Mal me quer

By Andreia Morais - outubro 12, 2016

Imagem retirada do google

Não brinques com o meu coração. Não faças e desfaças os nós com a mesma rapidez com que nos mantemos a brincar ao «mal me quer, bem me quer». Já ultrapassamos a fase ingénua de não sabermos o que esperar um do outro. Crescemos. E, embora nem sempre nos saibamos ler, fomos apresentando pistas suficientes sobre o caminho que queríamos seguir. Ofereceste-me uma flor, sem espinhos, ciente de que cuidaria dela como se fosse um complemento da minha vida. Sem palavras, fizemos uma promessa que não pretendíamos quebrar. E agora que nos sinto a balançar neste futuro incerto peço-te que preserves as pétalas que um dia partilhei contigo. Aguenta só mais um pouco. De amor firme. Enquanto a tempestade avança, a lengalenga vai-se transformando em eco. E os nossos olhos acompanham a dança delicada dos nossos dedos. A expectativa aumenta. E sem misericórdia, como se o nosso futuro dependesse de um simples sinal, fico a segurar o caule que sobrou.   

Mal me quer
Bem me quer
Mal me quer
Bem...
E a última pétala cai
E o silêncio afunda-nos.

  • Share:

You Might Also Like

19 comentários

  1. Acho que sim :P Lavar as vistas neste sentido sabe mesmo bem :P

    Que lindo texto, meu bem!!! Se sem dúvida que o pior ruído é mesmo o silêncio!

    NEW OUTFIT POST | Isn’t a Goodbye!
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  2. Tão lindo e profundo :)

    Beijinho

    Lina Soares
    https://trintaporumalinhanoticias.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. A vida é demasiado preciosa para ficar ao sabor de um malmequer.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
  4. Entendo-te perfeitamente... as relações são sempre complicadas

    ResponderEliminar
  5. Quanto mais escreves, mais gosto de te ler :)
    Bjinhosss
    https://matildeferreira.co.uk/

    ResponderEliminar
  6. Perfeito, como sempre são as tuas palavras!
    Adorei!

    Beijinhos, boa quarta feira! :)
    http://gestoolharesorriso.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Boa tarde, nada é perfeito, assim como, as relações tem o seu alto e baixo, bem me quer, mal me quer = a bem me quer ao quadrado.
    Resto de feliz semana,
    AG

    ResponderEliminar
  8. Que texto lindo!
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  9. O amor é muito bonito... mas também dói um bocadinho.
    Tudo de bom para ti :)

    ResponderEliminar
  10. Gosto de ler o que escreves. Acredita, é sincero.

    ResponderEliminar
  11. Tão magnificamente profundo. Adorei *.*

    Beijinho grande minha querida <3

    ResponderEliminar
  12. Relações são todas complicadas mas somos nós que complicamos muitas vezes. Quando temos algo para tornar fácil, qualquer coisa vindo de nós, estraga essa facilidade e torna em complicação e, muitas das vezes, nem sequer entendemos o porquê de tanto complicar.

    r: na verdade, eu não queria que ela tivesse controlo sobre mim. a vida, simplesmente existe e ninguém sabe o porquê e, na verdade, pergunto-me pra quê é que crescemos!!

    ResponderEliminar
  13. O amor quando é reciproco é lindo e muito bom, agora quando não é assim, faz doer muito.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Quando o amor é recíproco traz felicidade agora quando começa a oscilar traz dor
    Um texto magnífico Andeia
    Beijos

    ResponderEliminar
  15. Realmente não se pode brincar com o coração, Andreia bjs.

    ResponderEliminar
  16. Realmente não se pode brincar com o coração, Andreia bjs.

    ResponderEliminar