1+3 | Palavra[s]-Chave

by - dezembro 31, 2018

Fotografia da minha autoria


«Se todos soubessem o peso das palavras...»


As palavras têm o peso do seu mérito e o peso das nossas ações. Por isso, sinto que é necessário mimá-las, como quem as transporta ao colo, numa clara convicção de que andamos com o coração fora do peito. Porque as palavras, dependendo do quanto as medimos, podem ser pontes, mas também podem ser armas. E é com amor que as salvamos.

Quando nos expressamos - através da escrita ou em conversas -, há uma parte da nossa consciência que se expõe. E há um traço puro que devemos preservar, porque a beleza do trato está na nossa essência sem filtros. Os termos que utilizamos - ou que, apenas, sentimos - têm a capacidade de nos definir. Ajudam-nos a criar laços e a estreitá-los. Mas, reconheço, também nos podem distanciar, uma vez que nem sempre transportamos aquele brilho generoso que vem de dentro - muitas vezes, influenciado por circunstâncias menos felizes, que quebram a nossa firmeza. Ainda assim, acredito que invertemos essa tendência ao exaltar o que temos e o que somos de melhor. O silêncio tem sido, cada vez mais mais, um aliado, um porto seguro. No entanto, é no meio das palavras que vivo em pleno. Porque sou feita delas: das que escrevo, das que leio, das que verbalizo e das que guardo na minha caixa-forte. E, como se fossem um mantra, há um conjunto específico que se vinca no percurso que traço sem pressas. E em constante metamorfose.

Revisito 2018 e recebo um conforto acrescido ao perceber que existe transversalidade nas minhas palavras-chave - que, no fundo, transparecem a minha postura perante a vida. Cuidar, Equilíbrio e Respeito são cruciais nesta estrada que palmilho de alma aberta. E é curioso, pelo menos para mim, perceber que a junção das suas iniciais - CER - não deixa de se ler Ser. E eu sou [completa] em tudo o que abraço. É impressionante a quantidade de coincidências amorosas que surgem quando aprendemos a observar os detalhes. Além disso, cada uma destas designações remete-me para um conceito maior, que me move e me orienta, o amor. Próprio e pelos outros. Tal como acontece sempre, porque são o meu apoio constante, a família figura no topo daquela lista que não dispenso. E, este ano, fortaleci essa certeza.

Há palavras que me preenchem, pelo seu significado, pela sua sonoridade e pelo senso de casa que me despertam. Em 2018, fui e precisei de colo. Tive que gerir a ausência de algumas pessoas e a minha: em certos momentos e lugares. Criei um abrigo em mim e procurei diminuir as saudades. E, por mínimo que fosse, desafiei-me, trocando o «talvez não» por um «porque não?». E porque acredito na importância da valorização pessoal, fiz por chegar ao fim de cada etapa com uma sensação de orgulho e de conquista. Em simultâneo, e porque sei que não fui feita para caminhar sempre em linha reta, neste conjunto de palavras há dois nomes: Mishlawi - porque foi um dos artistas que [re]descobri e que mais me acompanhou nestes 365 dias - e As gavetas da minha casa encantada - por ser o meu refúgio e o meu lar, onde o retorno é tão especial. Liberdade - sentimental, presencial e criativa - foi, também ela, central. E Porto! Na medida em que todas estas denominações eliminam qualquer traço tóxico, tornando-me menos vulnerável e mais tranquila. Porque me inspiram com a sua energia.

Sei que a direção dos meus passos me leva a bom porto quando olho para as minhas palavras-chave e percebo que, mais do que momentâneas, se transformaram em lemas que me sustentam. Que me fazem acreditar que tudo ficará bem, mesmo depois da tempestade. E que me deixam mais leve e com uma motivação maior para seguir, porque o chão que piso é seguro. Porque o meu coração é de luz. E porque são a melhor designação do meu caráter.


Bom ano! Espero que o vosso 2019 seja bem iluminado ❤
[Publicação inserida no desafio 1+3]

You May Also Like

25 comentários

  1. R.: Muito obrigada, minha querida!
    És sempre um doce!
    Um beijo quentinho e um 2019 muito feliz e sorridente*

    ResponderEliminar
  2. Oh, adorei mesmo ler esta publicação!
    Palavras... tão importantes na nossa vida, para tantas ocasiões. Em equilíbrio e aliadas ao silêncio, na medida certa, são ambos perfeitos, cada um com a sua função...
    Um beijinho*

    ResponderEliminar
  3. A passar por cá para desejar um excelente ano de 2019!


