeita, mas recomendo imenso *-*
      Muito obrigada, Marta!

      Eliminar
  14. Um belo desafio que superaste. Eu sou do tempo da Prova Geral de Acesso a famosa PGA, foi a época em que mais li. Tinha uns 17 anos e li o Memorial do convento, confesso que me custou ler o livro😁
    Xoxo

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A primeira vez que tive que ler o Memorial do Convento, também me custou, ao ponto de desistir ao fim de meia dúzia de páginas. Mas, este mês, desafiei-me a pegar nele e a minha perceção mudou :)

      Eliminar
  15. ADOREI este desafio, Andreia!!!
    Fiquei com vontade de voltar a minha atenção à LITERATURA LUSITANA, que tenho deixado muito ao lado. Dulce Maria Cardoso é a autora que quero ler em breve.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico tão feliz por ler isso! Muito obrigada, de coração *-*
      Temos autores tão extraordinários, é uma pena não os priorizarmos mais.
      O Retorno foi o primeiro livro que li dela e vou querer explorar mais

      Eliminar
  16. Lembra de mim? Claro que não, né? Com
    essa máscara ridícula de bolinha quem
    vai saber que sou eu...
    Um beijo, bom domingo e, faça como eu
    porque depois a gente corre pro abraço
    e ri no ombro um do outro.

    ResponderEliminar
  17. Tenho muito que ler mais e mais autores portugueses, sem dúvida. Tens aqui alguns que chamam mesmo por mim :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Incentivo-te a fazeres isso, sim :) de certeza que vais encontrar autores que te encham as medidas!

      Eliminar