Sinais contraditórios


«A principal mentira é a que contamos a nós mesmos», Friedrich Nietzsche


Há tanto que não percebo
Mas calo as palavras
Para não fechar o coração

Há sinais contraditórios
Dúvidas que permanecem
De coisas que acontecem
Sem motivo
Paralelamente desproporcionais
De onde falta a lógica
E a razão
De ser

Tento ignorar
Com medo de colocar em causa
Guardo o que vejo
Em secreta tentativa
De afastar fantasmas
E se não for exatamente assim?

Vivemos do avesso
Juras que não
Mas o teu corpo denuncia-te
[diz que sim]
E eu assisto
Imóvel
Ao jogo que tu crias
[e no qual só tu brincas]
Fingindo desinteresse
Enquanto os teus olhos
Pedem por mais
[atenção
tato 
palavras 
amor]

Não sei 
Se é a mim que mentes
Ou se é de ti
Que escondes a verdade 
E o que serei eu
Se te permitir continuar
Nessa corda-bamba 
Por onde caminhas 
A colocar máscaras
Nas quais só tu acreditas?

- De que (te) vale omitir se já compreendi tudo aquilo que sentes?

You Might Also Like

23 comentários

  1. Lindo belo poema minha amiga.
    Gostei.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. Não podia estar mais de acordo! ♥


    xoxo, Sofia Pinto
    LAST POST ♥

    ResponderEliminar
  3. Para refletir...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. A citação de Nietzsche é tão verdadeira!
    Adorei este poema!

    ResponderEliminar
  5. A vida é plena de pontos de interrogação e contradições.

    ResponderEliminar
  6. Opah este poema fez me tanto pensar em várias coisas, estes teus textos ajudam me tanto por vezes a pensar em certas temáticas, isto é tão puro e verdadeiro que óptima reflexão
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. O texto não está em itálico, nem tem qualquer referência ao autor, pelo que presumo que é teu...
    Que mania de me fazeres pensar, quando só me apetece abrir a cabeça e esvaziá-la... eheh
    Pois... não sei se é a principal, mas é de certeza aquela que faz mais mossa, a que denuncia as nossas fraquezas. :/

    ResponderEliminar
  8. das ilhas conheço a Madeira, agora estava de ir descobrir os Açores

    ResponderEliminar
  9. r: E fizeste tu muito bem! Há que aproveitar :)

    ResponderEliminar
  10. r: Ora essa, não tens de quê. Assim sim, isso é que é importante <3

    ResponderEliminar
  11. Que lindo! Eis uma coisa que tenho de trabalhar bem mais, perceber os sinais contraditórios que os outros enviam e o seu porquê. Eu sou muito literal e não presto atenção aos sinais... Bjs

    ResponderEliminar
  12. Me identifiquei aqui. Posso ficar? Rs. Amei o filtro dos sonhos no fundo.
    Um beijo!

    ResponderEliminar