Agenda Cultural | Concertos & Solos

by - janeiro 08, 2019

Fotografia da minha autoria


«A cultura abre portas»


O investimento que fazemos na cultura reflete-se na forma como observamos e abraçamos o mundo e os nossos pares. Além disso, é uma fonte inesgotável de conhecimento e de aprendizagens, permitindo-nos alargar horizontes, quebrar preconceitos e lutar por causas de máxima relevância e importância, enquanto assistimos a espetáculos que nos potenciam momentos de lazer inesquecíveis - sozinhos ou acompanhados.

Uma das minhas resoluções de ano novo, como mencionei nesta publicação, passa por marcar presença em mais eventos culturais. Independentemente da sua expressão artística de base, acredito que ganhamos imenso quando apoiamos profissionais que nos inspiram - e aos quais reconhecemos todo o talento. É uma maneira de os valorizarmos. De criarmos memórias. E de vivenciarmos experiências novas e apaixonantes. Pode, muitas vezes, não ser a opção mais económica, mas sinto que é uma questão de gerirmos o nosso orçamento e, nem que seja numa ocasião isolada, priorizarmos esta via. Sendo possível, devemos mimar-nos, devemos predispor-nos a programas desta natureza. Porque o resultado só poderá ser reconfortante e transcendente.

O meu principal foco será investir, maioritariamente, em solos de Stand-Up Comedy, porque é um registo que tenho em falta no meu percurso. Mas também estou atenta a alguns concertos. Talvez não consiga riscar todos da minha lista, porém, neste momento, tenho oito espetáculos que gostaria de não perder.

Mishlawi // Hard Club: «O luso-americano Mishlawi irá apresentar-se, pela primeira vez, no Porto, a 22 de Fevereiro. Com apenas 21 anos - e já com atuações nos maiores festivais portugueses na bagagem -, Mishlawi avança para o Hard Club, um dos seus maiores desafios até à data», apresentando temas do seu próximo álbum - o bilhete para este concerto já está comprado. E o meu entusiasmo está no auge. Nunca mais chega o dia de o ver, finalmente, ao vivo!

Cabeça Ausente // Salvador Martinha: O humorista «está de volta para falar sobre o seu défice de atenção. Todos os dias o diálogo repete-se: "- Salvador, estás a ouvir? Salvador? Salvador, não estás cá, pois não? Pronto, já estás ausente. Estavas a pensar em quê? Onde estavas? / - Ah, desculpa. Não estava aqui". Cabeça ausente é um “share location” do seu pensamento alheado. Em que pensa Salvador Martinha quando desliga do mundo? Porque desliga tanto e ao mesmo tempo está tão ligado? Sobre medo e sobre verdade. Para rir, claro».

Lugar Estranho // Diogo Faro: «Como é que ainda aqui estamos? Como é que já quase se imprimem órgãos humanos e ainda andamos a discutir igualdade de género? Como é que já entregam fast food em casa em dias de ressaca e o racismo ainda é um tão grande assunto? Porque é que gasto mais em Segurança Social do que em viagens? E será que há vida depois da morte, nas redes sociais (onde realmente importa)? São tantas, talvez demasiadas, as dúvidas que me vêm deste lugar estranho».

Memento Mori // Rui Sinel de Cordes: «O título aponta para a morte, mas este é um espectáculo sobre a vida e o que fazemos dela. Acima de tudo, é mais um solo original de um humorista que não tem jeito para escrever sinopses. Agora, no palco? Imperdível».

Depois do Medo // Bruno Nogueira: «Neste seu novo espectáculo aborda questões que só incomodam pessoas que têm demasiado tempo livre. Entre os temas interessantíssimos poderão encontrar a intrigante problemática das pessoas que, sem terem nada na boca, mastigam quando estão a olhar para alguém a comer. Um encantador processo mental. Como podem ver, o mundo, tal como o conhecem, vai ficar exactamente igual. Mas o Bruno, tal como o conhecem, vai ficar muito mais aliviado de ter semeado os problemas dele na vossa cabeça».

