As gavetas abertas por... Mena Almeida

Fotografia retirada do site ArmDay.am


Este texto é verídico. E vem a propósito de um que escreveste, há dias [Amor no Passado], onde falavas de duas pessoas que se amam, mas que não estão juntas - e, na altura, eu disse-te que era possível, sim. A mulher desta história sou eu. E este foi o fim do meu casamento.



A propósito de amar, mas não se poder estar


Nem sempre se consegue estar junto só porque se ama. 

Ela tinha casado há 17 anos. Nem tudo era magnífico, mas era bom. Nem tudo eram rosas, mas havia sempre, pelo menos, uma. E havia amor, muito amor; amor daquele que nos faz esquecer tudo, só para se estar ao lado de quem se ama. 

Os anos foram passando, e ele começou na bebida. Ela, ao princípio, nem ligou. Ele não fazia confusão em casa, nem com ela. E, depois, havia o amor. 

Ela trabalhava, ele também. Tinham uma casa, escolhida pelos dois, uma família e um cão. Mesmo com a bebida, ela pensava que era feliz. Até ao dia em que se sentou sozinha e pensou na vida que estava a levar. Ela só tinha 40 anos. E os últimos cinco foram passados entre a casa e o trabalho, nada mais. Ele, entretanto, bebia cada vez mais e nem se falavam. De manhã, cada um saía para o trabalho. E, à noite, ela jantava sempre sozinha. Mas ela amava-o! O que fazer? Viver o tempo todo aquela “vida” ou divorciar-se? Tentar uma vida nova? Mas e a casa e os bens? Então, por fim, ela decidiu e divorciou-se. Ele não pôs entraves e deu-lhe o divórcio (ele também gostava dela e queria que ela fosse feliz).

Aos 40 anos, começar uma nova vida, e sozinha, não é para todas as mulheres, principalmente quando, financeiramente, se está bem. Mas ela não pensava nisso, ela pensava: mas eu amo aquele homem, será que o vou conseguir esquecer? Hoje, e passados 13 anos, ela já o esqueceu há muito - ou melhor, esqueceu o amor que lhe tinha.



Podem encontrar a Mena no seu blogue: Entre os meus dias

31 comentários

  1. Adorei este texto! E tenho pena que não tenham o seu final feliz juntos :/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na altura tambem lamentei muito. Hoje sei que foi o melhor que podia ter feito.
      Beijinho Rita.

      Eliminar
  2. É muito prático no dia a dia, meu anjo. Obrigado <3

    Ohn :( As histórias de amor são muito mais do que amar, é um facto. Há sempre mil e uma coisas a envolver uma relação... e acaba por ser melhor não insistir quando as coisas já não estão tão bem quanto isso!

    NEW FASHION POST | RAFFIA BAGS ARE BACK: THE REINVENTED TREND :D
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo Miguel , insistir naquilo que a gente sabe que não vai dar mais,não adianta.
      Beijinho feliz fim de semana :)

      Eliminar
  3. Its all about love , sometime you have to move on to find yourself. Definitely its hard to take that step, but sometime its necessary. Very well written like always.
    My Blog | Instagram | Bloglovin

    ResponderEliminar
  4. Parabéns à Mena por este texto! Gostei imenso!

    Beijinhos! =)

    ResponderEliminar
  5. Bom dia. Excelente texto que poderia ter um final feliz. A vida é mesmo assim. :))

    Hoje:- Sou a flor que renasce na primavera.
    -
    Bjos
    Votos de um Óptimo Sábado

    ResponderEliminar
  6. Gostei muito de ler o texto, só fico triste de ser uma história sem final feliz. Ou talvez ela seja feliz assim, e tenha feito uma grande escolha. Sem dúvida foi corajosa e uma grande mulher.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi uma decisão difícil na altura. Mas nem todas as histórias de amor terminam bem. Hoje estou bem e sei que foi o melhor para mim.
      Obrigada
      Beijinhos

