Coração Mendigo

Fotografia retirada do Pinterest


«Só não me percas»



Sê abrigo
Do meu coração mendigo
Perdido num combate
De promessas vãs

E eu que julguei ser eterno
Este amor sem precedentes
Tive que largar o peito
Que me acolheu
E que sufocou, aos poucos
A liberdade do meu amanhã

Talvez um dia
Quando a saudade não for abstrata
Tu saibas que te falto eu
Nesse trilho deserto
Por onde corres 
Sem direção

E à deriva
Num novo abraço que me resgatou
Não estou mais triste
Pelo que fomos
E pelo que acabou

Sê, agora, abrigo
De mim
Que te caio aos pés
E me despojo
E me rendo ao calor do teu olhar

E eu, que para ti
Devo soar a desespero
Tenho o coração desamparado
Sem casa
E pronto a ceder

Não me largues a mão
Eu ainda quero viver
Para além de mim

19 comentários

  1. Vês como matas alguém do coração com esses poemas? Tens mesmo de fazer um livro porque quero guardar todos esses poemas bem de perto! Gostei imenso! Beijinhos querida <3

    ResponderEliminar
  2. Tão bonito e tão triste essa súplica Andreia. <3
    Você escreve muito bem!

    ResponderEliminar
  3. Escreves tão bem, Andreia! Para quando um livro? :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Podia muito bem dedicar este poema ao meu amor bom <3
    Continua, princesa :)
    Concordo com a Marta Carvalho, so te falta mesmo o livro e eu ca estarei para o comprar :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  5. Aquele esmalte é de babar! ;)

    Só acho válido ceder quando é em nome do amor! Muito bonito o seu poema.

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  6. Tambem gostava de ter sempre uma "mão", mas sei que não a terei sempre. Gostei do poema minha linda. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Olá!

    Adorei. Continue assim, vou esperar por mais posts tão profundos.

    Um beijo!

    ResponderEliminar
  8. Ohn minha querida este poema está tão incrível!
    " Num novo abraço que me resgatou
    Não estou mais triste
    Pelo que fomos
    E pelo que acabou"
    Estou completamente rendida *.* adorei mesmo!

    Beijinho enorme,
    santiago | facebook | instagram

    ResponderEliminar
  9. Hi! lovely blog:D If you want to follow each other blogs please come to my blog and tell me, ill follow you instantly!
    https://leerenlaluna.blogspot.com.es

    ResponderEliminar
  10. Que bonito poema
    https://retromaggie.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  12. Dá, meu anjo :D Vais adorar porque vão lhe sentes o sabor :D

    Ohhh, que lindo e tão isto:
    " Talvez um dia
    Quando a saudade não for abstrata
    Tu saibas que te falto eu" <3

    NEW TIPS POST | ONLINE VERSION: 3 BASIC TIPS TO SET THE FOUNDATION TONE :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  13. Não tenho jeito para poemas, "não sou poeta" já dizia Carlos Paião, prefiro deixar isso para almas iluminadas como a tua... Parabéns!!

    Beijinhos
    Sandra C.
    bluestrass.blogspot.com

    ResponderEliminar