As 7 curiosidades que não sabem sobre mim

by - junho 09, 2018

Fotografia pessoal


«Há diversos tipos de curiosidade», Joseph Addison



A Cisne [The Swan Lake], ainda que indiretamente, contribuiu para a minha iniciativa d' «As gavetas abertas por...», sugerindo-me algumas temáticas: contar algo que [quase] ninguém soubesse sobre mim; partilhar o que penso sobre determinado assunto ou como faço uma coisa em concreto; revelar um segredo ou um momento especial. Sem me limitar a um tópico, deu-me várias pistas para explorar, que acabaram por abrir as portas da minha imaginação.

Qualquer uma das propostas, muito honestamente, tinha potencial para despoletar um texto. Por isso, mantive-as em espera. E fiz uma espécie de viagem no tempo, para conferir se alguma delas já tinha sido tema central das minhas publicações. Durante este processo, inevitavelmente, lembrei-me das Inconfidências [criadas para refletir sobre os mais variados pontos, evidenciando a minha opinião e postura sobre os mesmos], de 1/4 de século: Momentos [onde falei sobre memórias especiais e não só] e da Organização & Rotina [apesar de ser bastante anterior, não deixa de espelhar o método que utilizo para gerir o blogue]. Relativamente à parte dos segredos, confesso, não foi tão simples. Até que me recordei de uma ocasião que pouquíssimas pessoas ficaram a saber. Não é um instante transcendente, mas, na altura, teve tanto de aventureiro, como de angustiante. Porque eu e uns amigos decidimos grafitar uma das paredes exteriores da casa de uma amiga nossa [com o consentimento e colaboração da própria]. O problema é que os pais não faziam ideia do que andávamos a preparar e, claro, descobriram da pior maneira, apanhando-nos em flagrante. Nunca tinha ficado tão envergonhada na vida, mas tentei disfarçar quando cheguei a casa. Mesmo assim, passei o resto do dia com medo que o telefone tocasse - felizmente, tal não aconteceu, mas serviu-me de exemplo.

Assim, para esta semana das sete coisas, optei por recorrer à primeira sugestão, partilhando algumas curiosidades aleatórias sobre mim.


Quero fazer os caminhos de Santiago: Há várias rotas [Caminho Aragonês, Caminho Francês, Via de La Plata, Caminho do Norte, Caminho Português, Caminho Inglês, Caminho de La Ria de Arousa e Caminho Valenciano, salvo erro], mas sempre tive o desejo de percorrer o Português. Esta caminhada, tão exigente a vários níveis, é uma das que mais quero fazer na minha vida. E já há alguns anos - tenho adiado não só por falta de oportunidade e preparação, mas também por ainda não estar certa de que o meu joelho aguenta.

Quem é quem?: Lembram-se deste jogo? É dos meus favoritos. Apesar de já não ter o tabuleiro, adoro-o e passei horas a brincar com ele.

Comer ovos: Para mim, há todo um ritual, dependendo de como são feitos - se forem cozidos, primeiro como a gema e só depois a clara; se forem estrelados, é precisamente o oposto [e não resisto a molhar o pão - ou as batatas - na gema, que delícia].

Perdi o medo da trovoada: Quando, em miúda, num dia em que trovejava de forma assustadora, me fechei no quarto dos meus pais a ver o filme «Anastasia - A Princesa Esquecida», com as persianas completamente fechadas. A partir desse momento, nunca mais me fez confusão - talvez por ter conseguido criar uma memória feliz, na qual me poderia refugiar sempre que sentisse essa necessidade.

Só consigo beber água da torneira: Quer dizer, também sou capaz de beber água engarrafada, mas não me sabe tão bem. Inclusivamente, quando era pequena, tinha a mania de ir beber diretamente do lavatório da casa de banho - apesar de a água ser toda igual em minha casa, achava que a desta divisão tinha um sabor melhor.

Não gosto de sopa: Mas se for passada nem me custa tanto. Apesar disso, adoro canja e caldo verde [com duas rodelas de chouriço].

Canecas decorativas: O centro da minha cómoda está decorado com canecas das feiras medievais por onde passei. Há quem tenha jarras com flores, objetos de recordação, catos, molduras, organizadores... Eu construí uma espécie de mini muralha com estas peças, que me transportam para um contexto que me fascina.



Que curiosidades não sabem sobre vocês?

You May Also Like

30 comentários

  1. Bom dia, Gostei da conhecer as 7 curiosidades, algumas são parecidas com as minhas, também não bebo agua engarrafa, pelo que tenho vindo em novas informações, ainda bem que não bebo agua engarrafada.
    feliz fim de semana,
    AG

    ResponderEliminar
  2. Gostei de conhecer um pouquinho mais da blogger.

