As 7 mudanças que fazia se recomeçasse o blogue

Fotografia retirada do site Exnap


«Tudo está em eterna mudança»



Abraçar um projeto - independentemente da sua natureza - exige dedicação. Um caminho. Uma marca distintiva, que o sustente e o faça avançar. Mas por ser desenvolvido por pessoas que estão em constante evolução - de ideias, de opiniões, de perspetivas -, é natural que não siga sempre o mesmo registo. Há aspetos que se perdem e outros que se adquirem - alguns de forma consciente, outros nem tanto. E são estas metamorfoses que permitem definir um estilo próprio e, consequentemente, filtrar a nossa criatividade e a nossa atenção para tudo o que nos seja realmente importante. Encontrar o fio condutor entre as nossas preferências e as nossas palavras é o que equilibra a produtividade e a intenção de nos dedicarmos de corpo e alma.

Se tivéssemos a oportunidade de recomeçar, certamente que as nossas escolhas seriam diferentes, mesmo que não na sua totalidade. Porque conquistamos outro nível de maturidade. E porque a nossa experiência possibilita-nos uma visão mais ampla das circunstâncias. Eu não sou a exceção à regra. E esta postura é extensível ao blogue. Quando iniciei As gavetas da minha casa encantada, tinha uma ideia bastante concreta para a sua existência. O tempo foi passando e eu fui adaptando-a às minhas necessidades e àquele que passou a ser o grande objetivo deste espaço. Assim que o tornei na minha única casa virtual, houve ajustes a fazer, para que a sua base permanecesse sólida. E à minha imagem. Hoje, segue a direção que mais me completa. No entanto, se voltasse atrás, havia sete mudanças para as quais teria sido mais sensível desde o princípio.


Escrever uma introdução: Acredito que todos os ciclos que terminam merecem um final claro. Por isso, antes de pensarmos sequer nesse ponto, também precisam de um começo bem marcado. Criei este blogue como um complemento, mas a verdade é que não deixou de ser um espaço com identidade própria, razão pela qual deveria ter tido uma introdução, que o apresentasse e que, principalmente, transparecesse o seu conteúdo - ainda em construção. Isso ajudaria a focar. E a mostrar às pessoas se tinham motivos para ficar. Portanto, este deveria ter sido o primeiro passo e a sua primeira publicação.

Definir um plano editorial: Sobretudo para manter uma certa regularidade e para evitar alguma repetição. Todo este processo está sujeito a uma descoberta constante, que não deve ser saturada por linhas rígidas, que nos impeçam de explorar novos assuntos. Claro que ficamos dependentes do estilo que queremos desenvolver, se o queremos mais generalista ou mais direcionado para uma área em concreto. Contudo, ter um plano evita duas situações: dispersar desnecessariamente e estar tanto tempo sem publicar [colocando de parte, naturalmente, todas as outras questões que possam condicionar este segundo aspeto]. Eu sempre soube que queria um blogue que me permitisse saltitar entre temas que me fascinam, mas não os estipulei desde o início. Apesar de sentir que, em parte, isso me deu outra liberdade, acabei por ser um pouco circular nas minhas publicações, não abordando tantas outras temáticas que me falam diretamente ao coração. Desde que não nos fechemos para o mundo, acho que definir determinadas prioridades para o nosso projeto é vantajoso.

Design intuitivo: E minimal. Sinto, cada vez mais, que não precisamos de muito para demonstrar a nossa essência, nem para demarcar o nosso estilo. Precisamos, sim, de fazer uma aposta sólida nos detalhes certos. Inicialmente, queria encher o layout com tudo aquilo que gosto, desde o livro que estou a ler à música que estou a ouvir. Hoje, prefiro ter o essencial à vista e ir revelando o resto nos meus textos - mesmo que não o faça constantemente, ou o faça apenas em pormenores.

Não limitar tanto o número de mensagens: Durante bastante tempo, achei que seria mais funcional e prático ter somente uma mensagem visível. No entanto, percebi que isso é limitador, porque impede que as pessoas tenham uma ideia mais geral do que podem encontrar no blogue - e, convenhamos, não é confortável para o leitor estar sempre a carregar em "mensagens antigas". Atualmente, apesar de continuar a restringir o número exibido, até porque me faz uma certa confusão entrar numa página que parece não ter fim, sempre têm uma visão mais alargada das publicações, apresentando uma configuração semanal.

Não colocar música automática: Sou apaixonada por música, mas isso não significa que os meus leitores partilhem o meu gosto musical. Obrigá-los, no fundo, a escutar a playlist que escolhi - muitas vezes sem a opção de a desligarem - não é o mais correto. Nem é cómodo para acompanharem a leitura.

Festejar o aniversário do blogue: De uma forma original, como procuro fazer com o meu aniversário. Porque é um marco. E porque é sempre uma maneira de abrir um pouco mais as gavetas, de ter um momento reflexivo e/ou de ser a desculpa perfeita para criar algo divertido.