Farsa // Manuel Cardoso: «Sou um embuste. Todos somos. O esforço que fazemos para estar à altura das expectativas da plateia digital está a resultar numa década de depressão coletiva. Desde a satisfação momentânea de um recorde de likes numa fotografia de granola com iogurte, à paranóia de julgarmos que um print-screen de algo que escrevemos foi parar a um grupo de Whatsapp onde gozam connosco - nada disto é saudável. Neste solo de stand-up, vou dinamitar essa fachada. Com piadas, que não sou terapeuta».

Tour Abrigo // Diogo Piçarra: O registo para 2019 é ligeiramente diferente dos anos anteriores, uma vez que decidiu «fazer uma pausa dos maiores palcos do País, os quais tem percorrido nos últimos 3 anos», atuando ao vivo, exclusivamente, em auditórios. Assim, vai «apresentar-se de uma forma mais intimista, a solo, e em alguns momentos acompanhado por Francisco Aragão, que faz parte do seu habitual trio de músicos. O espetáculo, preparado cuidadosamente, terá, como é habitual nos concertos do artista, uma forte componente visual. Agora é tempo de recolher ao seu Abrigo e, para isso, imaginou um espetáculo diferente, deu novas roupagens às suas canções, pegou em canções de outros e convida todos os que quiserem a partilhar com ele estes momentos intimistas».

Consciente // Luís Franco-Bastos: «Esta sinopse é escrita na primeira pessoa porque os jornalistas tendem a fazer copy paste descaradamente de qualquer press release e assinam o artigo como se fosse seu - assim, pelo menos, dá um bocadinho mais de trabalho. Porquê “Consciente”? Porque apesar de poder dizer o que me apetece, quero fazê-lo consciente de que nos podemos rir das coisas para pensarmos melhor nelas. Todos os temas abordados no espectáculo são distorcidos para serem, na verdade, melhor compreendidos».


A que espetáculos pretendem assistir este ano?

You May Also Like

32 comentários

  1. Também está no meu projecto um ano mais intenso culturalmente.
    O Digo Piçara vai dar um espectáculo no dia 17 no Forum Luísa Todi em Setúbal está esgotado, infelizmente não consegui bilhete.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  2. Gosto muito, so nao consigo gostar do Sinel de Cordes... :/ Manias minhas ;)
    Por mais eventos culturais :)
    Beijinhos
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. São tudo óptimas sugestões coração! Recomendo Mishlawi! Já vi ao vivo e adorei!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  4. A fotografia é do Teatro Nacional de São João, onde em Outubro vi a peça de William Shakespeare OTELO.

    A tua agenda cultural é muito diferente da minha.
    A minha conta de ópera, teatro, exposições, concertos, hóquei, futebol. Para mim, desporto é uma opção cultural absolutamente legítima.

    Saudações de um DÜSSELDORF cinzento, frio, triste.

    ResponderEliminar
  5. Sem dúvida que o investimento em cultura nos ajudar a formar opiniões...


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito da tua publicação :)) Obrigada ;)


    Bjos
    Votos de uma óptima Terça- Feira.

    ResponderEliminar
  7. Que publicação tão interessante! Por agora não tenho nada em mente, mas sem dúvida que gostava muito de enriquecer o meu eu a nível cultural!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: http://www.margheritablog.com/ || INSTAGRAM: https://www.instagram.com/rititipi/ || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

    ResponderEliminar
  8. Tão rica e intensa a publicação! Que os ano novo seja muito positivo, culturalmente falando.

    Bjinhos
    Por aqui com, Olhares em caminhos floridos. Renovação de forças.
    =)

    ResponderEliminar
  9. Que resolução de ano novo maravilhosa Andreia! Também quero fazer muitos programas culturais esse ano, vamos ver se consigo encaixar o máximo possível de eventos desse porte na agenda! Um beijo :*

    ResponderEliminar
  10. Para quem gosta vai adorar bastante a tua partilha,
    Beijinhos
    Novo post //Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  11. Quero muito ver um concerto da tour Confessions da Aurea e da Carolina Deslandes. É da Dido se vier cá.

