#2 Da categoria

By Andreia Morais - julho 21, 2017

Imagem retirada do google

Coisas que me irritam: competição entre fãs!
 
Por mais que tente, não entendo o propósito, nem a lógica. Qual é a necessidade de entrarem em guerrinhas para ver quem apoia mais, ou quem apoia menos? Naturalmente, ninguém está à espera que se deem todos bem, mas não seria mais inteligente canalizar toda essa energia para apoiar os artistas em questão? Quando vejo este género de situações não consigo deixar de me questionar se realmente admiram o seu trabalho, ou se, simplesmente, se dizem fãs para terem algum tipo de reconhecimento. Talvez esteja a ser injusta e a analisar isto de uma forma extremista, mas não consigo, de todo, acompanhar a utilidade destas rivalidades, que só causam divisão e mau-estar. Honestamente, acho que as pessoas nem têm noção do quanto é redutor compararem, quer seja pela quantidade de concertos/jogos/o que for, quer pelo número de fotos/de vezes que estiveram com o artista. Há quem tenha mais facilidade e disponibilidade para acompanhar os profissionais que lhe suscitam interesse, mas isso não significa que esteja acima dos outros; que seja mais fã que os restantes. Entristece-me ver que cada vez mais isso acontece. Que há quem precise de descer do pedestal em que se coloca. E que tem que aprender que cada um faz chegar o seu apoio da maneira que consegue. E muitos têm que o fazer, infelizmente, à distância. Na minha modesta perspetiva, deviam colocar de parte estas competições que levam a lugar nenhum e juntar-se pelo mesmo. Porque aquilo que um verdadeiro fã mais quer é ver os seus artistas favoritos a chegarem o mais longe possível. Porquê perder tempo com o resto? E depois há outro pormenor que, inevitavelmente, me recordo e que também me ultrapassa por completo: a falta de limites. Quando é que as pessoas vão perceber que admirarem alguém não lhes dá o direito de se intrometerem na sua vida privada? Mesmo que nos pareça o ser humano mais extraordinário do mundo, acompanhamos o seu percurso profissional, não o pessoal, por isso não faz qualquer sentido, pelo menos para mim, tentar saber mais do que aquilo que o artista está disposto a partilhar. O que é que interessa se namora com a, ou com b? Se foi para lugar x, ou y? Isso influência na forma como o seu trabalho nos toca? É crucial para o continuarmos a apoiar? Inocência a minha que achei que isso não tinha qualquer peso.

  • Share:

You Might Also Like

17 comentários

  1. Infelizmente algumas competições entre fãs tornam-se quase irracionais.
    Um abraço.
    Autografos Futebol

    ResponderEliminar
  2. Infelizmente o ser humano e competitivo por natureza muitas das vezes se haver motivos... enfim!
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Confesso que também foi coisa que nunca entendi bem. Há fãs que levam a coisa ao exagero, e esquecem-se que os artistas mais do que artistas e figuras conhecidas. São seres humanos, deviam dar-lhe espaço e mostrar algum respeito.

    Mas, infelizmente, a nossa sociedade incentiva-nos a sermos demasiado competitivos em tudo.

    Beijinhos =)

    ResponderEliminar
  4. Tens toda a razão, isso e quando estás num concerto e começa tudo aos empurrões para ficar o máximo à frente. Eu até entendo que todos queiram ver, mas o respeito pelos outros deveria estar em primeiro lugar.

    ResponderEliminar
  5. Eu também me irrita imenso!
    As pessoas esquecem-se, frequentemente, que os artistas também são seres humanos, e têm direito à sua privacidade. Existem fãs que ultrapassam todos os limites.
    Beijinhos,
    Cherry
    Blog: Life of Cherry

    ResponderEliminar
  6. Somos duas, também não entendo porque é que estas coisas acontecem. Enfim...
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
  7. Supostamente o objetivo é apoiar não ver quem é melhor que quem mas infelizmente acontece muito...

    ResponderEliminar
  8. Concordo completamente contigo, o objetivo deveria ser sempre apoiar o trabalho da pessoa em si e nada de rivalidades nem competições. Desta forma acabam por estragar aquilo que poderia ser tão bonito.

    ResponderEliminar
  9. r: Na minha faculdade quando temos a capa nas costas também não se vê os emblemas, só mesmo quando a levamos ao ombro ou no braço. Está mais que visto que as regras mudam de sitio para sitio ahah. Eu adoro a ideia dos emblemas, é sem dúvida uma relíquia para a vida!

    ResponderEliminar
  10. Completamente de acordo,não percebo as pessoas que "fazem este tipo de competições" Não faz sentido, só as torna ridículas.
    Mais um excelente texto teu, parabéns. :)

    ResponderEliminar
  11. É das coisas que mais me tira do sério. É só ridículo. E o pior é quando te envolvem e tu só queres estar no teu canto!
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  12. r: obrigada querida :)
    É que é mesmo, e se nos respeitarmos uns aos outros corre tudo tão melhor.

    ResponderEliminar
  13. Com base de café?! :o Nunca experimentei meu bem. Mas parece ser bom!

    Não acho a mínima piada. Se são fãs, deveriam lutar em prole da mesma coisa e não andarem com picardias!

    NEW WISHES POST | OMGGG Beauty NEWS to TRY NOW!
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  14. A passar por cá para desejar bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  15. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  16. Percebo-te tão completamente, que este post podia ter sido escrito por mim. Irrita-me completamente também. O importante é que quem admiras tenha fãs, isso vende, ajuda a pessoa que admiras, não importa se estão mais ou menos presentes, e não é isso que faz ou não uma pessoa ser mais ou menos fã. Nem todos temos a mesma vida.. Cada um sabe da sua, não é por ir a mais ou menos concertos, estar ou não com a pessoa que não se é fã, nada disso.
    mas sim também já estive nesta situação, não entrei em guerra (claro, são idiotices) mas já sofri com isso. O melhor é não nos importunarmos com isso, há coisas mais importantes que isso. É só ridículo (no minimo) estas guerras!
    Por isso mesmo, adorei o post :)
    Grande partilha!
    Beijinhos querida Andreia!

    ResponderEliminar