Entrelinhas: É das rubricas que mais fazia sentido estar desde o início. Poderia até nem ter publicações semanais como agora, mas sendo uma das minhas paixões tenho pena de não me ter lembrado dela mais cedo [algo que poderia ter acontecido com o plano editorial].



Que mudanças fariam no vosso blogue? 

28 comentários

  1. É verdade minha amiga, tudo está em eterna mudança e hoje fazíamos diferente do que fizemos à uns tempos atrás, não só no blogue.
    Um abraço e boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  2. Gostei bastante deste tema, nem de propósito vem de encontro à minha rubrica semana no grupo do qual faço parte como administradora e estou sempre a procura de ideias para ajudar outras bloggers :) e sim volta e meia existe mesmo a necessidade de mudar, eu já ando a pensar em fazer isso mas por falta de tempo ainda não pus mãos à obra:) também gosto dele assim como está minimal hehe
    Bjinhosss e boa semana*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. I feel you are doing great blog. but you feel do some changes you can do. your are great writer. i really wish i cam write like you.
    My Blog | Instagram | Bloglovin

    ResponderEliminar
  4. A vida é composta de mudança pois só assim faz sentido.

    * Olhares e Deslumbres *
    Bjo

    ResponderEliminar
  5. Txiiii agora fizeste-me pensar! Eu mudava IMENSA coisa xD

    R: a gente aqui em casa adora!


    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  6. Adorei o post! Fez-me pensar bastante também. Estive parada por uma semana e nisto de ter 2 blogs para gerir toma-me imenso tempo (mas não me estou a queixar, até porque tenho vários projetos em andamento e outros tantos por desenvolver), porém desde o fim do meu relacionamento vi que foquei talvez o blog mais a nível pessoal, quando não deveria. Como diz um amigo meu, os melhores momentos devemos manter em privado, apenas para nós. As memórias estarão lá, não precisam estar em fotos ou escritas. Há que ter atenção nisso também. Já tive a 3 passos de eliminar tudo o que envolve o meu ex porém, deixem-me estar pois faz parte da história do blog e ao apagá-la dali sabia que nada iria adiantar, se a minha memória não o eliminou ainda (e desconfie que vá eliminar, pois faz parte da minha história), não faria diferença nenhuma ter ou não os posts lá. Mudei imenso o foco do blog. Descartei umas quantas coisas. Diminui novamente a frequência de posts e por enquanto ainda estou a ambientar-me, mas tudo correrá bem.

    Acho que deves mesmo fazer algo especial no aniversário do blog e até já tinha comentado isso contigo pelo Instagram. É um marco importante e especial também. Beijinhos minha querida! <3

    ResponderEliminar
  7. A vida é feita de mudanças! Se recomeçasse um blogue faria, também, uma introdução e criaria um plano editorial! Creio que faz todo o sentido! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Definir um plano editorial também é algo que sinto necessidade mas, por outro lado, gosto da espontaneidade :)

    ResponderEliminar
  9. Sabe sempre bem uma mudança, e posso dizer que a tua partilha me fez pensar em bastante coisas, até já pensei em começar todo do 0 pois quando entrei neste mundo não fazia algumas coisas que talvez fazia agora
    Beijinhos
    Novo post (Unha Decorada?) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  10. Excelente questão: acho que teria tido mais atenção ao design, logo no início e tentaria ter dias de preferência para publicar como faço hoje em dia.
    Ainda bem que tiraste a música automática, confesso que sempre que encontro um blog novo e este tem música fico um pouquinho de pé atrás porque tenho que me dar ao trabalho de procurar a pausa para desligá-la :p
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  11. Oi Andrea, bacana demais a sua reflexão. Eu considero o meu blog em constante mudança, nunca tive uma linha editorial muito definida. E acho isso positivo, o blog vai mudando conforme eu também vou mudando, uma evolução orgânica não-planejada. :)

    Um beijo grande! :*

    ResponderEliminar
  12. No ano passado tomei a drástica e arriscada decisão de recomeçar o meu blogue do género. Com o tempo houvê uma reformulação de objectivos que o blogue antigo não cumpria. Não me arrependo e por vezes mudar é bom :)

    Beijinhos e boa semana!

    ResponderEliminar
  13. Já ando nisto dos blogs à mais de dez anos e fui aprendendo várias coisas, e sei por experiência própria que é quase impossível pensar em tudo logo no inicio, porque o blog vai-se alterando com os anos! O teu blog está bem assim, e sempre foi um dos meus favoritos!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  14. Adorei a sua reflexão. Eu e o meu blog estamos todos os dias em uma mudança constante. Se eu fosse recomeçar, é claro que faria algumas coisas diferentes. Mas, se não fosse pelos erros, acho que não teria me encontrado. <3

    Adorei a postagem!

    www.heylou.com.br

    ResponderEliminar
  15. Mais uma boa publicação! :)
    Este blog diz muito de ti e tal como está, está à tua medida e muito bom! Concordo com as mudanças que farias mas não são imprescindíveis!
    Um bjinho!

    ResponderEliminar
  16. Hello dear
    I follow you. I hope you follow me back

    http://vivereromance.blogspot.it

    ResponderEliminar
  17. Eu também ando sempre a mudar o meu lol gosto da mudança, mas em tudo, se hoje estou aqui amanhã posso estar a 200 km ahahahah Gosto do teu blog e de tu ahahahah <3
    Beijinho minha escritora preferida :)

    ResponderEliminar
  18. Se eu começasse agora o meu blog também mudava muitas coisas.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. se começasse o meu blog agora também mudava e fazia algumas alterações
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  20. Um texto que me obriga a reflectir.
    Vou...mas volto. Em breve.

    ResponderEliminar
  21. Confesso que também faria muito coisa diferente coração. Assim de tudo seria mais activa e nunca teria desistido, como fiz há anos atrás. Mas pronto! O caminho é para a frente e o teu espaço está cada vez melhor coração!

    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  22. Respondendo a tua pergunta: Sim vêm cá em setembro a um festival que existe cá na minha terra depois conto tudo no blog, mas é só em setembro :( ainda tenho de esperar um pouco
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  23. Não tem como não acharmos que mudaríamos algo no nosso blog, mas tudo requer muita dedicação e algum trabalho. Mas o tempo e a experiência servem para isso mesmo, para seguirmos em frente com ou sem mudanças :)

    XoXo
    - Helena Primeira
    - Helena Primeira Youtube
    - Primeira Panos

    ResponderEliminar
  24. Nem mais... até porque só temos uma pele e precisamos de cuidar dela ao máximo, de modo a que, no futuro, não nos arrependamos!

    Agora que li este post fiz um momento de introspeção. Creio que não mudaria nada no blog. Felizmente, e embora com alguns percalços, sempre mantive o meu foco: o de mostrar ao mundo que um Homem pode e tem o dever de vestir bem e de tratar-se bem também.
    A ideia de colocar música nunca me passou pela cabeça porque, tal como dizes, não devemos obrigar ninguém a entrar num blog e a ouvir uma playlist automática. O mesmo acontece a nível do design porque, quanto menos barulho visual tiver, melhor!
    O teu blog, tanto pela temático quanto por aquilo que o envolve, torna-se numa das minhas leituras obrigatórias. Estás no caminho perfeito! E anseio, um dia, ver todos os teus posts retratados num livro *.* Nessa altura, quererei um meet com direito a assinatura nele :D

    NEW REVIEW POST | YOUTH LAB: DAILY SUNSCREEN GEL CREAM SPF 50 :D
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  25. Olá
    Eu percebo te. Eu quando comecei o meu eu não percebia nada de como funcionava aprendi tudo sozinha. Mas nunca tive grandes pretensões apenas de registar fotograficamente o que visitava e o que vestia, porque o meu blogue era um blogue de moda. Mas sem grandes textos ou reflexões. Isto até ao ano passado. Quando comecei a ter patrocínios e achei que tinha a rezponsabilidade de ser mais profissional. Escrever mais. Dar a minha opinião sobre vários assuntos e falar sobre mim até porque eu tinha e tenho tanto para contar. Por isso percebo essas mudanças que querias ter feito. Eu, agora, também teria feito de uma outra maneira, mas é agora que evolui que sei mais agora do que quando comecei. Por isso não te importes, continua sim a dar o melhor de ti em cada post.
    Beijinhos

    Tou te a seguir.

    marisasclosetblog.com

    ResponderEliminar
  26. Olha, pois eu não mudava nada no teu blog... :-)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  27. A mudança faz parte e nós vamos-nos adaptando conforme as experiências da nossa vida e o que completa os nossos dias. Certamente faríamos muita coisa diferente nos nossos blogues, mas as coisas vão aparecendo no tempo certo, as ideias vão surgindo e nós lá vamos estipulando o que queremos ver por lá e o que não faz tanto sentido.

    No Shimbalaiê não sei o que mudaria, sinceramente. Não tenho rubricas semanais, mas fui criando algumas e tento ir atualizando à medida que me faz sentido, de forma a manter o blogue o mais atualizado possível e de forma livre. Enquanto achar este método adequado ao género de blogue que temos e correr bem, será assim :)
    Sendo em conjunto, já pensei em "separar", mas acho que tem mesmo corrido bem e, apesar, de escrevermos sobre coisas diferentes e sobre os episódios da vida de cada uma, isso não tem confundido os leitores.

    Em relação ao teu blog acho que ele espelha muito bem tudo que vejo em ti :)

    ResponderEliminar
  28. Já mudei de blogue umas duas vezes e em todos eles fiz as coisas de maneira diferente. Eu não tenho disciplina suficiente para ter um "plano editorial" e prefiro ir escrevendo conforme os assuntos surgem, até porque já não tenho muito tempo para dedicar ao blogue. Para mim ter um design minimalista é requisito obrigatório. Não gosto de perder tempo com "publicidade". Os blogues devem refletir a nossa personalidade, sem máscaras. E, acredita, o teu blogue reflete perfeitamente aquilo que tu és. E é isso que me faz adorar este espaço. E a ti ;)

    ResponderEliminar