    Beijinhos grandes =)

    ResponderEliminar
  12. Diogo Piçarra não podia faltar, a cultura é bastante importante. E deve ser mais valorizada.

    ResponderEliminar
  13. Olá,

    Os meus planos culturais são muito diferentes. Mas aprecio os teus também. Sou muito curiosa e tenho muita vontade de aprender tudo sobre qualquer coisa... também sou simples de satisfazer :))

    Beijinhos
    Margarida
    https://minhacasadopatio.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  14. Investir na cultura e arte, não deveria haver melhor sorte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É das melhores coisas que podemos fazer! Enche-nos a alma *-*

      Eliminar
  15. Estou um pouco por fora e estarei assim mais uns 3 meses, depois quero voltar a consumir cultura em força.
    Acho que já tinha referido aqui no teu espaço ou no meu, não sei, no verão assisti ao concerto do mishlawi e slow j sem saber quem eram e gostei muito ❤️

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  16. Olá Andreia. Passei para conhecer o teu blog.
    Vou voltar.

    Acho que a cultura devia ser mais descentralizada, há espectáculos que só se conseguem ver em Lisboa ou Porto. É pena.

    ResponderEliminar
  17. Tens aí propostas bastante interessantes, adorei algumas.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. S2

    Não sei ainda quais espetáculos quero assistir. Mas gostaria de ver alguns nesse ano, já que é o tipo de coisa que quase nunca faço!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  19. Sugestões muito boas. Stand-up comedy é um bom registo para pelo menos uma pessoa se rir. Gostava de ver os "Altos e baixos!" ao vivo com a Joana Marques e o Daniel Leitão. Eles vieram à Maia recentemente, mas não vi ...

    ResponderEliminar
  20. Concordo imenso com o post, mas da maneira que isto anda acho que este ano vai me calhar o festival do panda!!

    ResponderEliminar
  21. Eu quero muito ver o Diogo Piçarra :/

    ResponderEliminar
  22. Boas escolhas!
    Não tenho nada programado, mas falta de cultura não vou ter este ano!
    Vou andar sempre a "mexer" na cultura! Depois conto-te tudo!!

    Beijinhos.
    Sandra C.
    bluestrass.blogspot.com

    ResponderEliminar
  23. obrigado, meu doce :D é exatamente isso!

    que sortuda!!!! vou ficar à espera que fales de todos estes concertos e que os descrevas tão bem quanto tens feito até aqui!!!
    é por estas situações que fico com vontade de viver numa cidade maior :( mas o dia há-de chegar :D

    NEW OUTFIT POST | WELCOME TO TEXAS.
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  24. São estas experiências que nos fazem enriquecer e nunca são demais. «Acredito que ganhamos imenso quando apoiamos profissionais que nos inspiram» e, tal como também mencionas, em relação aos preços, acho que é uma questão de nos organizarmos e priorizarmos certos eventos em relação a outros.
    Ainda que não seja a maior adepta de Stand-Up Comedy, destes, talvez gostasse de ver o espetáculo do Bruno Nogueira e do Diogo Faro.
    Em relação a outros espetáculos, ainda não vi bem a calendarização para 2019, mas tenho de tratar disso :)

    ResponderEliminar
  25. Este ano já fui a dois espetáculos diferentes e ainda estou a ponderar ir ver o André Rieu. Gostava de ver os Commedia a la Carte. E gostava deste ano ter a oportunidade de ouvir uma orquestra sinfónica, seja no CCB ou na Gulbenkian. E, claro está, não vai poder falhar um bailado no final do ano ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostava imenso de ver os Commedia a la Carte :)
      Um bailado também faz parte da minha lista

      Eliminar