Fugiram de Casa de Seus Pais

Fotografia retirada do site Sábado

«(...) Almoçam regularmente e ficam "horas a resolver os pequenos problemas do mundo". Dessas conversas surgiu a ideia de gravar um programa, um testemunho de autenticidade e cumplicidade entre os dois»


Juntam-se dois nomes, aparentemente, improváveis e acontece um programa criativo, inovador, onde se fala de nada e de tudo. De uma forma descontraída, mas que permite refletir acerca de questões pertinentes. Ao mesmo tempo que nos provoca uma gargalhada fácil e genuína.

Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso são, para mim, figuras incontornáveis. E absolutamente geniais nas suas áreas. Cresci com o humor do primeiro, acompanhando-o em programas tão distintos como o Curto Circuito, Os Contemporâneos ou O Último a Sair. E rendi-me, mais tarde, à escrita do segundo, por causa das suas crónicas e dos livros Como é Linda a Puta da Vida, Os Meus Problemas e Amores e Saudades de Um Português Arreliado. Mesmo pertencendo a gerações diferentes, têm em comum a inteligência. A ousadia de quererem fazer mais. E a capacidade extraordinária de surpreender, sempre pela positiva. Quando vi que estariam lado a lado, num novo projeto televisivo, a minha felicidade foi automática. Assim como a minha curiosidade. Porque senti que esta fusão, para além de ter tudo para correr bem, levaria à apresentação de um conceito fora da caixa. E não me enganei!

Emitido todas as terças-feiras, desde dia cinco de dezembro, Fugiram de Casa de Seus Pais privilegia a conversa de circunstância. O falar pelo prazer de trocar ideias, sem formalidades e guiões. E sem a pressão de ter que ser interessante e/ou de ter que aprofundar temas densos. Neste programa conversa-se «sobre coisas», que podem começar por ter um lado banal, mas que rapidamente se transformam em análises mais detalhadas da sociedade em geral. E dos seus comportamentos em particular. No fundo, Bruno Nogueira e Miguel Esteves Cardoso selecionam pequenos problemas, assuntos, que lhes provoquem algum tipo de reação e partilham os seus pontos de vista. Naturalmente, a base de todas as reflexões é a opinião de cada interveniente. Mas é mesmo interessante - e gratificante também - escutar as suas conclusões relativamente a tópicos que, talvez, não nos ocorressem para dissertar. Ou, então, que já nos assaltaram os pensamentos, mas que por os considerarmos demasiado superflúos decidimos não perder tempo a desconstruí-los e a acomodá-los. Ao ouvi-los, aprendemos que tudo tem o seu ponto de interesse.

A sensação com que se fica é a de estarmos perante uma conversa de café. Entre amigos. E aos quais se juntará, posteriormente, um terceiro elemento. Em cada episódio [até ao momento já foram transmitidos cinco], haverá um convidado diferente, que aparecerá sem aviso prévio. E este foi outro dos aspetos que achei interessante, porque não há uma quebra no discurso para o anunciar. O convidado está presente desde o início, sem o vermos, juntando-se depois à conversa. E o diálogo flui a três. Recuperando assuntos que já foram abordados e/ou acrescentando novos. Ademais, nota-se que tudo foi pensado ao pormenor, desde a escolha dos convidados à equipa técnica. Só os temas escolhidos é que funcionam sem rede. Desenrolando-se com bastante naturalidade.  

Fugiram de Casa de Seus Pais tem um cariz muito próximo. E torna-se ainda mais intimo por ser gravado em casa de Miguel Esteves Cardoso [com exceção do último episódio]. E este programa é tão fantástico, que nem damos pelo tempo passar. Enquanto espectadora, só posso agradecer por se terem aventurado neste formato. E por, uma vez mais, imprimirem um selo de qualidade nos seus trabalhos. A televisão portuguesa estava a precisar de algo assim!


Excerto do último episódio 
[os episódios estão todos disponíveis na RTP Play]

17 comentários

  1. Adoro estes dois e tenho mesmo de ver isto com atenção :)
    Muito muito obrigada pela partilha, princesa :)
    A minha mãe diz o mesmo que a mae do MEC :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  2. Todas as semanas marco encontros estes dois "meninos" que me divertem bastante, espero que não acabem com este programa é bastante divertido.
    Um abraço e bom fim-de-semana.

    Andarilhar
    Dedais de Francisco e Idalisa
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
  3. Gosto muito do Bruno Nogueira e, para mim, é dos melhores comediantes portugueses que temos. Tenho a certeza que este projeto dará bons frutos!

    Beijinho || Daniela Silva | Blog

    ResponderEliminar
  4. Não conhecia o programa mas tenho que ir dar uma espreitadela! :D

    amarcadamarta.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Eles, fugiram de casa de seus pais,
    ainda não vi mas deve ser divertido
    como muitos outros programas mais
    que como esse fazem todo o sentido!

    Tenha uma boa tarde Andreia, um abraço e, continuação de um bom ano de 2018!

    ResponderEliminar
  6. Oh, minha querida!
    Não imaginas como adorei este post. Comecei a ver este programa na semana passada. Devorei os episódios todos naquele dia e agora estou sempre ansiosa que seja terça-feira.
    Tenho uma grande admiração tanto pelo Bruno Nogueira como pelo MEC que escreve para lá da perfeição!!
    É um programa tão "simples", tão "natural", tão bom... É uma lufada de ar fresco intemporal.
    Já fazia falta à televisão portuguesa algo assim!
    Fico mesmo feliz por também veres e teres esta opinião!

    Beijinhos!!

    Andreia
    www.pillofwords.blogs.sapo.pt

    ResponderEliminar
  7. Achei super interessante e acho que tem tudo para correr bem!

    ResponderEliminar
  8. Verdade! ;)

    Parece bom. Gosto de programas divertidos!

    Ótima sexta!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  9. não conhecia ;) estive agora a ver um bocadinho xp
    kiss

    http://www.inspirationswithm.com/

    ResponderEliminar
  10. nunca tinha visto, mas gostei :)
    R: eu adoro!!

    ResponderEliminar
  11. Não conhecia o programa mas parece muito bom, é uma sugestão realmente! Adoro imenso a forma como te expressas e apresentas os programas e etc! Tens mesmo uma escrita muito boa
    Beijinhos

    Abby (www.bloguedaabby.blogspot.pt)

    ResponderEliminar
  12. Não conhecia o programa mas acho-o interessante pelo que referiste. Vou tentar assistir. Beijinhos

    www.carolinafranco.pt

    ResponderEliminar
  13. Acredita que nunca vi Andreia, não tenho por hábito ver a RTP, mas gosto do Bruno, acho-o um dos melhores humoristas Português,já o Miguel não gosto muito, mas se calhar os dois juntos, até funciona bem :)
    Boa noite linda.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  14. Não conhecia o programa, mas deixaste-me muito curiosa :)

    ResponderEliminar
  15. Estou completamente viciada neste programa, eles são incríveis!:p

    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. Sou uma vergonha ainda não vi este programa, e ainda ando curiosa com ele!
    Tenho de tratar disso!

    ResponderEliminar