Os 7 autores que quero acrescentar à minha estante

Fotografia retirada do Tumblr


«A leitura é a viagem de quem não pode apanhar um comboio», Francis de Croisset



A minha estante está a ficar bastante composta. Não só em número, mas principalmente na sua diversidade de autores. Porque a minha paixão por esta arte literária desperta o meu fascínio por descobrir escritores novos. Naturalmente, há nomes que me soam a casa, uma vez que estou familiarizada com as suas obras e com a forma como se expressam - transmitindo-me a garantia de que, com eles, estarei sempre bem acompanhada. Em simultâneo, existem outros que, mesmo desconhecidos, conseguem estimular a minha curiosidade.

O que impulsiona a vontade de me aventurar numa leitura nova - e com isto quero dizer uma leitura que se afaste da minha zona de escolha regular - é, na sua totalidade, a apresentação da história, pois permite-me concluir se se adequa às minhas preferências. Apesar disso, não consigo ficar indiferente às opiniões acerca de quem a criou. Mesmo que esse aspeto não seja o principal motivo para incitar ou demover a minha compra, não deixa de ser significativo, até porque pode funcionar como um argumento quando a dúvida se instala. No fim, o que prevalece sempre é uma escolha consciente, ainda que possa implicar um grande risco. Pessoalmente, sinto que só assim podemos crescer enquanto leitores.

De um modo transversal, as referências extremamente positivas aos autores, no geral, e às suas obras, em particular, têm-me feito aumentar a lista de livros a adquirir. Apesar de numerosa, com nomes que já me conquistaram e outros que espero que sigam esse caminho, há sete escritores que desencadeiam todo o meu interesse e que, consequentemente, estão sinalizados como prioritários na conquista a um lugar na minha estante.


Gabriel García Márquez: Escritor colombiano, recebeu o Prémio Nobel da Literatura em 1982. Teve uma carreira como jornalista e há anos que me cruzo com os seus livros, sempre com a certeza de que, um dia, haveria de me perder nas suas páginas. Das várias obras publicadas, as que mais quero ler são Cem Anos de Solidão, Amor nos Tempos de Cólera, Crónica de uma Morte Anunciada, Memórias das Minhas Putas Tristes, Relato de um Náufrago e A Hora Má.

Raul Minh'alma: Formado em Engenharia Mecânica, começou a escrever poesia aos 17 anos. O meu contacto com a sua escrita resume-se a alguns excertos que vou encontrando - e que foram motivo suficiente para captar a minha atenção. Por isso, gostava de ler Fome, Larga quem não te agarra, Todos os Dias são para Sempre e Dá-me um Dia para Mudar a Tua Vida.

Helena Sacadura Cabral: Desempenhou vários lugares de chefia na Administração Pública, além de ter sido colunista em vários jornais e revistas. Atendendo ao seu discurso carismático, foi praticamente automática a minha vontade de me aventurar nos seus livros, com especial preferência nos seguintes: Uma Certa Forma de Vida, Vida e Alma, Gosto de Gostar, O Amor é Difícil, Nós de Amor, Mulheres Que Amaram Demais.

Kazuo Ishiguro: Feito Oficial da Ordem do Império Britânico, por serviços prestados à literatura, também recebeu a condecoração honorífica francesa de Chevalier de L'Ordre des Arts et des Lettres. Independentemente dos prémios e das menções, o que mais me cativa são os temas que os seus livros abordam. Das suas obras, as que mais me despertam interesse são Nocturnos, Quando Éramos Órfãos, Os Inconsolados, O Gigante Enterrado e Nunca Me Deixes.

Carlos Ruiz Zafón: Nascido em Barcelona, iniciou a sua carreira literária em 1993. E conta com numerosos prémios e leitores fiéis. Eu, por enquanto, ainda não me encaixo nessa categoria, mas é algo que pretendo reverter num futuro, espero, próximo. O Labirinto dos Espíritos, A Sombra do Vento, O Jogo dos Anjos, As Luzes de Setembro e O Prisioneiro do Céu são os livros que me provocam mais curiosidade.

Isabel Allende: Galardoada com o Prémio Nacional de Literatura e homenageada por Barack Obama, com a Medalha Presidencial da Liberdade, esta autora tem vários êxitos internacionais. Quanto às suas obras, tendo em conta as sinopses das mesmas e as críticas que já tive oportunidade de ler/ouvir, tenho particular interesse pelas seguintes: A Casa dos Espíritos, Filha da Fortuna, De Amor e de Sombra, O Amante Japonês, O Jogo de Ripper, A Ilha Debaixo do Mar e O Caderno de Maya.

Haruki Murakami: É considerado pela crítica como um dos grandes romancistas vivos e a «mais peculiar e sedutora voz da moderna ficção». Sendo totalmente honesta, dos sete nomes que enumerei nesta lista, deve ser o que mais quero ler. Sempre que me deparo com alguma das suas obras, o interesse duplica. E não tenho propriamente uma justificação lógica para ainda não o ter escolhido. É este ano - tem que ser! Homens Sem Mulheres, Norwegian Wood, Crónica do Pássaro de Corda, Kafka à Beira-Mar, Sono, a trilogia 1Q84  [1, 2 e 3], Em Busca do Carneiro Selvagem, Dança, Dança, Dança e Sputnik, Meu Amor estão no topo das minhas prioridades.




Nota: As gavetas da minha casa encantada tornaram-se afiliadas da Wook. Por isso, ao comprarem através dos links disponibilizados, estão a contribuir para os meus hábitos de leitura. Obrigada!




Quais são os autores que mais querem adicionar à vossa estante?

21 comentários

  1. Devo confessar que não conheço nenhum dos autores, neste momento comecei a ler mais sobre empreendedorismo e coisas do género e não tanto ficção.

    ResponderEliminar
  2. Haruki jactenho e recomendo. Também quero adquirir obras do grande Gabriel Garcia Marquez e da grande senhora Helena Sacadura Cabral. Sigo-a no Facebook e gosto muito ela, tem sempre uma resposta certa e sabia a dizer:)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  3. Três destes fazem parte da minha biblioteca e já li grande parte das obras deles que são:
    Gabriel García Márquez, Carlos Ruiz Zafón e Haruki Murakami.
    Um abraço e continuação de boa semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    O prazer dos livros

    ResponderEliminar
  4. Desses autores só li algumas obras da Isabel Allende, mas também quero aventurar-me a ler Gabriel García Márquez :) Da Isabel Allende, aconselho-te a ler primeiro A Casa dos Espíritos e a acrescentar na tua lista de interesses Eva Luna e Inés da Minha Alma.

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  5. Desses não li nenhum. Entrei no link Work adorei muito boas sugestões!

    =)

    Encontrar respostas que o coração precisa.

    Bjinhos

    ResponderEliminar
  6. Espero que os consigas acrescentar todos!
    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  7. 4 Deles já tem contribuições nas minhas prateleiras e na minha imaginação!!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  8. Raul Minha'alma é um escritor que quero muito ler, até pelo que sigo no facebook dele :D
    Beijinho *

    https://w-m-mind.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  9. Quero muito ler algumas obras de Gabriel García Marquez, Isabel Allende e Helena Sacadura Cabral! Desta última já há muito que quero fazê-lo! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. O livro da Helena Sacadura Cabral deixa-me curiosa. Gosto da autora.:))

    Hoje:- Sou uma gota de água no teu oceano .