    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  4. Gostei da forma como te inspiraste para o tema deste desafio :) Ha palavras-chave que nos dizem tanto mas tanto :)
    A minha palavra chave tambem ja esta "de molho" hehe :D
    Obrigada pela inspiracao :)
    Boas Entradas :)
    Beijinhos*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  5. Muito bom!
    Aproveito para desejar um bom ano 😊
    Tudo de bom.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Gostei das suas palavras e fiquei a conhecer melhor a minha amiga.
    Aproveito para desejar um Bom Ano de 2019 com muita paz, amor e saúde.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  7. Feliz año 2019, que todos tus deseos se cumplan.

    Un saludo desde Salamanca.

    ResponderEliminar
  8. Adorei a forma como escreveste este artigo! E não podia concordar mais quando dizes que as palavras podem ser pontes, mas também podem ser armas. É tão isto! Espero que 2019 seja um ano ainda melhor do que este, que alcances tudo o que anseias e que escrevas muito (mas mesmo muito!) para que possa vir sempre refletir com as tuas palavras! Um bom ano querida Andreia! Sê (ainda mais) feliz! 🧡 beijinho grande

    ResponderEliminar
  9. adoro simplesmente as tuas publicações :)
    Boas entradas querida !!

    ResponderEliminar
  10. Publicação simplesmente magnífica :)

    R:Muito obrigada pelas tuas palavras carinhosas, é sempre bom saber que temos pessoas leais ao que nós escrevemos, mudemos nós de casa ou não! :)

    Desejo-te um excelente 2019.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Uma boa entrada de ano novo, Andreia, espero que estejas - e que continues - bem. Que 2019 seja bom para ti e que tu sejas boa para ele. E que boas energias te acompanhem. Abraços!

    ResponderEliminar
  12. Tantas palavras especiais, adorei!

    Boas entradas, minha querida! Que 2019 seja mais um ano recheado de sonhos, conquistas e objectivos.

    Beijinho enorme e obrigada por estares desse lado <3

    ResponderEliminar
  13. "Porque as palavras, dependendo do quanto as medimos, podem ser pontes, mas também podem ser armas." LINDOOOOO!!! bom ano, andreia, continua a ser sempre a pessoal especial que és :)

    r: és tão tola ahahahahah obrigada!

    ResponderEliminar
  14. Gostava de te desejar um 2019 espectacular, cheio de coisas boas e com muito amor à mistura :D Feliz Ano Novo!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite | facebook | instagram | bloglovin

    ResponderEliminar
  15. As palavras podem ser pontes, mas quando mal escolhidas ou mal usadas, podem ser como pedras: depois de saírem da mão, não podemos fazê-las voltar atrás.

    Bom ano e que todos os teus desejos se concretizem.

    ResponderEliminar
  16. Confesso que nao li o teu post, por falta de tempo, só vim a correr, desejar te uma excelentes 2019.

    Que tenhas tudo o que desejas linda.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  17. Linda mensagem.
    Para si e para a sua familia desejo um magnifico Ano Novo, pleno de alegrias, saúde, sonhos realizados, paz e amor.
    Beijinhos
    Maria de
    Divagar Sobre Tudo um Pouco

    ResponderEliminar
  18. Adorei o texto.
    Foi uma honra conhecer o teu blogue neste 2018, obrigada pela amizade e carinho nestes meses
    Que tenhas um Feliz Ano de 2019, cheio de coisas boas e tudo o que mais desejas!
    Beijinhos grandes

    ResponderEliminar
  19. olá!!
    Gostei muito das tuas palavras chave. Destaco a palavra Liberdade, no meio dessas todas bonitas palavras. Desejo.te um excelente Ano Novo.

    Já resolvi e vou fazer os três desafios, mas só para meados de Janeiro.
    Beijinhos e boa noite.

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  20. Passando a fim de desejar boas saídas do Ano velho (2018) e uma entrada em 2019 com muita saúde, paz, amor, erotismo, e boas publicações

    Próspero Ano Novo de 2019.

    ResponderEliminar
  21. Gostei da forma como abordaste este desafio, foi inesperada mas, vindo de ti, claro que tu ias dar a volta ao tema :).
    "As palavras têm o peso do seu mérito e o peso das nossas ações. Por isso, sinto que é necessário mimá-las, como quem as transporta ao colo, numa clara convicção de que andamos com o coração fora do peito. Porque as palavras, dependendo do quanto as medimos, podem ser pontes, mas também podem ser armas. E é com amor que as salvamos." Este parágrafo inicial foi o meu favorito. Concordo, as palavras tanto podem ser pontes como armas, há que saber usá-las da forma mais correta.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  22. Adorei a forma como abordaste este tema, o facto de não teres escolhido apenas uma, mas fazeres uma breve explicação do que são ou podem ser as palavras e escolheres todo um conjunto delas. As palavras movem-nos e têm tanto impacto.
    Adorei o detalhe do CER e adorei ler do início ao fim.
    Não tive um dia fácil, pelo que, soube tão bem ler esta publicação. Obrigada <3
    És tão bonita, Andreia!

    ResponderEliminar