Pós-Queima

By Andreia Morais - maio 15, 2017

Fotografia da minha autoria

A Queima das Fitas do Porto chegou ao fim. E esta semana teve tanto de incrível, como de desilusão. Foi um misto de sentimentos e sensações. Valeram alguns momentos e os concertos extraordinários de David Carreira, Átoa, James Morrison e Kaiser Chiefs. Tive imensa pena de só ter ouvido uma música do Virgul. E de não ter podido continuar a acompanhar o espetáculo dos HMB por causa da chuva. Para além disso, a experiência de trabalhar na barraca foi gratificante, mas igualmente cansativa e saturante. Não servia para trabalhar como bartender, mas tive situações bastante peculiares e engraçadas. No fundo, levo mais um infindável número de vivências. E agora que acabou, é hora de voltar à rotina!

  • Share:

You Might Also Like

15 comentários

  1. Uma experiencia que fica para a Vida, princesa, acredita :) Das melhores recordacoes que tenho da queima, foi em 2006, Deolinda e Blasted Mechanism! Parece que ainda os ouco :)
    Bjinhosss e boa semana!
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  2. Mais uma memória para a vida :)

    ResponderEliminar
  3. Os Kaiser Chiefs foram à Queima? Não sabia. Fixe que as organizações saiam um bocadinho da música comercial e enveredem por outros caminhos.

    ResponderEliminar
  4. Aposto que a experiência nas barracas deve ter sido muito interessante linda!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
  5. O mê Bisalho tb tinha uma barraca:"transparentes". Era a loucura
    Kis :=}

    ResponderEliminar
  6. São momentos que vai ficar pra sempre, Andréia bjs.

    ResponderEliminar
  7. Andreia acredito que sintas saudades, devem ser momentos que não esquecem :)
    Aqui também já acabou e se queres que te diga, ainda bem, que é barulho a mais ahahahahah
    Bom regresso :)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Obrigado meu anjo :D

    Ainda assim e mesmo com alguns contratempos, espero que tenhas aproveitado muito. Como matura que és sei que tiraste o melhor dos ensinamentos. Trabalhar "na noite" como bartender não deve ser , de todo, fácil!!

    NEW COOKING POST | Fusilli Tricolore Pasta With Tuna
    InstagramFacebook Official PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  9. Trabalhar na barraca do meu curso foi das experiências mais estranhas que já tive :P tive momentos de tudo: situações caricatas e momentos de arrancar os cabelos com algumas pessoas.

    Sara
    http://keep-choosing-joy.blogspot.pt/

    ResponderEliminar