Estado de Loucura

Fotografia retirada do blogue Deixa eu ser sua princesa


«Se lhe faltar coragem, que lhe sobre loucura»



É louco quem não ama
E eu enlouqueço
De tanto te amar

E nesta loucura sem amparo
Imagina o que seria
Se pudéssemos 
Viver de amor

Sejamos loucos
Sem perder o Norte
E recuemos
Sem perder o pé
Mas com tanta insanidade
De tão pura insensatez
É já louco
O tempo que permaneço
Sem te ver

E nesta louca viagem
Te faço amor
Permanente
Vertiginoso
E sem ponto de retorno

28 comentários

  1. Adorei :) Ai de minha se não fosse louca, faltava me a coragem para continuar ;)
    Bjinhosss*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  2. its crazy love , let's be crazy..love is like that.Beautiful.
    My Blog | Instagram | Bloglovin

    ResponderEliminar
  3. Como me disse que as gavetas estão abertas... :) vim ver o que estava dentro delas.
    E o que encontro?
    Um lindo poema, falando de loucura, especialmente da loucura do amor.
    Lá diz o velho ditado - "De médico e louco todos temos um pouco".
    E o que seria da vida sem um pouco de loucura?
    "Sejamos loucos
    Sem perder o Norte" - Isto sim, é essencial, nunca perder o "Norte", que nos faz muita falta... :) (tenciono ir lá brevemente...)

    Feliz Terça-feira e uma boa semana.
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
  4. Sempre precisamos de loucura na vida. E o amor torna-nos ainda mais loucos. Adorei querida! Consegues sempre surpreender pela positiva. Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  5. Depois de uma caminhada de 10km, sentar-me no sofá e entrar na NET não é pecado?!

    Um belo poema, embora eu não seja a mulher de amar loucamente.
    Eu prefiro ser amada do que amar. Egoísta, não é verdade?

    Depois do lanche às 15:00 horas, mais uma caminhada de 10km.
    Abraço de Elkeringhausen 😎

    ResponderEliminar
  6. Poema lindo e intenso:))

    Hoje:- Não será solidão por estar sozinha.

    Bjos
    Votos de uma óptima Terça-Feira

    ResponderEliminar
  7. Oh é mesmo lindo, quem nunca fez uma loucura

    Beijinhos
    Novo post (Tag | Preferes Isto Ou Aquilo?) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  8. E se é para enlouquecer que seja de amor. :)

    ResponderEliminar
  9. Tão lindo este amor insensato :-)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  10. ;D

    Acredito que a loucura se equilibra quando encontramos uma pessoa que corresponde o nosso amor!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  11. R.: Oh, muito obrigada, querida! É tão bom ler isso!
    Beijinho grande*
    Não tens de agradecer! *-*

    ResponderEliminar
  12. Está maravilhoso!
    O que é de nós sem a loucura? :3

    ResponderEliminar
  13. Neste dia de calor,
    aumentou a temperatura
    esse belo poema de amor
    inundado de loucura!

    Tenha uma boa noite Andreia.

    ResponderEliminar
  14. Tão suave e bom de ler. Gostei muito :)

    Beijinho!

    ResponderEliminar
  15. Já disse que adoro a tua escrita? Nunca é demais, ADORO!

    ResponderEliminar
  16. Este poema é lindo, e eu não me canso de te dizer que adoro a maneira como escreves. Continua o bom trabalho!

    ResponderEliminar
  17. Eu prefiro ser louca :)
    Lindo poema Andreia
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  18. Adorei o poema! Identifique-me tanto :)
    "É louco quem não ama! - É tão, mas tão bom sermos loucos. A melhor coisa do mundo ... :)


    R.1. É tão bom ouvir isso. Fico de coração cheio :) Ainda bem que gostaste!

    R.2. É algo triste que destrói famílias e as pessoas têm de se mentalizar cada vez mais que permanecer num ambiente desses não é nada saudável.

    ResponderEliminar
  19. Eu sei que gostavas de escrever um livro, mas já pensaste em agarrar alguns posts deste género e fazer um? Eu gosto tanto de ler e seria uma agradável surpresa :D
    Gostei tanto do poema, é tão verdade :D

    Beijinhos,
    DEZASSETE

    ResponderEliminar
  20. O amor traz-nos coragem e viver dele faz-nos mais loucos e ainda bem. A loucura saudável faz-nos bem.
    Tão bonito este poema :)

    ResponderEliminar