As minhas 7 formas de gula

Fotografia retirada do google

«Não deixe para amanhã o que pode comer hoje»


A expressão «bom garfo» não se adequa totalmente ao meu estilo de vida. Apesar de procurar fazer refeições equilibradas e, cada vez mais, saudáveis, há muitos alimentos que não consigo comer, porque não aprecio o seu sabor. Ainda assim, faço por escolher com consciência. Portanto, encontro-me em processo de reeducação alimentar. Não por uma questão de estética, mas por uma questão de bem-estar físico e emocional. Cuidarmos de nós deve ser sempre uma prioridade.

Naturalmente, há dias em que é mais fácil dizer não. Contrariamente, existem outros em que as nossas forças são completamente sugadas por uma qualquer energia negra, que nos leva por um caminho oposto à nossa intenção. Isso tem um nome: gula. E eu tenho sete gordices às quais dificilmente consigo resistir:

Coxinhas de Frango: Na realidade, chamo-as de perinhas de frango, porque acho que a forma se assemelha mais. Porém, isso é um mero detalhe. O que importa é que o sabor é maravilhoso. Mas evito ao máximo comê-las por serem fritas. Caso contrário, seriam incluídas mais vezes nas minhas refeições.

Pão de Ló de Ovar: Adoro Pão de Ló, e o meu pai sabe fazê-lo divinamente. Mas Pão de Ló de Ovar é qualquer coisa de transcendente. Não dá mesmo para resistir!

Francesinha: É das minhas comidas de eleição. Por ser tão distinta, tão deliciosa e tão ligada a uma das cidades do meu coração. E acho que não é só o sabor que me atrai, é também este lado emocional. Para além de recomendar as do Santiago [em frente ao Coliseu do Porto], aconselho vivamente as do Bibó Porto [na rua de José Falcão].

Massa com atum gratinada: Poderia, perfeitamente, reduzir este ponto a massa no geral, já que a adoro de todas as maneiras e mais algumas. No entanto, esta receita é mesmo uma perdição [aqui]. Pelo sabor. Pela rapidez. E por demonstrar que podemos reinventar pratos tão simples, tornando-os ainda mais apetecíveis.

Broa de Avintes: Sou uma clara apreciadora de broa, mas a de Avintes torna-se viciante. «Feita a partir de farinha de milho, centeio e malte, tem um aspeto mais escuro e um formato de torre arredondada». O seu sabor é mais agridoce e, normalmente, «é polvilhada de farinha depois de ter sido cozida lentamente».

Gomas: A guloseima mais irresistível. Porque é impossível comer só uma. Ovos estrelados, amoras e tijolos de coca-cola estão no topo das minhas preferências, mas não sou propriamente esquisita neste departamento [aqui]. Além disso, qualquer desculpa é boa para se comer gomas.

Camarão: Honestamente, acho que não sei definir o quanto adoro esta iguaria. Seja como entrada, seja como prato principal. Se pudesse, comia todos os dias. E tenho quase a certeza que não enjoaria. No primeiro dia do ano, sem que eu suspeitasse, os meus pais preparam-me um prato de camarões. Naquele momento, atingi um estado de felicidade plena. Estavam uma delícia!


Quais são as vossas formas de gula? Costumam comer algum(as) destas?

24 comentários

  1. Adoro uns bons camarões cozidos acompanhados por um verdinho bem fresco.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  2. Hmmm chamaste? :D Quem e que nao gosta de comer? Ai a bela da francesinha e da broa de Avintes :) Que maravilha :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Também gosto tanto de Pão de Ló de Ovar, é delicioso! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Temos os mesmo gostos... Sou um bom garfo :))

    Hoje:- Perdidos num brinde silencioso.
    .
    Bjos
    Votos de um feliz fim de semana

    ResponderEliminar
  5. Em primeiro lugar, estou a adorar estas publicações. Em segundo lugar, a gula é um problema grave que eu tenho, então em alturas de exames e mais stress, parece que tenho o estômago furado ahah
    Adoro coxinhas, ai gooomas, camarão, tão bom. Sinceramente acho que ia tudo, não sou nada esquisita (infelizmente, às vezes :D). Acrescentava à lista mousse de chocolate :p