    Já eu gosto de comer sopa ao jantar...mas passada não consigo comer...

    Isabel Sá
    Brilhos da Moda

    ResponderEliminar
  3. Olá Andreia! Gostei imenso de ficar a conhecer mais um bocadinho sobre ti! Eu bem queria perder o medo da trovoado, mas realmente detesto, ahaha!
    Beijinho, Ana Rita*
    BLOG: https://hannamargherita.blogspot.com/ || INSTAGRAM: https://www.instagram.com/rititipi/ || FACEBOOK: https://www.facebook.com/margheritablog/

    ResponderEliminar
  4. Também tenho como objectivo um dia fazer os caminhos de Santiago.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ao contrário da minha amiga, adoro sopas era capaz de viver só de sopas.
      Um abraço.

      Eliminar
  5. Muito curioso. Adorei. Não é assim tão estranho, pois acho que temos algo em comum :))

    Hoje:- { Poetizando e Encantando} Trazias flores, e um misterioso olhar.

    Bjos
    Votos de um óptimo Sábado

    ResponderEliminar
  6. Tu és o exemplo de que, mesmo que a minha escrita tivesse algum interesse literário, eu nunca conseguiria escrever um livro, pois falta-me a organização. Eu escrevo no blog com aquelas equipas de futebol de solteiros contra casados: é tudo ao molho e fé em Deus. Hoje posso escrever sobre seitas religiosas de um modo muito pouco (muito/pouco lol) sério e amanhã escrever sobre máquinas de café com o mesmo sentimento com que escrevo sobre o efeito psicológico que "a doença" teve ou tem em mim. A minha cabeça, às vezes, é como a bancada de trabalho. Hoje dou-lhe uma arrumação, mas amanhã volta a estar tudo desarrumado. lol

    Só bebo água engarrafada quando vou ao restaurante. Já tive duas pedras noo rim e, uma das recomendações do médico, foi evitar água engarrafada, porque normalmente têm mais minerais do que a da torneira, o que pode agravar a tendência para criar cálculos renais. O que acho estranho é que muitas pessoas que conheço, fazem precisamente o contrário, pensando que estão a fazer bem...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O comentário ficou cheio de palavras com letras a mais, ou letras a menos. Não há meio de me adaptar ao teclado mais sensível do portátil...

      Eliminar
  7. Gostei tanto desta publicação, começando pelo episódio de seres apanhada a grafitar ahah e passando por cada uma das curiosidades.

    Eu também gostava de fazer os caminhos de Santiago, acho que seria uma excelente aventura, para além de se passear, há quem diga que é uma "viagem" que nos faz bem à alma.
    Em relação aos ovos, começo sempre pela gema, seja como for, mas sou como tu e quando são estrelados molho o pão ou as batatinhas lá - só de pensar nisso está-me a dar a fome.
    Ai adoro sopa, adoro mesmo ahah

    Que bom é conhecer-te mais um bocadinho :)

    R: Foi um episódio que me deixou a pensar, já sabia que há pessoas que muitas vezes não lêem a publicação, mas parece-me que por ali nem o título leram e é ridículo. Não medem mesmo a dimensão das coisas e só pensam em números, esquecendo-se que isso não é tudo e que só perdem.

    É mesmo isso, há excepções, porque já vi crianças que recebem "nãos" várias vezes, mas nunca fazem uma birra mais pequena. A educação interfere muito, mas há mesmo exceções, como em tudo :)

    ResponderEliminar
  8. que engraçado. é tão giro conhecer-te um pouco melho!
    eu adoro sopa. ADORO. mas detesto ovos cozidos. tipo hard boiled. que nojo ahah.


    TheNotSoGirlyGirl // Instagram // Facebook

    ResponderEliminar
  9. Tal e qual, meu bem. Andamos protegidos e cheios de estilo ao mesmo tempo :P

    Ahahaha adoooro este género de posts, como sabes :P Como os ovos como tu e também perdi o medo da trovoada. Só não consigo beber água da torneira ahah mas é um hábito :P

    NEW #OS5MAIS POST | OUCH, 5 THINGS TO TRY NOW :O
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  10. Também eu adorei de ficar a conhecer mais um bocadinho sobre ti, Andreia, no entanto, o que me interessa sobretudo é saber o que estudas.

    Várias amigas alemães já fizeram os caminhos de Santiago. Ainda não tenho esse objectivo, mas "há sempre uma primeira vez".

