Entrelinhas #76

by - janeiro 10, 2019

Fotografia da minha autoria


«O que faria com uma noite que mudou tudo? Até onde iria em nome do amor?»


Os laços que se estreitam através desta plataforma são um dos aspetos que mais me motivam, porque sinto que é este lado humano que torna a experiência inspiradora. Há registos, conteúdos e sonhos singulares, que atribuem um significado especial a todo o desenvolvimento escrito, aproximando-nos do seu autor. E quando os nossos caminhos se cruzam, ainda que à distância, acabamos por vibrar com mais entusiasmo, como se as suas metas fossem parte da nossa.

Acompanho a Ana Rita Correia [The Choice] há bastante tempo. E tive o privilégio de ler a história do seu primeiro livro antes de ter um formato físico. No entanto, reconheço, existiam detalhes que já não estavam tão claros na minha memória, até pela quantidade de narrativas que abracei posteriormente. Por isso, foi envolva numa onda de felicidade que soube da sua conquista, até porque sei - e quem a segue também - que era um desejo antigo. Esta novidade deixou-me radiante e se, por si só, já era especial, comoveu-me o facto de ter a oportunidade de escrever uma crítica para figurar no livro. E não alterava um vírgula do que destaquei!

Tudo o que Sempre Quis é uma história fascinante, comovente e contagiante. Com muita naturalidade, leva-nos a refletir sobre as nossas escolhas. Sobre os limites - pessoais e sociais. E sobre a nossa capacidade de resiliência. Além disso, torna-se tão real, que poderia retratar-nos a qualquer um de nós. A proximidade do enredo é, portanto, evidente, fazendo-nos sentir, de um modo quase visceral, as dores das personagens. Porque é um texto de emoções, de sensações, de pessoas: com medos, com vontades, com erros, com quedas, com recuperações. Há fantasmas que permanecem, que nos incomodam, que nos moldam e que nos atormentam. E é quando batemos no fundo que, maioritariamente, percebemos quem caminha ao nosso lado.

É preciso compreender que todos temos uma bagagem. E que nem sempre estamos preparados para o que a vida nos reserva. Assim, não podemos afirmar que nunca faremos algo, que nunca reagiremos de determinada maneira, porque não sabemos o impacto que as situações terão em nós. Apesar disso, as nossas decisões e as nossas falhas não têm que nos definir. São capítulos da nossa essência, sim, mas não nos representam por inteiro. Mesmo que as pontas pendentes do nosso passado regressem, é no carinho, na amizade, na entreajuda das nossas pessoas-casa que encontramos um porto seguro. E é a sua luz, aliada à nossa paz interior - quando nos resolvemos por dentro -, que nos salva.

Esta obra pode partir de uma tragédia, ter contornos de vingança e mostrar-nos quanto ódio pode existir no coração de alguém, mas também preserva uma forte mensagem de amor, de superação e de lealdade. Foca a importância do perdão e das segundas oportunidades. E sabe a mar, a esperança. E demonstra o quanto somos melhores por não nos fecharmos na nossa bolha.


Deixo-vos, agora, com algumas citações:

«Ele estava ali, comigo. Como prometeu sempre estar» [p:12];

«Sem olhar para trás, despedi-me silenciosamente daqueles pequenos momentos que partilhámos os dois» [p:64];

«Deu à chave, tirou o carro do estacionamento e conduziu para longe da propriedade. Gostaria também de conduzir para longe do passado que os perseguia todos os dias, onde quer que fossem» [p:80];

«És como eu. Afastas os outros para te proteger a ti mesma. É uma coisa que aprendes quando és magoada de verdade. É involuntário, mas com o tempo, e com as pessoas certas, destróis esse muro» [p:153];

«- Então conta-lhe. Irá ajudar-te a resolver os teus assuntos, a seguir em frente. Precisas disso. Sei que não queres, mas conta-lhe. Faz esse favor a ti mesma. Por uma vez na vida, permite-te ser feliz, miúda» [p:208].

You May Also Like

35 comentários

  1. Gosto de livros que nos fazem sentir as emoções dos personagens que estão a entrar na nossa vida!

    ResponderEliminar
  2. Muito, muito obrigada por esta review/crítica e por tudo o resto. Tiveste presente quando a história saiu no blog há quase 4 anos e continuaste por cá, atenta, a este meu percurso.
    Beijinhos e um xi coração apertadinho. <3

    ResponderEliminar
  3. Foi a minha leitura deste Verão :) Adorei!
    Beijinhos as duas*
    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar
  4. Bom dia!
    parece ser uma leitura muito interessante. O penúltimo parágrafo tem tudo a ver comigo e minha personalidade, mas estou tentando melhorar este aspecto.
    Lindo texto, claro e objetivo.

