Esquecimento


«O esquecimento é a morte de tudo quanto vive no coração», Alphonse Karr


Quando chegar a hora de eu partir, e pensando que o farei primeiro que tu, peço-te que preserves a minha memória e todos os traços meus que te fizeram amar-me sem receios. Acredito que somos mais que os nossos contornos, e que mesmo que o meu corpo deixe de ter qualquer reação é a minha alma que permanecerá viva até ao dia em que já não te conseguires lembrar mais de mim. Prometo-te, aqui e agora, fazer o mesmo. E assino em tom de saudade este meu desejo de fazer prevalecer aquilo que foste. Não quero ser apenas uma casca, um peso morto que um dia acabará enterrado para sempre. Quero viver intemporalmente nas tuas lembranças. Não me assusta morrer. Gela-me o sangue pensar que um dia não serei lembrada por aqueles que amo. E que os meus restos não sejam mais do que aquilo que levo comigo, e que ninguém mais poderá ouvir.

You Might Also Like

25 comentários

  1. Nunca tinha visto as coisas por esse ponto de vista, mas tem muita lógica!

    ResponderEliminar
  2. A morte é assustadora....

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. O eterno medo do esquecimento. Bem mais assustador do que a morte. Mas não te preocupes, querida, a tua pegada nesta terra vai ficar bem vincada :)

    ResponderEliminar
  4. Lembro-me sempre daqueles que perdi, acho a morte injusta, por ter visto o meu bisavó morrer não lido bem com ela.

    ResponderEliminar
  5. Damn. É incrivel como eu adoro aquilo que tu escreves!
    Eu tal como tu, não tenho medo de morrer. O meu maior medo, para além de ser esquecido pelos que ficam, é de não conseguir viver até lá.
    Estou "chocado" pela forma com que foste capaz de escrever isto. Mas de uma forma positiva! Vou partilhar.

    Um beijinho enorme, Andreia. ♥

    ResponderEliminar
  6. Fantástico post, sem duvida que também assim penso, e faz me lembrar a história da Culpa é das Estrelas em que o rapaz não tem medo de morrer, mas do esquecimento, e eu entendo tão bem, porque essa é missão neste mundo, de certa forma, sermos lembrados pelo que fizemos por quem mais amamos.

    Adorei, querida.
    E obrigada por passares pelo meu espacinho, eu adoro o teu :)
    Boa quarta feira! *

    ResponderEliminar
  7. Las personas queridas siempre se mantienen vivas en nuestro corazón....
    Besos, desde España, Marcela♥

    ResponderEliminar
  8. Não tenho medo de morrer, tenho medo que morra quem eu amo. Não consigo imaginar uma vida sem deles.

    Post maravilhoso como sempre <3

    ResponderEliminar
  9. A eternidade só se consegue através daquilo que deixámos gravado na memória de quem cá fica. O resto são conjeturas nascidas desta dificuldade, de certo modo incompreensível, que temos de lidar com a morte, ainda que esta seja a única certeza que temos desde o dia em que nascemos.
    Na impossibilidade de viver eternamente, criamos falsas ideias de vida para além da morte. Ou, como dizia o Herman José, da vida para além da vida. Desta vida. :)

    ResponderEliminar
  10. r: obrigada <3 era mais no sentido de comida em geral (:

    ResponderEliminar
  11. Nossa que texto forte, amei
    beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderEliminar
  12. Ótima postagem a morte é muito dolorida.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=3xZdo8xMv34
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
  13. Eu nem te conheço pessoalmente e já sei que, no dia em que partires, deixarás sempre um pouco de ti comigo. Tu és uma pessoa que marca as outras Andreia, és uma individual que tem uma personalidade contagiante e quem quer que passe pela tua vida vai ficar marcado por ti mesmo que passe apenas momentaneamente :)

    ResponderEliminar
  14. Tudo continua vivendo dentro da gente de alguma forma. E os momentos se transformam apenas em lembranças.

    As pessoas que te amam verdadeiramente te levarão no coração por toda a eternidade.

    Ótima quarta, Andreia!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  15. «O esquecimento é a morte de tudo quanto vive no coração» , se a morte já custa tanto , então sermos obrigados a esquecer o que está "vivo" dói tanto :c
    r : sim , também concordo que agora devia sair um quarto livro com a versão dele . iria ser muito bom .

    ResponderEliminar
  16. Essas últimas frases!

    R: Muito, mas mesmo muito obrigada Andreia! *.*
    É também por vocês que o blog existem, o vosso apoio é incansável!

    ResponderEliminar
  17. Que belas palavras, acho que temos sempre em mente a imagem da pessoa que parte, os seus gestos ou tiques, aquele sorriso de orelha a orelha ou aquele tique com a sobrancelha, aquele cheiro que só pertence aquela pessoa, apenas parte a pessoa em si deixamos a de a ver, mas continua sempre presente em pensamento e espírito, recordar e viver passem os anos que passarem seremos sempre lembrados pelos nossos.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. Concordo plenamente contigo e ainda mais, acho que não estamos aqui só por estar :)
    R: Nem eu nos outlet's é que se fazem boas compras!

    ResponderEliminar
  19. O pior medo de todos... Cair em esquecimento, não ter valido a pena cá andar.
    São questões bastante sensíveis e que dariam pano para mangas.

    ResponderEliminar
  20. Lindo flor!!!
    Ps: Acabe com a Ansiedade antes que ela acabe com você
    http://overdoselite.blogspot.com.br/2015/05/resenha-acabe-com-ansiedade-antes-que.html

    ResponderEliminar
  21. Vou ser-te franco, nunca pensei em dar-me tão bem com o raio do shampô x) Realmente os preços baixos compensam quase sempre :P

    Hoje vou aventurar-me nas panquecas fit. Vamos lá ver... Se correr bem, ponho a receita no blog :P

    Eu creio que a vida não é só uma passagem e que não estamos aqui somente por estar. Acho que cada um de nós tem a sua missão só que cabe-nos a nós descobri-la! Mataste-me com este texto, como sempre <3

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar