As minhas viagens de metro #64

Fotografia retirada do site Storyrocket


«No vazio cabe um monte de coisas»



Tenho um espaço em branco
À espera de ser preenchido
Com o teu nome?
Talvez, mas não sei bem

Este vazio mascarado
De doce tortura 
Não me nega a certeza
De ser um erro
Ou uma espécie de condenação
Adiar a resposta que anseio

Quero escrever
Ocupar aquele lugar
E desnudar-me desta luta
Desenfreada e solitária
Que acabará por dar cabo de mim

Até que ponto vale a pena?
Arrisco-me por isto
Arrisco-me por ti
E depois?
Permaneço em suspenso
Ou encaixo no teu peito?

E numa linha imperfeita
Estratégica e infinita
É o teu nome que me chama
Será que é o certo?
Talvez, mas tenho dúvidas

Porém, a ideia ecoa
Dentro e fora de mim
E eu quase que cedo
A dar-lhe ouvidos



M, 08.03.2015

27 comentários

  1. Que bonito ^^ as tuas viagens são inspiradoras, caramba!

    ResponderEliminar
  2. “Vale sempre a pena quando a alma não é pequena” ;)
    Boa semana minha querida*
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Os temas aqui apresentados são SEMPRE inspiradores, Andreia. Fiquei logo com vontade de escrever as minhas experiências durante as minhas viagens de metro, de eléctrico, de autocarro e de combóio. Adoro andar de transportes públicos.

    Adoro também a cor do teu verniz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Compreendo que a fotografia não é da tua pessoa, continuo a adorar a cor do verniz.

      Votos de uma semana cheia de coisas boas 🎈

      Eliminar
  4. Lindo, como sempre, princesa!
    Um beijinho grande*

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Este vazio mascarado
      De doce tortura
      Não me nega a certeza
      De ser um erro
      Ou uma espécie de condenação
      Adiar a resposta que anseio"

      A doce tortura do amor...sem masoquismos, é claro
      Abraços.

      Eliminar
  6. Ai Andreia, que saudades deste teu cantinho lindo!
    Agora, quase a começar outra época, continuo a resposta àqueles comentários e posts de encher o coração: Somos campeãs, carago! Continuo quase sem acreditar! Foi uma luta, é verdade, foi o nosso grito de revolta. E que Grito <3

    ResponderEliminar
  7. Nossa que é mesmo lindo, adorei

    Beijinhos
    Novo post // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  8. Adoro a simplicidade e fluidez destes teus textos que nos obrigam sempre a reflectir.

    Mais uma excelente viagem de metro :)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  9. Apaixonadissima por este poema. É tão simples e tranquilo de ler! Adorei bastante minha querida <3

    Beijinhos,
    DEZASSETE

    ResponderEliminar
  10. gostei das tuas viagens.
    quem me dera vir trabalhar de metro. daria tempo para fazer tanta coisa!

    ResponderEliminar
  11. Que bonito! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Viagens inspiradoras, adorei.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.com

    ResponderEliminar
  13. Gostei das tuas palavras! Seguir o coração ou o cérebro? Cá para mim há sempre riscos...
    r: Ainda hoje comi serradura, já não comia à tanto tempo ups ahah

    ResponderEliminar
  14. Gosto tanto destas tuas viagens de metro que inspiração querida
    https://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  15. O aroma é bom! hahaha! ;D

    A vida é uma imensa dúvida. De tudo e de todos! hehehe!

    Ótima terça!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  16. Então bora combinaaaar *.*

    Ai meu anjo, soubesses tu os suspiros que dou ao ler-te :D
    Acho que sendo ou não um erro, sendo ou não uma incerteza, devemos ir sempre em frente. Seguir o que o nosso coração diz. Se der, ótimo; se não der, ótimo na mesma. Há todo um mundo para descobrir :D

    NEW REVIEW POST | YASUMI: THE NATURAL WAY TO WASH YOUR FACE. :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  17. Adorei!!!!

    Beijinhos ❤
    ❤ https://ocirelias.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  18. Mas que delícia! Sempre uma mestre das palavras :D

    ResponderEliminar
  19. Tão simples, tão bonito! Que estas viagens não parem de nos inspirar :)

    R: Quando for viajar aviso-te :p
    Eu dispenso bem o arroz de cabidela, não gosto mesmo, mas não me mates ahah
    Obrigada minha querida <3 É tão bom sentir sempre o teu carinho!

    ResponderEliminar