    ResponderEliminar
  5. Ja ouvi falar na Rita, mas nunca li nada dela. Achei interessante o título e acho ser, talvez, um livro que me cativasse.
    Beijinho linda.

    ResponderEliminar
  6. Parece ser um livro interessante.
    Obrigado pela sugestão.
    Andreia, continuação de boa semana.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
  7. Não conhecia e deve de ser bem interessante, neste momento estou a ler "Só o Tempo Dirá" de Jeffrey Archer.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  8. Livro maravilhoso possui uma leitura muito fluida, adorei as citações que você trouxe, Andreia bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  9. gostei mt de conhecer esse livro e essa mensagem de que apesar dos sentimentos de vingança o amor pode nos trazer superação

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderEliminar
  10. Confesso que sempre venho cá conheço novos livros, mas parece ser bastante bom para ler
    Beijinhos
    Novo post //Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  11. Wonderful photos and interesting post dear!
    Have a lovely day!
    Dilek

    ResponderEliminar
  12. É um dos livros que quero ler este ano, a sinopse é muito interessante. Acho que vou ficar agarrada ao livro.

    Parabéns à Rita!

    Beijinho grande! :*

    ResponderEliminar
  13. Estou curiosa quanto ao livro, quero imenso lê-lo este ano!
    Obrigada por esta review!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Primeiro que tudo muitos parabéns a ela pela conquista. Segundo pelo o que li parece ser um livro super interessante para esta altura que estou a passar, porque sejamos sinceros, os livros influenciam imenso :b Fiquei muito curiosa e adorei a critica :D

    Beijinhos minha querida,
    BLOG DEZASSETE

    ResponderEliminar
  15. Aos possíveis interessados em adquirir o meu livro "Tudo o que Sempre Quis", aviso que podem encomendá-lo directamente comigo através do blog:https://the-choice-26.blogspot.com ou do email: aritacorreia.writer@gmail.com.
    Neste momento, 40% das vendas reverte para ajudar o João, um jovem de 16 anos de Almeirim que está a lutar contra um tumor no fémur.

    Está também à venda no site da editora euedito e na amazon.

    Obrigada :) Beijinhos

    ResponderEliminar
  16. Aguçaste a minha curiosidade de ler o livro, após ler o que escreveste :)
    Muitos parabéns a ambas pela conquista!

    http://arrblogs.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  17. Sobre o livro não posso opiniar mas, a maneira como apresentas o livro assim como a fotografia são absolutamente brilhantes.

    ResponderEliminar
  18. sem dúvida alguma, meu bem!!! as pessoas têm 0 civismo -.-' irrita!
    obrigadooo <3

    fiquei com imensa curiosidade em ler, meu bem :D

    NEW WISHLIST POST | HELLO SALES.
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  19. fiquei curiosa com o livro.

    r: vamos fazer uma viagem todas :)

    ResponderEliminar
  20. Então, pelo mundo já pode viajar,
    se já tem tudo o que sempre quis
    de Pão de Forma, ou de barco no mar
    toda sua vida Andreia seja muito feliz!

    Boa noite Andreia, que os seus sonhos se realizem!

    ResponderEliminar
  21. Não conhecia o projecto, mas parece interessante :)

    ResponderEliminar
  22. Não conheço a autora. Fica a sugestão.
    É sempre gratificante quando os nossos desejos se concretizam.

    ResponderEliminar
  23. without reading the book i can say, it is lovely book. i love those quotes,"Without looking back, I silently said goodbye to those little moments we shared with each other" [p: 64]"
    My Blog | Instagram | Bloglovin

    ResponderEliminar
  24. Concordo com as palavras por ti escritas no primeiro parágrafo, penso assim também, e é bom que assim seja, não é mesmo, Andreia? Tua descrição sobre o livro me fez pensar que é bem interessante! :)

    ResponderEliminar
  25. Conheço o livro e também sigo o blog da Rita, mas ainda não tive oportunidade de ler. Estou a participar inclusive num sorteio que ela esta a fazer no Instagram :)
    De qualquer forma, se não ganhar, quero comprar e ler ainda este ano!

    Beijinho

    ResponderEliminar
  26. Eu também já li e gostei muito, é um livro de emoções e que nos faz querer saber todos os segredos existentes :)
    Um livro que me proporcionou excelentes momentos de leitura :)

    ResponderEliminar
  27. r: Obrigada, Andreia! Gostava mesmo de ganhar um giveaway na vida, ahah.

    É realmente chato quando começas a ler um livro que não gostas. Senti isso com este, mas decidi levar a leitura até ao fim. Algum dia, tinha de dar 1 estrela no Goodreads!!

    ResponderEliminar
  28. Gostei da review.
    Tens muito jeito com as palavras 😊
    É um livro excelente.

    ResponderEliminar