As minhas viagens de metro #68

by - janeiro 09, 2019

Fotografia da minha autoria


«Quer entrar na minha vida? Entra. Quer sair da minha vida? Saia. Só não fique na porta, atrapalha a passagem»


Sou tudo aquilo que tu conheces. E mais ainda o que não te desvendei. Há um recanto escondido onde nunca ousaste entrar, talvez, por medo de te desiludires, de me magoares ou, então, porque nunca te incentivei o suficiente a fazê-lo - demoradamente, mas plena em certezas. E eu sei, aprendi-o também, que os sinais que nos parecem indecifráveis provocam sempre uma reação impercetível no outro, que se torna nítida com a repetição. Mas reconheço que, mesmo hoje, não sei se quero que o descubras. Há algo que me deixa de pé atrás. Se calhar, por toda a tua hesitação. Não me dizes, mas eu sinto que existem coisas minhas que não queres, de todo, conhecer. Como se tivesses receio que o meu passado te atrasasse e que a minha bagagem te pesasse nos ombros. E o que eu menos quero é representar um fardo no teu caminho. Portanto, está na hora de te perguntar o que tanto adiei: vais entrar ou vais ficar com um pé de cada lado? Podes vir pela porta ou pela janela, desde que o faças de peito aberto, sem camadas que nos separem. Porque quero perceber com quem conto e até que ponto não escureço a nossa liberdade. E se ficas do lado de dentro ou do lado de fora já só depende de ti. A minha casa está quase toda aberta, mas há uma chave escondida, à tua espera, para te acolher.


M, 14.03.2015

You May Also Like

33 comentários

  1. Ora está aí uma verdade..... Ficar à porta não só atrapalha...



    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  2. Tenho seguido esta mensagem ;)
    Beijinhos
    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito. Fez-me lembrar o poema do poeta Fausto Guedes Teixeira, imortalizado pelo imortal (perdoem-me a redundância...) João Villaret - "Amar ou Odiar":
    " Amar ou odiar: ou tudo ou nada!
    O meio termo é que não pode ser... " - É um poema maravilhoso!
    E é isso mesmo: ou fora... ou dentro. Meter o pé apenas para que a porta não se feche... só incomoda.😂

    Renovando os votos de um EXCELENTE 2019, e de que o DIA DE REIS tenha sido muito bom, desejo continuação de boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Agradeço o elogio!
      É verdade, só está a incomodar :p ahahah

      Beijinhos*

      Eliminar
  4. Nossa que lindo, até da mesmo que pensar em algumas coisas da vida
    Beijinhos
    Novo post //Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  5. "As minhas viagens de metro" é uma das rubricas que mais gosto de ler.

    A frase introdutória é da tua autoria?
    Uma frase que podia ser minha, exprime o meu pensamento.

    ResponderEliminar
  6. Aos meus olhos, há muita poesia nessa tua prosa! Aliás, quase sempre percebo isso nos teus textos. Abraço, Andreia.

    ResponderEliminar
  7. Gostei muito do texto, escrito com alma, com coração.
    AMEI!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  8. Eu quero continuar aqui na tua vida do blog :)

    ResponderEliminar
  9. De facto há sempre um lado do que somos que não mostramos e que pouca gente ousa conhecer. O ser humano é complexo.

    Excelente texto reflexivo.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  10. Gostei de ler com atenção,
    o que sempre bem escreve
    sem qualquer atrapalhação
    sua escrita não aborrece!

    Tentar vale a pena,
    sem magoar o coração
    será esse o problema
    o medo da desilusão?

    Tenha uma boa tarde Andreia.

    ResponderEliminar
  11. Tão verdade! Escreves mesmo bem! :D
    beijinhos

    www.amarcadamarta.pt

    ResponderEliminar
  12. Ou é ou não é :)
    Indefinições é que não dá com nada. Atrapalha e atrasa a nossa felicidade!

    ResponderEliminar
  13. É mesmo assim amiga. Entras ou sais...rsrs.
    Continuação de excelente semana
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Que texto, sim, senhora!! 👌🏾 Este desabafo serve para tantos aspectos e é fascinante como nos identificamos com palavras ordenadas de determinada maneira... Belo!

    Beijinhos,
    LYNE, IMPERIUM BLOG

    ResponderEliminar
  15. Como sempre tens textos tão maravilhosos, contudo adorei sem dúvida o final! Ficou tão simples e bonitos :D

    Beijinhos,
    BLOG DEZASSETE

    ResponderEliminar
  16. Belíssimo texto.
    Escreves de forma muito madura.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  17. ;D

    Na vida precisamos de pessoas inteiras. Indecisão uma hora cansa...

    Ótima quinta!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  18. O que precisamos na nossa vida são pessoas que entrem com vontade de ficar. Adorei o texto. :))

    O nosso amigo Gil António, diz :- Amar-te na tua essência de mulher

    Bjos
    Votos de uma óptima Quinta - Feira

    ResponderEliminar
  19. Gostei muito!
    Também detesto estes posicionamentos sem posicionamento.

    ResponderEliminar
  20. Mulher, precisas mesmo de escrever um livro ♥

    ResponderEliminar
  21. Costumo dizer que quando a indecisão é muita a vontade é pouca! Gostei muito do teu desabafo!

    r: obrigada, espero que também consigas concretizar tudo o que desejas e muito mais!

    ResponderEliminar
  22. Isto, muito isto!!! Ou a pessoa entra com vontade e por inteiro ou então não faz de conta. Viver pela metade? Não, obrigada.
    Adorei, como sempre.

    ResponderEliminar
  23. Aqui no bairro da Cidade Velha, encontro casas com fachadas semelhante e belas como esta, alias, esse bairro muito se parece com os subúrbios antigo de Lisboa, Bragança etc, que vejo na tv ou em fotografias..

    ResponderEliminar