Explosão!

By Andreia Morais - fevereiro 18, 2016


«Antes a inquietação de um amor, que a paz de um coração vazio», Caio Fernando Abreu


Tenho tanto dentro de mim 
Guardo palavras que queria gritar 
Senão escrevo, expludo
E neste emaranho de emoções
Quando respiro
E (te) liberto em prosa
É como se desprendesse 
A corda que me ata
À incerteza que sufoca
E me baralha o caminho

- Os meus pensamentos emparelham-se. Confundem-se. Complementam-se. Se preservo o embaraço, não desfaço as curvas de informação irrelevante. 

Tenho tanto em mim
Tantos pontos que se cruzam
Tantos pontos que não se soltam
Que senão cortar o nó
Entrarei num espiral
De inquietação
Que jamais se dissipará
Afastando-me do sossego
Levando-me ao permanente turbilhão
De histórias que retenho
Enquanto vivo
Num plano paralelo
A quem me rodeia
E não se apercebe
Que o meu corpo imóvel
Esconde uma alma
Que vagueia incessantemente

  • Share:

You Might Also Like

21 comentários

  1. Por aqui há muito jeito para a escrita!

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  2. Hello from Spain: I really like. Great job. Keep in touch

    ResponderEliminar
  3. Há uma música de Manu Chao que acho que ias gostar. Chama-se Desaparecido:
    Me dicen el desaparecido
    Fantasma que nunca está
    Me dicen el desagradecido
    Pero esa no es la verdad
    Yo llevo en el cuerpo un motor
    Que nunca deja de rolar
    Yo llevo en el alma un camino
    Destinado a nunca llegar

    ResponderEliminar
  4. Adorei, adorei!
    Gosto sempre de passar por aqui, as palavras transformam-se.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Fiquei agradavelmente surpreendido com este teu post, porque a poesia que escreveste é excelente. Foste brilhante, parabéns pelo talento que tens. Espero que a tua alma continue a vaguear para nos dares poemas assim ou até melhores ainda.
    Continuação de boa semana, querida amiga Andreia.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Tão bonito :) Não esperava menos de ti, continuas uma bela escritora. Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Que lindo adorei ;)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. Lindo o texto, é pra gente se inspirar, Andreia beijos.

    ResponderEliminar
  9. abraço - o texto é lindo mas esta tao triste princesa <3

    ResponderEliminar
  10. Desata os nós e solta a franga que há em ti. xD

    ResponderEliminar
  11. E há tanta gente de coração vazio! E com uma pedra em seu lugar!
    Kis:=)

    ResponderEliminar
  12. Muito lindo, escreves muito bem Andreia :)

    ResponderEliminar
  13. És brilhante! E eu pergunto-me como é que passei tanto tempo sem te ler. Faz-me tão bem a tua escrita, Andreia!
    Que poesia de excelência, que liberdade, que talento!
    Tens evoluído tanto...
    É uma honra e uma enorme responsabilidade ter-te como leitora!

    Beijinhos

    ResponderEliminar