Douro-memória

Imagem retirada daqui

«A memória é a consciência inserida no tempo», Fernando Pessoa



Foi nelas e neles que o amor se abateu 
Um coração que se perdeu 
Por entre as vinhas tristes e saborosas do Douro. 

Foi um relógio, 
Um tiquetaque desconcertado, 
Que levou as mágoas e as lágrimas dos demais.

Silenciou-se o choro com um Porto forte e sombrio, 
Soltou-se a gargalhada 
Pelo efeito secundário do cálice meio vazio 
Ainda sobre a mesa. 

Calam-se as vozes da noite, 
Param os passos do medo, 
Ouve-se o silêncio 
Quebrado pelos sopros violentos do vento 
Que paira por trás das montanhas 
Do pico mais alto da serra.

Foi delas e deles que se arrancou a história da gente, 
Os testemunhos das descobertas, 
Calados por um porto 
Agora todo ele composto pelas lágrimas 
Derramadas de sangue 
Dos que já foram... 
Por amor.

Agora ouve-se o fado 
Como súplica transmitida pela voz, 
E depois manda-se calá-lo 
Calando a história de quem fica. 

Foram deles e delas a bravura da história 
E os segredos escondem-se 
Muito para além das vinhas abandonadas do Douro. 

Ouve-se o fado, 
Cala-se o coração de quem rompeu os medos 
Que o vento trazia na noite. 

É o toque acelerado 
Do relógio da parede da sala, 
É o tempo que passa 
E... calam o fado
Calam a voz de cada um de nós 
Mas não calam a bravura 
Dos que agora choram 
As lágrimas que caem
Num Douro-memória
De transparência
Infinita.

You Might Also Like

16 comentários

  1. As paisagens do Douro são as mais lindas do país (não fosse eu do Porto) ehehe

    Beijinhos
    Ricardo
    www.opinguimsemasas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Falta-me de amor...Estamos em sintonia!
    Kis:=}

    ResponderEliminar
  3. Fico sempre encantada com as paisagens do Douro.

    ResponderEliminar
  4. Texto incrível! Amei!!!!! ;)

    Beijinhos :*

    ResponderEliminar
  5. ai meu deus... que dor de coração ao ver essa imagem...

    Beijinhos,
    O meu reino da noite ~ facebook ~ bloglovin'

    ResponderEliminar
  6. Tu és arte. Pura arte! Obrigada Andreia por nos deixares ler aquilo que o teu coração sente :)

    ResponderEliminar
  7. Ao ler este poema, questiono-me se o filósofo inspirador de Jorge Jesus estaria certo, quando disse que "uma imagem vale mais do que mil palavras".
    Acho que aqui se complementam. :)

    ResponderEliminar
  8. O Douro é lindo !! Adorei a poesia ;D

    www.culturadeescape.blogspot.pt/

    Become part of Cultura de Escape World:
    Facebook PageBloglovin'Blogs de PortugalGoogle +InstagramPinterest

    ResponderEliminar
  9. Adoro! Tens tanto jeito, continua!
    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar
  10. Tenho a sorte de ver essa paisagem todos os dias e é das melhores coisas do mundo :)
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  11. O Douro é lindo :)

    Gostei do blog, vou seguir :)

    Live, Love, Laugh

    ResponderEliminar
  12. Tão mas tão bom, adoro o Douro e este texto assenta-lhe que nem uma luva.
    Está incrivelmente bem escrito :) Parabéns!

    Beijinhos *

    ResponderEliminar