      Eliminar
  7. Pois é linda, como vês nem sempre se está com quem se ama, às vezes temos de pensar tambem em nós, apesar de amar aquele homem, jamais eu poderia viver aquela vida. Hoje felizmente estou bem, mas foram tempo bem difíceis. Se me perguntares se me arrependi de o ter feito, eu digo te que não, não me arrependi, porque apesar de o amar, amava me mais a mim, à minha vida, ao meu bem estar.
    Obrigada minha linda,fez me bem falar sobre o meu passado.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. A minha mãe sempre me disse que não estamos bem a única coisa a fazer é mudar :)
    Gosto muito de ti querida Mena :) e da Andreia claro :)
    Sejam muito felizes as duas :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  9. Adorei este texto, e sem dúvida gostei de conhecer melhor a Mena!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  10. Que texto tão poderoso e que me fez refletir tanto acerca do assunto... Dizem que o amor supera tudo, mas será que por vezes se devia superar? Porque se há algo que cria dor e tristeza talvez não seja o melhor para nós...
    Adorei o texto, está tão bem escrito!
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa frase do amor supera tudo, em minha opinião não é bem assim, porque primeiro temos de nos amar a nós se não, como vamos amar os outros? Principalmente quando essas pessoas tambem não se amam a elas próprias? É muito complicado e no meu caso tive de deixar de amar outro e pensar mais em mim.
      Obrigada Beijinho

      Eliminar
  11. Hi! lovely blog:D If you want to follow each other blogs please come to my blog and tell me, ill follow you instantly!
    https://leerenlaluna.blogspot.com.es

    ResponderEliminar
  12. Terá sido melhor assim,
    se juntos sofriam os dois
    do tudo no mundo tem fim
    seja agora ou seja depois!

    Tenha uma boa noite de Sábado e um bom dia de Domingo Andreia.

    ResponderEliminar
  13. Infelizmente, por mais amor que se tenha, há decisões que têm de ser tomadas. Gostei muito deste texto, mas fiquei triste, é sempre triste ver que o amor não é tudo.
    A Mena foi bastante corajosa, é preciso ser-se para se decidir algo tão importante!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há muitas Menas, Mary, umas têm coragem, outras não, ainda bem que a tive pois hoje estaria bem pior.
      Obrigada
      Beijinhos

      Eliminar
  14. Gostei bastante deste texto, parabéns à Mena. Não sei muito de amor, mas pelo que observo em meu redor sei que, muitas vezes, o amor por si só não basta. É preciso atenção, esforço, lealdade e dedicação. Nesta história, podem não ter tido um final feliz juntos, mas foi de certa forma um final feliz, porque foi a melhor decisão a tomar.
    Beijinhos
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi a melhor decisão sim, infelizmente é verdade, mas foi :)
      Obrigada

      Eliminar
  15. É triste quando isto acontece. Eu ando no vai ou não vai. A minha relação começou super bem, mas o meu namorado mudou de trabalho e agora está o Diabo em pessoa. Ninguém o aguenta! Só está bem quando está sozinho ou com os amigos. Se vamos de férias, é um anjo, voltamos ao trabalho, vira diabo outra vez. Esta semana tivemos uma discussão tão banal devido a ele não ter de me ir buscar, que ficamos por um tempo sem nos falar (e ainda não falamos). Ele tem a mania que é a vítima o tempo todo e que só ele se magoa, os outros não. Sinceramente, se acabar, acabou! Já chorei o que tinha a chorar. Vai doer? Sim claro que vai! Mas depois vai passar e terei de me habituar a isso. Adorei o texto! Espero que sejas muito feliz e que o sejas atualmente! Beijinhos <3

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Carolina, cada caso é um caso, mas quando as coisas não funcionam o melhor é a separação, é um facto!!
      Boa sorte para ti.
      Beijinhos

      Eliminar
  16. Muitos parabéns pelo texto. O amor próprio é tão importante 💖💖 muitas felicidades

    ResponderEliminar