O meu 2017 em livros

by - dezembro 27, 2017

Fotografia retirada do pinterest

«Ao abrir um livro vislumbro um horizonte, onde a vista vai muito além do ponto»
Elan Klever


À semelhança dos últimos dois anos, propus-me realizar o desafio de leitura da plataforma Goodreads. E defini a meta nos 40 livros. Tenho que admitir que 2017 foi atípico nesta questão, porque houve meses em que li muito pouco ou nada e outros em que li bastante. Por causa desta inconstância, cheguei mesmo a pensar que não seria capaz de completar o desafio. Contudo, consegui. E acabei por superar o número que tinha estipulado (mas apenas por um).

Um conselho que transmito sempre, e sobre o qual já escrevi aqui, é ler pelo prazer que isso nos provoca e não pela obrigação de atingir uma quantidade específica. Devemos, sim, incitar-nos a ler mais, porque isso nos acrescenta a vários níveis. Não podemos é perder esse foco. E entrar numa espécie de competição, que só servirá para nos colocar uma pressão desnecessária, ao mesmo tempo que nos impedirá de desfrutar do enredo, dos cenários, das personagens; da magia que uma obra nos pode oferecer. 

Nesta lista tão diferente entre si, há várias descobertas, algumas sugestões mais ligadas à minha área de formação e autores que, já sendo conhecidos, nunca me desiludem. A verdade é uma: estes livros fizeram o meu ano. E foram uma autêntica surpresa!


O que li este ano:

1. Diogo Piçarra em Pessoa, Diogo Piçarra;
2. Sentir, Cristina Ferreira;
3. Janela Mágica: Contos de Natal, Saviour Pirotta;
4. O Café do Amor, Deborah Smith;
5. A Cidade das Pessoas Tortas, José Viale Moutinho;
6. O Meu Amor Existe, Margarida Rebelo Pinto;
7. Estranha Forma de Vida, Carlos Ademar;
8. Porto: Nos Recantos do Passado, Germano Silva;
9. O Sol Nasce Sempre, Ernest Hemingway;
10. Bianca e o Dragão, Beatriz Pacheco Pereira;
11. O Aprendiz, Tess Gerritsen;
12. Todos Vulneráveis, Luísa Beltrão;
13. Cinco Quartos de Laranja, Joanne Harris;
14. Modelos Curriculares para a Educação de Infância, Júlia Oliveira-Formosinho (org.);
16. Educação em Creche: Participação e Diversidade, Júlia Oliveira-Formosinho e Sara Barros Araújo;
17. O Trabalho de Projeto na Pedagogia-em-Participação, Júlia Oliveira-Formosinho e Rosário Gambôa (org.);
18. Um Longo Caminho para Casa, Danielle Steel;
19. Queimada Viva, Souad;
23. Por Treze Razões, Jay Asher;
24. Enquanto Acreditar em Ti, Raquel Strada;
26. Uma Criança em Perigo, Torey Hayden;
27 a 33 - O Livro das 1001 Noites, Expresso;
34. Equador, Miguel Sousa Tavares;
35. Avaliação em Creche, Cindy Mutschen Carvalho e Gabriela Portugal;
36. Brincar ao Ar Livre, Helen Bilton, Gabriela Bento e Gisela Dias;
37. O Pintassilgo, Donna Tartt;
38. Madrugada Suja, Miguel Sousa Tavares;
39. Sensibilidade e Bom Senso, Jane Austen;
40. O Conto da Ilha Desconhecida, José Saramago;
41. O Rapaz que Desligou o Sol, Paul Brown.


Já leram algum destes? Algum vos despertou curiosidade? Como foi o vosso 2017 em livros? 

You May Also Like

26 comentários

  1. Já li alguns destes e tenho curiosidade com outros! Boa lista. Que 2018 traga ainda mais leituras!

    ResponderEliminar
  2. Vai ser uma das coisas a melhorar em 2018: ler mais.
    Um beijinho grande*
    Vinte e Muitos

    ResponderEliminar
  3. Adorei essa citação :)
    Que rica lista :)
    Eu tenho mesmo de ler mais em 2018 :) Vamos a ver se o Lu deixa hehe :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  4. Já li alguns desses livros, mas fiquei curiosa com outros quantos, sobretudo com o 'Equador' de Miguel Sousa Tavares. Vi a adaptação a série há uns anos e, agora que vi a tua publicação, lembrei-me que talvez devesse ler o livro ;)*

