Os 7 filmes que marcaram a minha vida

Fotografia retirada do google

«O cinema não tem fronteiras nem limites. É um fluxo constante de sonho», Orson Welles


A minha atenção à sétima arte tem sido bastante negligente. Tenho uma longa lista de filmes em atraso, porque vou-me dedicando a outros formatos, como as séries [aqui]. No entanto, é algo que adoro. E, se pudesse, passava a vida numa sala de cinema, com um balde de pipocas ao meu lado. Porque a energia neste ambiente é completamente distinta. Talvez por essa razão é que acabe por ver tão poucos filmes em casa. Falta-me aquele toque de intensidade genuíno, que me isola de qualquer outro estímulo externo. 

Há géneros cinematográficos para todos. Pessoalmente, distancio-me de tudo o que seja terror [ainda que tenha ido ver The Conjuring], mas entusiasmo-me com comédias, dramas, thrillers e musicais. Além disso, não resisto a uma boa história de amor. Nem a enredos que nos permitam refletir, problematizar e desmistificar temas controversos. E há filmes que, genialmente, conseguem ter um pouco de todas estas características, levando-nos numa viagem sem rede. O melhor de tudo é que, quando bem realizados, preservam uma magia intemporal. Por isso, independentemente do tempo que passe, continuarão a fazer bastante sentido. E eu tenho sete filmes que marcaram a minha vida, pelas mais variadas razões:

A Bela e o Monstro: Quer a versão de animação, quer a versão em imagem real. É, para mim, uma das histórias mais bonitas e com uma mensagem poderosa, por ser tão livre de preconceitos. Além disso, é riquíssima em detalhes que nos apaixonam. E torna-se impossível não nos relacionarmos com as personagens e com todas as emoções que nos despertam. É um filme muito puro, que valoriza o interior de cada pessoa. Cheio de luz. E de amor!

Florbela: É uma produção nacional, com o claro objetivo de «homenagear uma das poetisas portuguesas mais relevantes do século XX». Com um elenco de luxo - do qual destaco um dos atores que mais admiro, Ivo Canelas -, acompanhamos uma história intensa, muitíssimo bem construída e que nos inquieta. É tudo vivido com uma energia arrebatadora, até porque vemos Florbela num «período de crise literária (...) por altura da morte de Apeles, o seu adorado irmão», no qual deixou de se conseguir expressar «através da escrita». Este acontecimento tem um enorme impacto na sua vida. E é fascinante perceber como é que a poeta irá gerir esta situação.

Antárctida - Da Sobrevivência ao Resgate: É inspirado numa história real, o que atribui um significado mais especial e emotivo. Neste filme, homens e cães têm uma relação de simbiose fabulosa. Portanto, quando sofrem «um acidente inesperado» e a separação é inevitável, as imagens tornam-se dolorosas. Fica a sensação de que o nosso coração diminui. De tristeza e aflição. O tempo instável e perigoso da Antárctida implica mesmo a luta pela sobrevivência. Consequentemente, as emoções estarão sempre à flor da pele.

A Walk To Remember: É baseado numa história de Nicholas Sparks. E o que mais me cativou foi a forma como as personagens principais se moldaram uma à outra, sobretudo quando são tão diferentes. Com a dose certa de drama e de romance, é uma história rica em detalhes surpreendentes, que nos leva a repensar na maneira como aproveitamos a nossa vida e como superamos as adversidades que surgem no nosso caminho. Desistir podia ser a resposta mais fácil, mas há sempre alguém que nos agarra e que nos mostra que existem outras alternativas. É um filme terno, mas com alguma imprevisibilidade.

Cisne Negro: É, a meu ver, um choque de realidade, com uma carga psicológica brutal. Neste enredo, vamos encontrar uma dicotomia sistemática entre o Bem e o Mal, que sobressai na personalidade de todas as personagens. É uma história intensa, vivida no limite da obsessão. A interpretação de Natalie Portman, que dá vida a Nina, uma bailarina que vive para a dança, é de tirar o fôlego. No meio de uma enorme pressão - não só por parte de terceiros, mas também imposta por si -, o lado mais negro de Nina começa a ganhar forma.

Dúvida: O nome do filme não podia ter sido melhor atribuído, uma vez que o impacto de uma dúvida pode ser devastador. Porque divide opiniões. Porque causa desconfiança. Porque tudo passa a ser motivo de interrogação. E quando esta dúvida se instala numa escola católica, provocando o confronto entre o sacerdote e a irmã diretora, as consequências adquirem proporções ainda mais delicadas. Será que há motivos? Ou as provas são tendenciosas?

A Extraordinária Vida de Timothy Green: Tem uma das histórias mais bonitas que já vi. Este filme respira amor. Aceitação. E dedicação. E até o inesperado se torna maravilhoso. Timothy é uma ternura de miúdo. E transporta uma mensagem absolutamente inspiradora. Pode, no início, parecer surreal, pela forma como tudo se desenrola. Porém, a verdade é que cada detalhe é precioso. Numa primeira fase, não compreendi o porquê das folhas, mas depois rendi-me a todo o seu significado. A parte final é uma verdadeira descarga emocional, que me deixa sempre em lágrimas.


Quais foram os filmes que mais vos marcaram? Já viram algum(ns) destes?