    R: Vou começar a ver na wook. Infelizmente por cá não há lojas de segunda mão que vendam livros -.-
    Eu acho que és bem capaz de gostar, é uma história fácil de acompanhar, mas diferente :)

    ResponderEliminar
  6. Para mim é a francesinha (do meu querido Porto 💛) uns belos camarões fritos com alho, leitão, chocolate milka e Frozen yogurt 😂 (entre outros como é óbvio)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Leitão também podia muito bem fazer parte da lista, porque adoro! E chocolates milka idem aspas :p

      Eliminar
  7. Não existe maneira de resistir a uma boa francesinha. Sempre que vou ao norte tenho que comer!
    A minha lista é tão grande que acho que poderia passar o resto da tarde a escrever sobre as minhas gulas, haha.
    Fiquei a seguir o blog!
    Beijinhos
    littlewonderlandxo.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Adoorooooo tuudoooooo e o problema é mesmo esse ahahahaha nao resisto :(
    Beijinho

    ResponderEliminar
  9. Adoro tudo o que trouxeste para este post. Fizeste-me ter vontade de comer pão-de-ló de Ovar, é tão bom. E a massa de atum também abre o apetite :)

    Agora tens que trazer o pecado da gula em doces.

    Beijinho grande!

    ResponderEliminar
  10. Aii coxinhas de frango!!! Que delícia!! Agora fiquei a pensar nelas! E nas gomas ahah

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
  11. pois, eu desta lista só não alinho nas gomas :)

    ResponderEliminar
  12. Apesar de não comer nenhuma das comidas que referiste percebo bem do que falas!
    Há dias em que parece que somos "atacados" por uma vontade de comer coisas menos saudáveis e que até tentamos evitar.
    A minha maior tentação é chocolate!

    ResponderEliminar
  13. eu também gosto disto tudo ahah eu também sou daquelas que come básicamente tudo.
    A broa...e aquela broa de milho do Lidl omg. E a francesinha, se não comestes a da Taberna Belga, recomendo!!Para mim, a melhor!
    kiss

    http://www.inspirationswithm.com/

    ResponderEliminar
  14. Exceto a broa e o camarão, identifico-me imenso com este post, haha. Eu peco imenso com as coxinhas de frango ou pera (porque, realmente, assemelham-se...). Eu consegui, de todos os que menciona, descartas as gomas, deixei de apreciar açúcar (not even kidding, haha). Gostei imenso do post, também estou na jornada para alimentar-me melhor por mim, garantir nutrientes e vitaminas vitalícias. Claro que nós conseguimos integrar isso na nossa alimentação, não tem mal nenhum e a gente merece (porque... ninguém resiste a uma boa francesinha!). Gostei muito do conteúdo, vou seguir! <3

    swacre

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Que hoje tudo não se coma,
    porque amanhã também é dia
    tenha um bom fim de semana
    Andreia, com saúde e alegria.

    Boa noite e bons sonhos!

    ResponderEliminar
  17. Estou a gostar imenso desta saga de 7 coisas que. Está mesmo fixe.
    Porém, nesta, o único ponto com que me identifico é o último. De tudo isto, só gosto dos camarões.😓

    ResponderEliminar
  18. Adoro massa com atum gratinado e gomas! Ahah é uma delícia e um autêntico pecado :p a adorar estes posts love <3

    THE PINK ELEPHANT SHOE // Ganha um cabaz de novidades da Nyx!

    ResponderEliminar
  19. Adoro camarão e gomas! São a maior coisa do mundo!! Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  20. eu fico-me pelas cochas de frango e as gomas :p eheh gomas é uma perdição! e chocolates nem se fala xD

    ResponderEliminar
  21. Fico pelos 6 pecados de gula, deixo
    1 que é francesinha, não gosto de queijo. Francesinha sem queijo não é francesinha.
    Bjs

    ResponderEliminar