    Abração de Düsseldorf e um óptimo fim de semana na cidade mais bela do mundo.

    ResponderEliminar
  11. identifico-me com quase todo menos com a questão da água, não consigo beber água da torneira :/
    By: Sara
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Oh gostei bastante de te conhecer um pouco mais, Canja e caldo verde também é uma das coisas que mais gosto, apesar de ter de comer sopa

    Beijinhos
    Novo post (Nova Decoração De Unha?) // CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  13. Adorei conhecer mais um pouquinho de você! ;)

    bom fim de semana!

    beijos!

    https://ludantasmusica.blogspot.com

    ResponderEliminar
  14. Adorei estas curiosidades! Acreditas que nunca joguei o "quem é quem"?

    Bjxxx
    Ontem é só Memória | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Bem fixe Andreia! Gostei muito.

    Por acaso uma rota do caminho de Santiago passa na rua que eu vivo. É sempre um ritmo incessante de caminheiros a passar... E é realmente algo fantástico!

    Também tinha o "Quem é Quem"! :D jogava bastante...

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. Hehe ora ca esta uma excelente forma de te conhecer melhor :)
    Vamos as duas fazer os caminhos de Santiago? ;)
    Desde pequenina que adoro sopa, passada claro ;)
    Bjinhosss e bom fim de semana*
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  17. Força, então, nesse joelho,
    para fazer essa caminhada
    até mesmo ao cimo do cerro
    subindo a íngreme chapada!

    Tenha uma boa noite de Sábado e um excelente dia de Domingo Andreia!

    ResponderEliminar
  18. Também não sou fã de sopa, mas adoro caldo verde. Confesso que não gosto de água da torneira apesar de dizerem que é a mais saudável. Ainda joguei ao: quem é quem, era o máximo.

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  19. Eu também adorava jogar ao "quem é quem" quando era pequena! :P

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  20. Os caminhos de Santiago, acho que já não tenho pedalada,a trovoada tenho o meu respeito já apanhei grandes sustos, também não sou fã de sopa,como feita no dia.
    Bjs

    ResponderEliminar
  21. Que bom este post! Sinto que à medida que o tempo passa começo a conhecer-te cada vez mais e, estes tipos de posts ajudam imenso!
    Partilho contigo a tua vontade de ir fazer os caminhos de Santiago! Se algum dia necessitares de companhia, já sabes ;)
    P.S. Também gosto do meu caldo verde com duas rodelas de chouriço, até sabe melhor!!

    ResponderEliminar
  22. Olá, Andreia
    Tenho visto vários comentários teus e sentido vontade de vir conhecer o teu espaço.
    Calhou hoje, e acertei em cheio, já que tenho oportunidade de conhecer um pouco de ti logo à primeira vez... :)
    Algumas das tuas particularidades coincidem com as minhas,com algumas limitações...
    Os caminhos de Santiago adorava fazer, mas já não tenho pedalada. Deve ser uma experiência do outro mundo!
    Gosto muito de sopa mas só como uma vez por semana. Manias...
    Em casa só bebo água da torneira, mas filtrada. Outra mania... :)
    Não vou abusar da tua paciência. Fico-me por aqui.
    Fiz-me tua seguidora para não te perder o rumo. Voltarei sempre que possível.

    Votos de um Domingo feliz
    Beijinhos
    MARIAZITA / A CASA DA MARIQUINHAS

    ResponderEliminar
  23. Eu adoro o Cluedo e há de ser sempre o meu jogo preferido. Como os ovos tal como tu!! Chorei quando o Jardim da Celeste acabou (acho que nunca tinha partilhado isto antes). Na primária as minhas amigas brincavam às Navegantes da Lua e eu brincava aos Digimon. Não consigo comer coelho, por ter tido coelhos anões em casa e me fazer imensa confusão. Se pudesse ia morar para o Norte.

    Acho que basicamente são estes os pormenores que quase ninguém sabe.

    ResponderEliminar
  24. Também adorova o "Quem é quem?" em miúda!!! Era dos meus jogos favoritos.
    E também tenho uma coleção infindável de canecas mas as minhas são decorativas.Mas se calhar vão passar a ser visto que já não há espaço no armário para elas ahaha
    Gosto muito do teu blogue beijinhos!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma excelente ideia :) acho as canecas das feiras medievais tão giras!
      Muito, muito obrigada *-*

      Eliminar
  25. Também gostava de fazer o caminho de Santiago. Acho que deve ser muito exigente, mas deve valer a pena! Quem não gosta de caldo verde com um bocadinho de chouriça? Adoro!

    ResponderEliminar