Inconfidências: Let's Talk About Fall - Ação de Graças

Fotografia de Raíssa Bulhões

Desafio proposto pelo grupo Let's Talk


O ser humano é insatisfeito por natureza. E, por vezes, em consequência disso mesmo, um pouco ingrato. Porque, na ânsia de alcançar aquilo que lhe falta, esquece-se de agradecer todas as pequenas conquistas no seu caminho. E mesmo os obstáculos que o obrigam a parar, a desviar a rota, a recomeçar também necessitam dessa gratidão, pelo facto de simbolizarem aprendizagem e crescimento constantes. Ser-se grato por aquilo que a vida nos oferece é, para mim, uma das características mais apaixonantes e cativantes, até porque não deixa de revelar uma certa humildade. E maturidade.

O nosso percurso nem sempre é feito em linha reta. Aliás, quase nunca é. E nem sempre temos força suficiente para agradecer as provações, uma vez que estamos demasiado envolvidos. Falta-nos alguma imparcialidade, alguma capacidade de distância e a dose certa de crítica pessoal. Além disso, nem sempre nos lembramos da importância deste ato: o ato de agradecer, independentemente do resultado. Mas acredito que, mais cedo ou mais tarde, acabamos por ser capazes de lá chegar, mesmo que isso exija um esforço hercúleo. E se há coisa que aprendi, ao longo destes vinte e cinco anos, é que a vida muda num piscar de olhos. E não sermos gratos retira-nos tempo de qualidade. A sós. E com os nossos.

Nunca festejei o dia de Ação de Graças no seu verdadeiro espírito de festividade. Porém, procuro todos os dias, por palavras ou por ações, ou ambas, agradecer o que me acontece. Porque sinto que tudo isso merece reconhecimento e valorização. Porque estimo genuinamente a oportunidade de acordar mais um dia, com saúde, para cumprir todos os planos que defini previamente, ou abrir a porta àqueles que surgem por acaso, de improviso, que me tiram a rede e me obrigam a reformular tudo o que tinha pensado. É esta combinação que faz de mim o que sou. Que me move. E que me acrescenta. Por mais que isto soe a lugar comum, acho que o óbvio também precisa de ser dito. Porque quando deixamos de o fazer, estamos um passo mais perto de dar tudo por garantido. Mas a vida não nos pertence, prova disso são todas as reviravoltas na nossa história.

Chego ao final do dia com a sensação de que sou grata por um número infindável de coisas. Talvez mais do que possa enumerar. Mas agradeço, mesmo assim. Pela família maravilhosa onde nasci (e que será sempre a minha fortaleza), por ter concluído o meu curso, por ter o privilégio de ser madrinha e de ver o meu afilhado a fazer uma das coisas que mais o apaixonada (jogar futebol), por admirar os profissionais certos, por todos os títulos conquistados pelo meu inigualável Porto, por todos os cafés/festas/conversas/momentos com as minhas pessoas do bem, por ter feito voluntariado, por ter adotado um gato, por todos os concertos, por todas as pessoas que se cruzaram comigo, por todas as histórias que me fizeram viajar, pelas minhas férias, por ser portuguesa, por todas as quedas que me fortalecem, por tudo aquilo que está para chegar. E isto é apenas uma pequena parte. Para tudo o que ficou por dizer, obrigada! Com todo o meu coração. Para o resto da minha vida!


E vocês, o que têm para agradecer?

19 comentários

  1. Como dizia Lenine na música "Paciência": "A vida é tão rara".

    Acho importante as pessoas agradecerem pelo que de bom lhes acontece, confesso que não o faço muito; mas acho importante.

    Beijinhos e bom fim-de-semana!