    ResponderEliminar
  5. "Queimada viva" já li e prendeu-me a atenção a cada página :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. R: "Intenso" acho que é uma boa definição, sim! :b

      Fico mesmo contente que esta partilha de informação seja útil! Tão bom! :')

      Eliminar
  6. Já estou curiosa há imenso tempo com o livro Queimada Viva e vendo a tua lista interessei me pelo O livro do Hygee: o segredo dinamarquês para ser feliz! São bons os dois? Eu ao contrário de ti, não li nenhum físico. Só li 2 on-line e foi no Wattpad. Enfim. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. wooooow leste mesmo muitos livros! ando curiosa para ler o "queimada viva".
    beijinhos :) https://ratsonthemoon.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Andreia você fez boas leituras nesse ano, não conhecia os livros, espero que venha ler mais excelentes livros em 2018, livros são ótimas companhias bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderEliminar
  9. Adorava ser assim. Parabéns

    Hoje:-"Chuva, onde desejo tréguas."

    Bjos
    Resto de uma feliz tarde.

    ResponderEliminar
  10. Admito que também gosto de ler mas é coisa que não faço muito, algo que pretendo mudar em 2018! Como ainda estou no secundário é dificil poder ler por querer pois enchem-me de livros de leitura obrigatória que não me despertam interesse nenhum, como é o caso do Ano da morte de Ricardo Reis!
    Beijinhos

    -Abby (Simplicity)

    ResponderEliminar
  11. Para mim este ano ficou um pouco atrás naquilo que toca a livros :/ O ano passado li 30, mas este ano só consegui ler 15 :( Por acaso ainda não li nenhum dos que falaste!
    Estou a seguir o blog <3
    Beijinhos,
    Blog An Aesthetic Alien | Instagram | Facebook
    Youtube

    ResponderEliminar
  12. Leste bastantes!!! Tenho que ver se te roubo o tipo de post ahah

    Beijinhos
    THAT GIRL | FACEBOOK PAGE | INSTAGRAM | TWITTER

    ResponderEliminar
  13. não li nenhum dos que mencionaste.
    infelizmente este ano nem 10 livros li, é algo a melhorar no próximo (:
    bom ano!

    http://arrblogs.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. A Cidade das Pessoas Tortas!! gostei do titulo, identifico-me :)
    Muitas leituras linda, eu não leio tanto.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Obrigado, meu bem :D
    uuuh, sério?! Depois vou querer ver :D

    Em 2018 vou ter de mudar os meus hábitos e as minhas rotinas para poder voltar às minhas leituras que tanta falta me fazem! O único que li foi o "Sentir" :P

    NEW OUTFIT POST | THE END OF THE YEAR BRINGS BACK NOSTALGIA.
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  16. Gostava de ter lido tanto assim também, mas o meu tempo ainda não chega. Agora que sou finalista e termino o curso, talvez fique mais livre nesse aspecto :)
    Mil beijinhos*
    Bem-Me-Quer

    ResponderEliminar
  17. Eu em 2018 tenho que definitivamente fazer isto, pode ser que assim leia bem mais!!

    ResponderEliminar
  18. Achei muito interessante a ideia de definir uma meta, porque como dizes não é para ler por obrigação, mas muitas vezes acabo por me desleixar nisso e ler é algo que gosto tanto e me completa.
    Já li alguns da lista e há muitos outros que quero ler :)

    ResponderEliminar
  19. De todos os que mencionaste só li cinco quartos de laranja.
    Também comecei o desafio da goodreads mas, depois deixar de registar os livros que fui lendo e perdi a conta XD

    ResponderEliminar
  20. Acho que foi um óptimo número, sim senhor :)
    Eu nunca li nenhum, mas há alguns que quero ler e me despertam imensa curiosidade :)

    ResponderEliminar
  21. Eu coloquei a minha meta para 50 e confesso que nem a metade consegui chegar porque empanquei num livro que sinceramente me desiludiu. Mas tenho fé que em 2018 consiga realizar esta minha meta. Parabéns por teres conseguido completar a tua!

    ResponderEliminar
  22. meu deuuuuus!! queria só ter lido metade da tua lista!

    r: obrigadaaa :)

    ResponderEliminar