    Bjos
    Votos de uma óptima Quinta-Feira

    ResponderEliminar
  11. Um dos meus grandes sonhos é ter a minha casinha com uma estante cheia de livros!! Às vezes ponho-me a ver fotografias no pinterest e perco-me lá no meio.
    Os Cem Anos de Solidão de Gabriel García Márques estão na minha mini estante à espera que chegue o Verão :)
    Tenho também a Sombra do Vento em lista de espera xD
    Posso sugerir um autor, não tendo a certeza se já conheces ou já leste alguma coisa dele... João Tordo! Adoro!

    ResponderEliminar
  12. R. Obrigada! :D
    Concordo com o facto de ser sempre difícil investirmos mais no 1º ano, é um ano de mudanças e automaticamente acaba por ser um ano mais fraquinho (nem sempre eu sei) relativamente às notas. O resto ainda estou a descobrir à medida que os meses passam, mas costumo dizer sempre ao pessoal mais novo para descontrair e não stressar tanto. Apesar de achar que faz parte da jornada e cada uma vai sentir na mesma o stress a vir xD
    Beijinho!

    ResponderEliminar
  13. Já li quase todos e são muito bons.
    Mas destaco o Gabriel Garcia Marquez pela sua excelente obra.
    Bom fim de semana, amiga Andreia.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  14. Adorei a tua estante! Fico À espera do teu feedback sobre os autores!

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Admiro imenso a Helena Sacadura Cabral, é uma mulher cheia de garra!

    ResponderEliminar
  16. Todos autores maravilhosos, também não me importava de ter nem que fosse uma obra de cada um deles.
    Beijinhos
    http://virginiaferreira91.blogspot.com

    ResponderEliminar
  17. Não conheço alguns dos que mencionaste, fico contente parceria com a wook
    http://retromaggie.blogspot.com

    ResponderEliminar
  18. Sem dúvida alguma, meu bem :D Creio que sermos nós mesmos é ter a atitude suficiente para fazermos tudo. Sempre :D

    Sou muito fã de Gabriel Garcia Marquez e lembro-me de me fascinar não só com as histórias como, também, com a forma de escrita nas aulas de Espanhol. Gostei imenso do "Cem anos de Solidão" e da "Crónica de uma Morte Anunciada" :D Tenta ler em espanhol mesmo :P Vais adorar!
    Queria muito ler o "Todos os dias são para sempre" do Raul Minh'alma. Deve ser incrível :D
    Da Helena Sacadura Cabral conheço muito pouco. Creio que na altura do liceu tentei ler um livro dela mas não correu assim tão bem :P
    Só sei que saiu dos teus posts com vontade de ler :D

    NEW FASHION POST | TREND ALERT: 90’S SUNNIES ARE BACK :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  19. Do García Marquez - não tens na tua lista, mas recomendo também "Ninguém Escreve ao Coronel" - é pequenino mas muito bom! O meu preferido dele (e da vida) é "Crónica de uma morte anunciada" por isso espero que gostes também!
    Do Zafón - só li "A Sombra do Vento" e acho que vais adorar. O início é muito calmo, mas à medida que vais lendo o livro vai crescendo em ti e a escrita dele nas descrições acaba por conquistar qualquer um.
    De Murakami - li os três de "1Q84" e a escrita dele é mesmo diferente. Estou a ler o "Sputnik", mas não estou a gostar tanto como gostei da trilogia.
    Os outros nunca li, por isso não sei! :)


    P.S.: Comento pouco, mas leio sempre que publicas e tenho de te dar os parabéns por manteres o blog tão bem actualizado, sempre com coisas novas! <3


    A Sofia World

    ResponderEliminar
  20. Definitivamente sou um desastre, porque nunca li nada destes autores. No entanto, já ouvi falar muito bem do Haruki Murakami e deve ser aquele que mais me desperta curiosidade, dentro destes.

    (Se a minha meta dos filmes vai bem encaminhada, o mesmo não posso dizer dos livros. Vou tentar que agora no Verão consiga ler bem mais.)

    ResponderEliminar
  21. Nunca li nada destes autores mas fiquei curiosa com alguns dos títulos!

    ResponderEliminar