Diz-me por onde andas #1


«No fundo de um buraco ou de um poço acontece descobrir-se as estrelas», Aristóteles


«NATA - Inspirado em Lisboa, para inspirar o mundo

Em Lisboa, Paris ou Hong Kong, Londres, Nova Iorque ou São Paulo, há cada vez mais pessoas deliciadas com aquele doce que sabe a Lisboa. Uns querem provar uma receita original. Outros querem matar saudades de um sabor genuíno. Todos querem comer pedaços de sabor, prazer e felicidade.

NATA nasce para transformar o doce de Lisboa num doce planetário. NATA nasce para revelar ao mundo uma receita única que transporta consigo os valores culturais, sociais e gastronómicos da cidade de Lisboa. A Lisboa das ginjinhas, dos poetas, dos fadistas, das colinas, das bicas com cheirinho, do elétrico 28, dos jovens do Bairro Alto, dos artistas da cidade. NATA vai para cumprir o seu destino: ocupar o mundo de doçura. Sabemos que não vamos sozinhos. Vamos com milhões de portugueses. NATA é uma ideia de uma cidade e de um país e que está destinada ao sucesso. NATA acredita que vai ser o primeiro franchising português de projeção económica mundial».

Descobri o Nata Lisboa em conversa com a minha melhor amiga que, assim como eu, está sempre disposta a conhecer sítios novos. É por isso, e por um número infindável de coisas, que nos damos tão bem. E é por essa mesma razão que é a minha companheira de aventuras e a responsável, ainda que indiretamente, por me ter lembrado de criar esta rubrica, pois tem-me levado a locais fantásticos, onde o ditado «comer e chorar por mais» se aplica na perfeição. Não há data marcada, mas já temos mais um para visitar. 

O primeiro espaço que visitei deste novo conceito foi na rua de Santa Catarina, no Porto, e fiquei rendida mal entrei. Não é grande, o que o torna ainda mais acolhedor, mas tem beleza própria. Ganha pela simplicidade que cativa e nos convida a sentar. O enorme quadro preto com o preçário foi algo que me chamou à atenção pela originalidade e pela perfeita harmonia que cria com tudo o resto. A simpatia dos funcionários que nos recebem sempre com um sorriso é também um grande ponto a favor. E falando do produto, que é o que realmente importa, digo-vos que é uma verdadeira perdição.

A grande aposta é, sem dúvida nenhuma, e tal como o nome indica, o pastel de nata, mas têm vindo a explorar outras especialidades - que ainda não provei, mas que deve estar para breve. Não resisto, sempre que que lá vou, a pedir uma nata e um refresco de groselha. Com o tempo mais quente combina perfeitamente. Mas há para todos os gostos. E para quem não for fã de refrescos pode sempre acompanhar com café. A massa folhada sempre tostada e o creme divinal não deixam ninguém indiferentes. Além disso, vêm sempre mornas o que acaba por as tornar ainda mais tentadoras. Confesso que pensei que pudessem ficar enjoativas, mas não, acho que ficam ainda melhores. 

Considerada marca portuguesa do ano (prémio Time Out 2012), vencedora na categoria «novo conceito»  e nomeada na categoria «comércio alimentar» (prémio Mercúrio - o melhor comercio e serviços 2013), Nata Lisboa tem conquistado o seu espaço e cada vez mais adeptos. Seja para consumir na loja ou para levar, já ninguém resiste a esta pequena maravilha. Não é algo estranho, até porque o serviço é mesmo de qualidade e nota-se a clara aposta em inovar. Há menus disponíveis e os cartazes publicitários são sempre de uma enorme criatividade. As caixas destinadas a seis natas estão, a meu ver, muito bem conseguidas pela simplicidade que apresentam, mas, ao mesmo tempo, por toda a originalidade que fazem transparecer. Engana-se quem pensa que sai de lá só com as natas, pois oferecem sempre um pacote de açúcar e outro de canela para acompanhar.    

Espalhadas um pouco por todo o país - Cascais, Braga, Almada, Porto, Vila Nova de Gaia, Coimbra, Póvoa do Varzim, Matosinhos, Guimarães -, até na Queima das Fitas do Porto marcaram presença. Que bem que soube chegar ao Queimódromo na terça-feira (dia 6 de Maio), às duas da manhã, e deparar-me com a barraquinha da Nata Lisboa. Uma nata e um café como sobremesa caíram mesmo bem àquela hora. Quinta-feira (dia 8 de Maio), ainda que mais cedo, voltei a ceder à tentação. E não me arrependi. É impossível quando temos a oportunidade de provar (vezes e vezes sem conta) esta receita genuína e «aperfeiçoada por um mestre pasteleiro português». 

Quem ainda não teve a oportunidade de experimentar aconselho a fazê-lo. Tenho a certeza que tal como eu assim que provarem não vão querer outra coisa. Visitem a loja - e não deixem de espreitar o seu site e o seu facebook para ficarem a par das novidades - mais perto de vocês e passem uma tarde agradável com os amigos, a família, o namorado. Rendam-se aos seus encantos e tornem o vosso dia mais doce. 

Tenho uma loja relativamente perto de mim, por isso a tentação é ainda maior. Com um dia de sol tão bom como este apetece mesmo sair de casa, pôr os óculos de sol, caminhar até lá e sentar-me a desfrutar de uma nata e de uma limonada com folhas de hortelã. Quem é que me acompanha? É que, afinal de contas, «the world needs nata».

