Diogo Piçarra: Abrigo

Fotografia retirada do facebook de Diogo Piçarra


«Às vezes, só queria desaparecer. Perder-me nos teus braços até morrer. 
Se isto é o paraíso, então, já não preciso de outro lugar»



O Diogo não para de surpreender. Porque a sua criatividade inesgotável inspira. E porque o seu sentido musical leva-o a criar com qualidade, reinventando-se. E por mais que me possa repetir, sinto que é importante - e inevitável - focar sempre o lado majestoso de um artista como ele. Há muitos aspetos que me fazem admirá-lo enquanto músico - e ser humano também -, e um deles é a sua vontade de não estagnar. E de produzir - não em massa, mas em consciência, apelando sempre à natureza sincera de cada canção. Porque ele respira música. E, num sopro, faz arte!

No passado dia 24 [quinta-feira], desarmou o público ao lançar o EP Abrigo, que conta com três faixas: Era Uma Vez, Abrigo e Paraíso. Este trabalho é da sua inteira responsabilidade, contando com a parceria de André Piçarra [irmão] na parte de realização e edição de vídeo. Além disso, a contracena é feita com a atriz Paula Magalhães. Cada um dos temas, como facilmente se percebe, vem acompanhado de um videoclipe próprio, disponibilizados no seu canal VEVO. No entanto, apesar de terem sido partilhados em separado, funcionam «como uma trilogia». E quem subscreveu a sua newsletter teve a oportunidade de os ver, em primeira mão, como «um mini filme único».

A ideia, para além de resultar muitíssimo bem, permite contar uma história original. Singular. E que revela, uma vez mais, a total dedicação do Diogo - já para não mencionar o talento soberbo. É incrível como consegue desenvolver um elo tão natural para as três músicas, que apresentam letras e sonoridades distintas. Sem perder o toque intimista, emociona-nos em todas elas. Pessoalmente, apesar de me ter rendido a cada uma, tenho que confessar a minha preferência pelo Paraíso. Independentemente disso, tenho-as ouvido sequencial e ininterruptamente. E sempre que a melodia recomeça, volto a apaixonar-me mais um pouco pelo tema. 

É impossível não me identificar quando há tanta verdade na sua essência. E porque acho que nunca encontrarei as palavras certas para falar sobre ele, no geral, e sobre este EP, em particular, deixem-se contagiar. E embarquem nesta viagem, que nos inquieta e aconchega a alma.







Já tinham ouvido? Qual a vossa favorita?

19 comentários

  1. O Diogo Piçarra de facto é único! Amo todas as suas Músicas. Pena ter desistido do festival da canção.:)


    Hoje:- Olho o horizonte...Silêncio absoluto.

    Bjos
    Votos de um óptimo Feriado de Quinta-Feira

    ResponderEliminar
  2. Gosto tanto deste miúdo :)
    Os títulos das musicas são de uma simplicidade muito bonita, tenho mesmo de as ouvir com muita atenção e tenho a certeza que não me vai desiludir :)
    Bjinhosss minha querida*
    https://matildeferreira.co.uk

    ResponderEliminar
  3. Ando claramente a perder música muito boa!!

    ResponderEliminar
  4. Retiras sempre o melhor de tudo, tens um dom magnifico de cativar
    :)

    ResponderEliminar
  5. As músicas do Diogo Piçarra são magníficas. Gosto muito deste jovem cantor, é mesmo um Paraíso.
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. Gostei da música e das cantigas,
    porque, canta bem Diogo Piçarra
    para mais agradar às raparigas
    na cama acompanhado da guitarra!

    Tenha um bom feriado Andreia.

    ResponderEliminar
  7. Não faz muito tempo que comecei a ouvir as músicas dele, mas tem algumas que gosto bastante, até a ultima que foi lançada

    Beijinhos
    Novo post (Nova Review?) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  8. O Diogo é um bom autor, faz músicas muito interessantes.
    Bom fim de semana, amiga Andreia.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  9. Este Moço é uma fonte de inspiração. Sim já conhecia. Gosto muito!
    =)

    Liberdade e leveza.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  10. Gosto dele, e em setembro ele vêm cá a minha terra e vou ao concerto
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  11. Como já te tinha dito, não é dos cantores que goste mais, mas confesso que tem musicas giras :)
    Gostei do segundo video.
    Beijinho minha linda.

    ResponderEliminar
  12. ;D

    Nunca tinha ouvido. Adoro conhecer artistas que cantam no português de Portugal!

    Ótima sexta!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  13. first time i heard his song, (1st one) and honestly i like it. i don't understand as it is in different language, but still i like it.
    My Blog | Instagram | Bloglovin

    ResponderEliminar
  14. Confesso que não conheço, grande parte, das músicas dele...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  15. A minha favorita é sem duvida, Abrigo. O Diogo sempre nos consegue surpreender desta forma tão inexplicável. Cada vez mais, o adoro, enquanto pessoa e enquanto artista. Beijinhos querida 💙

    ResponderEliminar
  16. Não o conheço ainda, obrigada pela dica , bjus.

    ResponderEliminar
  17. Um poço de talento. Adorei as músicas.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  18. Já te disse que não é o meu género musical favorito, mas sei que ele tem muito talento. Os temas são sempre de uma simplicidade brutal, seja o nome ou o som e isso é bonito de se ouvir.
    Além disso, ele trabalha, é empenhado e é assim que se alcança o sucesso. O dele é totalmente merecido :)

    ResponderEliminar