Em rede


«Adoro quando te deixas levar assim», Sara Tavares


Balanço em rede
E em rede me liberto
Dos fantasmas que se prendem
Aos fios invisíveis
Que a minha alma liga
Ao teu corpo
Desprovido de calma

Balanço
Repouso
Amparo
A queda que me acorda
E me joga para o outro lado
Da margem

Em rede
Que me embala
E me afaga
Os caracóis dourados
Enquanto o sol
Me queima a pele

Balanço em rede
E toco o céu
Para lá
E para cá
Para cá
E para lá
Em repetição constante
Até fechar os olhos
E perder o norte 
Dos pensamentos que se prendem
E desprendem 
Ao meu pedaço de chão
Suspenso

You Might Also Like

24 comentários

  1. Adorava subir para uma rede...
    Adorei o texto!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  2. Como é bom no Verão baloiçar na rede à sombra de uma árvore.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Balançar em rede sob a sombra de uma frondosa árvore e degustar este belíssimo poema. Poema haver algo melhor?
    Um lindo dia
    Beijos

    ResponderEliminar
  4. Estou a precisar de uma rede...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Gostei muito querida!
    Beijinho.
    http://belezacemlimites.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Adorei o texto! E obrigada pelo teu comentário no meu blog. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  7. Adorei o texto! E obrigada pelo teu comentário no meu blog. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. As camas de rende têm um efeito calmamente em mim :)
    Adorei o texto :) consegui viajar um pouco até uma praia a balançar numa cama de rede.

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  9. r: Muito obrigada querida *-*
    Exatamente, não podia estar mais de acordo contigo. Mas pronto, tudo se irá resolver!

    ResponderEliminar
  10. Que máximo amo deitar em uma rede sempre arrasando
    Novo vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  11. E com as novas tecnologias, ninguém vive sem "rede".

    ResponderEliminar
  12. 'Balanço', acho que é uma bonita metáfora!

    ResponderEliminar
  13. Lindo, lindo, lindo! :')
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. Adoro balançar na rede :) O texto é lindo, simplesmente entrelaças as palavras numa rede poética maravilhosa. Parabéns :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Que bonitas palavras. Senti-me embalada pela rede.

    ResponderEliminar
  16. Gostei muito minha querida!
    Escreves poemas tão lindos que dá vontade de ler, ler e ler. Sem parar!

    ResponderEliminar