31 comentários

  1. Da tua lista vi Cisne Negro, A Walk To Remember, A Bela e o Monstro (por enquanto só a versão de animação).

    Marcaram-me os seguintes filmes: "Titanic", "O Homem da Máscara de Ferro", Chucky: o boneco diabólico, "A Walk to Remember"

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  2. Há filmes que nos marcam pelas mais variadas razões um dos filmes que me marcou foi o África Minha.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  3. Florbela e Cisne Negro marcaram-me muito. Deixo duas sugestões que acho que vais gostar (Não sei se já os viste):
    1. About Time
    2. Me befor you
    Beijinho grande *

    ResponderEliminar
  4. A extraordinária vida de Timothy Green é tão lindo!

    http://voltaemeiaa.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. A bela e o Monstro sempre vai ser aquele filme mágico!

    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos

    ResponderEliminar
  6. Oi Andreia
    Dessa seleção só vi a A bela e o Monstro.
    E claro que já deixei anotado os outros para ver numa oportunidade futura
    Aqui na minha cidade interiorana não tem sala de cinema e muitas vezes os filmes não são encontrados em locadoras
    Beijos e um feliz dia

    ResponderEliminar
  7. O filme que mais me moveu foi o The Crow. A bela e o mostro é aquela coisinha fofinha***
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Não tens aqui o Sozinho em Casa? ahahaha.
    Nomeei-te para uma TAG: https://the-choice-26.blogspot.pt/2018/02/tag-gosto-e-nao-gosto.html Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Filmes maravilhosos mais amo o extraordinária vida, a bela e o monstro,
    obrigado pela visita.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal: https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderEliminar
  10. sinceramente, não gosto muito de filmes nem de séries. gosto de ver filmes de terror e de animação. mas claro que de vez em quando vejo outro tipo de filmes e o que mais me marcou foi o "into the wild". tãoooo bom!

    r: o miguel araújo é awesoooome - e super super super simpático!

    ResponderEliminar
  11. Recomendo! ;)

    Desses só vi "Cisne Negro"!

    Ótima quarta!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  12. A Bela e o Monstro também é um dos filmes da minha vida. Além deste, e ainda na categoria animação, Spirit foi outro filme que me marcou intensamente e, sempre que o vejo, acabo a chorar entre gargalhadas sinceras.
    Fiquei mesmo interessada em ver Florbela pela descrição que fizeste.
    Também já vi O Cisne Negro e achei que era muito intenso e bonito.
    Reparei sue a Carolina te recomendou About Time e eu subscrevo a recomendação!

    ResponderEliminar
  13. Adorei a Bela e o Monstro e a Extraordinária Vida de Timothy Green. São filmes fantásticos. Já os outros não vi. Um filme que mudou completamente a forma como vejo as pessoas negras foi As Serviçais. Se não viste deverias ver. Outro filme que adorei foi Visto do Céu que é simplesmente arrepiante. Beijinhos <3

    www.carolinafranco.pt

    ResponderEliminar
  14. O bacana da vida é a oportunidade que temos diariamente de conhecer novas pessoas, novas histórias, novos hábitos, dividir novos conhecimento... pois cada pessoa que se aproxima de nós,sempre tem algo a nos ensinar. AbraçO

    ResponderEliminar
  15. A Bela e o Monstro, é o clássico que deixa qualquer um nostálgico! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  16. Desses só vi a bela e o monstro e foi o antigo ahaha, mas acreditas que um filme que me marcou imenso foi o Wall-e? Não perguntes porquê, mas é algo que me lembro tão bem ahaha

    Beijinhos,
    Beijinhos,
    DEZASSETEINSTAGRAM

    ResponderEliminar
  17. Ah a Bela e o Monstro, adorei só faltou mesmo a Angela Lansbury neste último mas a Emma Watson está excelente :)
    O cisne negro também me marcou bastante apesar de ter ficado um pouco desiludida no final... mas adoro a Natalie Portman :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  18. Confesso que não vi nenhuns :)) desnaturada eu :))

    Hoje; Do Gil, que por motivos profissionais está um pouco condicionado às visitas mas virá: :)

    Exultação de um amor intenso
    .
    Bjos
    Votos de uma Boa Quarta-Feira

    ResponderEliminar
  19. Acreditas que só vi o "A Walk to Remember"? Mas já acrescentei os outros à minha listinha :p
    Os que mais me marcaram, humm, talvez "A vida é bela" e "Visto do céu". Ambos com uma enorme carga emocional.

    ResponderEliminar
  20. Gosto de cinema,por acaso vi todos esses filmes que mencionou e gostei de todos, a Bela e o Monstro toda a gente conhece.
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Conhecia alguns e os que conhecia também me marcaram muito como por exemplo a Bela e o Monstro!

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
  22. Por acaso gosto muito desses filmes...

    R: muito especial!

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin

    ResponderEliminar
  23. Ando mesmo desfasado do mundo do cinema. Destes todos só vi Cisne Negro, apesar de não ser grande fã de Natalie Portman. A Bela e o monstro acho que vi uma versão muito antiga e vi alguns episódios de uma série de finais dos anos 80, onde o monstro tinha cara de leão e, curiosamente, ficou muito parecido com o Val Kilmer.

    ResponderEliminar
  24. Também gosto muito da Bela e o Monstro :D
    Há alguns dos filmes que referiste que já vi, mas à outros que tenho de ver! Também costumo fugir mais para as séries de vez em quando.

    ResponderEliminar
  25. A série Twins Peaks, foi das que mais gostei, essas que falaste acho que nunca vi :)
    Beijinhos minha linda.

    ResponderEliminar
  26. Vi quase todos! =)
    Os filmes da minha vida são normalmente filmes que me arrancaram muitas emoções (muitas lágrimas), como A Vida é Bela, O Pianista, Moulin Rouge, Favores em Cadeia, Os Coristas, entre tantos outros! =D

    MRS. MARGOT

    ResponderEliminar
  27. A Walk To Remember é muito bom :D gostei muito!!!

    ResponderEliminar