    ResponderEliminar
  2. Por mais agradecimentos e menos queixas, princesa. Gosto tanto da tua forma de pensar:) Obrigada por fazeres parte da minha vida:)
    Bjinhosss e boa sexta :)
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Antes de mais, parabéns por este tão bonito e tão bem escrito. Eu concordo contigo quando dizes que devemos ser gratos e também tento, ao máximo, demonstrar essa minha gratidão. Só assim fez sentido :)

    ResponderEliminar
  4. agradeço todos os dias, tudo, Andreia.
    as pequenas e as grandes coisas. o escrever, o dar, o partilhar.
    gostei de te ler, hoje, muito.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso é maravilhoso!
      Muito, muito obrigada *.*

      Não consigo entrar no teu blogue :/

      Eliminar
  5. Gostei bastante de ler este belo texto e sou daqueles que estão sempre ou quase sempre agradecidos mais que não seja por viver mais um dia.
    Um bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  6. Estar viva!
    Ter saúde e pão na mesa a cada dia.
    Graças a Deus. A mais ninguém.*

    Beijinho d'

    A Marta
    https://amartaeumblog.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. A insatisfação nos leva a agir, e, ao agir, a graça divina nos guia ou não, conforme estamos sintonizados com ela.
    Tento me manter sintonizado.
    bj

    ResponderEliminar
  8. É mesmo isso que sentimos. Temos que agradecer todos os dias pelas dádivas que recebemos. Mas parece que cada vez mais nos habituamos a queixar-nos ao invés de agradecermos. Se assim o é, este dia passa a ser tão hipócrita quanto o Natal!

    ResponderEliminar
  9. Lindo texto Andreia. Somos uns reclamões :)

    Eu digo muita vez o mesmo, há pessoas que reclamam de bsrriga cheia. Eu agradeço o facto de ter pessoas boas ao meu lado.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  11. O ser humano em geral,
    nunca está contente com nada
    vê-se todos dias em Portugal
    numa renhida luta danada!

    Tenha uma boa noite e um bom fim de semana Andreia,

    ResponderEliminar
  12. Eu agradeço por todas as pequenas coisas. Todas elas contribuem para a felicidade global. Este texto está maravilhoso!

    ResponderEliminar
  13. É tão verdade. Andamos sempre com aquela "não tenho sorte nenhuma".
    E esquecemo-nos das coisas boas que a vida nos dá todos os dias.

    Beijinhos, A Vida De Diana.

    ResponderEliminar
  14. Tenho a opinião de que, se agradecêssemos mais do que aquilo que nos queixamos da vida poderíamos ser mais felizes e ter mais razões para agradecer porque pensamentos positivos atraem coisas boas :) ou pelo menos é essa a minha perspectiva :p

    r: ainda só vi o trailer, mas tenho a mesma opinião porque desenhos animados mais comédia costuma sempre ser bom :p
    esse problema não tive, pelo menos que apercebesse porque até nem tenho comentado muitos blogs ultimamente :/

    ResponderEliminar
  15. É tão isto: «Porque estimo genuinamente a oportunidade de acordar mais um dia, com saúde, para cumprir todos os planos que defini previamente, ou abrir a porta àqueles que surgem por acaso, de improviso, que me tiram a rede e me obrigam a reformular tudo o que tinha pensado. É esta combinação que faz de mim o que sou. Que me move. E que me acrescenta.» É muito o que penso e sinto! Conseguimos ser mais felizes assim, percebendo que tudo pode mudar em segundos e que temos a sorte de estar vivos e sãos, com as nossas pessoas do coração!
    R.: Obrigada! Sim, depois há algumas pessoas por quem desenvolvemos o mesmo sentimento :)

    ResponderEliminar
  16. Que texto tão fantástico e cheio de verdade. Todos devíamos agradecer pelo que temos, pelo caminho traçado até agora, pelo que fomos aprendendo ao longo dos anos e por tudo que está por vir :)

    ResponderEliminar
  17. Obrigado, meu bem <3 De coração!!

    As pessoas em Portugal acho que estão mais habituadas a queixar-se do que, propriamente, a agradecer aquilo que têm. O mal está aí, uma vez que não dão qualquer valor às coisas nem às pessoas. sou grato por tudo. De verdade e todos os dias!

    NEW COOKING POST | Have you tried COUSCOUS? Here's a super easy recipe! :o
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  18. Para além de ter adorado o texto partilho da tua opinião... e revi-me muito em "nunca festejei o dia de Ação de Graças no seu verdadeiro espírito de festividade. Porém, procuro todos os dias, por palavras ou por ações, ou ambas, agradecer o que me acontece"... Acho que é o correto a se fazer.

    ResponderEliminar