You Might Also Like

23 comentários

  1. Tens que vir à Madeira comer um valente Pastel de Nata :p ahah

    beijinhoo ❤

    ResponderEliminar
  2. Ah e quem não gosta de natas? Eu adoro! xD

    http://morningdreamsfree.blogspot.pt/

    Sofia Silva

    Beijos*

    ResponderEliminar
  3. R: Agora que disseste isso talvez passe por aí xD

    http://morningdreamsfree.blogspot.pt/

    Sofia Silva

    ResponderEliminar
  4. Adoro natas, mas tem que ser das boas. A mim não me fazem lembrar Lisboa mas sim a minha terra, ou Portugal no geral. Também me fazem lembrar uma localidade que se chama Pastor (se a memória não me falha), no IC3. Eu passava lá quando ia para Castelo Branco e havia lá um café/restaurante à beira da estrada que tinha umas natas maravilhosas!!! Havia tamanho normal e XL, que era uma coisa espantosa. Às vezes, quando a nata é mesmo boa, fica-se com a sensação que aquilo é pequenino, porque é que não fazem maior? Bem, ali faziam. Bem bom, parava lá muitas vezes.
    É bom conhecer novos espaços e novos conceitos e esse da Nata, parece bem interessante. Fica na lista para conhecer :)
    beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  5. '- É um café e uma nata!' é a frase de sempre. Dá para perceber que sou quase que viciada em natas. Tive pena de não ter conhecido esse espaço, tenho cá um feeling que ia adorar...mas será sem dúvida um sitio para visitar quando for de novo ao Porto :)
    R: Oh, vou mesmo apostar nisso :P
    beijinho grande ♥

    http://naervilhadapolly.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Exactamente! Por muito talento que tenham, se não tiverem a sorte de ‘serem encontrados’ não conseguem fazer nada... Sim, sem dúvida! Cada vez mais as redes sociais são úteis para darmos a conhecer o nosso trabalho e só fazem bem começarem por lá, pois acabam por ganhar alguma visibilidade. Mas lá está, é como disseste, é também um tiro no escuro, é preciso chegarem às pessoas certas e isso nem sempre acontece!

    Já somos duas! Adoro música e programas assim permitem-nos conhecer novos artistas, eu gosto imenso! Mas concordo contigo! Eles com mentores acabam por estar mais bem preparados, mais confiantes, de certa forma, afinal sabem que naquela cadeira está sentado alguém que os acompanha ‘de perto’, que sabe o quanto trabalhou. Acabam por sentir outra segurança. Mas todos os programas, mesmo sem mentores, acabam por lhes trazer novos conhecimentos, o que lhes pode ser sempre muito útil!

    É muito bom mesmo! Não podia estar mais de acordo contigo. No fundo sabemos que ‘não falamos para o boneco’, ele mostra sempre que realmente vê o que lhe escrevem e valoriza isso. Exactamente! Só prova que tem uma óptima educação e que nunca se esqueceu dos valores que lhe foram transmitidos!


    ResponderEliminar
  7. Eu adoro pastéis de nata. Já ouvi falar no nata lisboa mas confesso que nunca visitei, sou é fã dos pasteis de belém que são tão mas tão bons!

    ResponderEliminar
  8. Nem mais! É, realmente, um trabalho demorado. Não é algo que ‘se planta’ hoje e ‘se colhe’ amanhã. Leva o seu tempo, por vezes chega a ser frustrante não obter os resultados desejados depois de tanto trabalho. Mas a verdade é que, como tudo na vida, é preciso muito trabalho e dedicação. Concordo contigo quando dizes que é preciso coragem, afinal eles vão ‘rumo ao desconhecido’, desconhecem o impacto que terão nas pessoas.

    É sim, sem dúvida alguma! Mas lá está, tanto um como o outro lhes trazem muitas coisas boas. Coisas úteis que mais tarde lhes podem vir a ser muito úteis. É como disseste, são experiências diferentes.

    Exactamente! Sabes que ‘não é em vão’, que realmente recebes a atenção que também tu dás à pessoa em questão.


    ResponderEliminar
  9. R: Ai olha também gosto imenso dos do Pingo Doce e do Continente, aqueles do menu com café conheces? ahaha sabem-me tão bem

    ResponderEliminar
  10. Disseste tudo agora, princesa!
    Sem mais nada a acrescentar :)

    ResponderEliminar
  11. Pois compreendemos, linda :) E ainda bem que assim é ♥

    ResponderEliminar
  12. Faço das tuas minhas palavras também :') ♥

    ResponderEliminar
  13. Ai que fiquei cheia de vontade de comer um pastel de nata :o Adorei o conceito da loja e já tinha ouvido falar :) São negócios assim que ajudam Portugal a ir mais longe!

    ResponderEliminar
  14. Eu adorooo pasteis de nata, especialmente dos pasteis de feliz.
    Isso não se faz, agora fiquei com vontade de um.

    ResponderEliminar
  15. Amiga belo texto eu só sei te dizer que é uma delicia amo
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Canal de youtube: http://www.youtube.com/NekitaReis

    ResponderEliminar
  16. Que linda *.* Fico muito feliz por assim ser, coração ♥

    ResponderEliminar
  17. Adoro tanta natas e então com um pouco de canela é tão bom *.* e um café acompanhar :) é awesome.
    Acompanhava - te certamente então com este tempo está mesmo a pedi - lás.
    Beijinhos
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  18. r: E uma casa onde vendem pasteis de nata optimoooos. É praticamente igual aos de nata :)

    ResponderEliminar
  19. Ai que bom!!!! Um belo de um pastel de nata, com um cafezinho, que maravilha. Um beijinho e boa semana

    ResponderEliminar