Eternos amantes

By Andreia Morais - fevereiro 17, 2016


Esmorecemos com aquilo que nos unia. Reerguemo-nos, cada um com um amor diferente. Não nos culpo. Algures, por aí, perdidos em nós, perdemo-nos do que tínhamos. Comecei a ser menos quando te tornaste mais [para mim]. Passaste a ser nada quando me tornei tudo [para ti]. O nosso egoísmo sobrepôs-se à nossa paixão. Afinal, contra tudo o que defendemos, não é à prova de bala. Nunca foi. Percebi-o no exato momento em que ao olhar para ti os teus olhos cor de mel não me pediam insistentemente para ficar. Percebeste, possivelmente antes de mim, quando colocavas as mãos na minha cintura os meus dedos não tentavam acariciar os teus cabelos dourados. Sem mágoas, foi como tinha que ser. Fomos. Passado. Tornamo-nos ausentes. E agora, no presente, o tempo urge e a nossa história escreve-se em linhas paralelas, que não se cruzam. Nem mesmo nos sonhos que continuamos a partilhar em silêncio para ninguém notar.

  • Share:

You Might Also Like

23 comentários

  1. Adorei! Muito intenso e emocional. <3

    Beijinhos minha querida e uma optima quarta-feira

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada! =) Vingar no mundo da literatura e construir um percurso sólido é difícil. Mas devagarinho tenho chegado lá.

      Lembrei-me muito de ti no concerto de Domingo dos Per7ume, por causa da música dedicado à cidade do Porto <3

      Eliminar
  2. Que lindo texto arrasou como sempre um lindo dia.
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br
    Meu canal: https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI

    ResponderEliminar
  3. A vida é sábia. Acredito, seriamente, nisso!

    ResponderEliminar
  4. Que palavras bonitas! saudade? ou simplesmente constatar os factos que já não estão mais juntos?

    :)

    ResponderEliminar
  5. Obrigado, anja! Acredita que desejo o mesmo para ti porque, tenho plena noção, de que vais longe! Muito longe!!!

    Bolas :( Tão caro!!!!

    Aqui adequa-se a célebre frase "só lamentamos o que perdemos quando já não temos". Contudo, como creio que, na vida, nada acontece por caso, tenho a certeza de que a mesma se encarregará de nos levar a outros portos com novas pessoas!

    NEW OUTFIT POST | Minimal Chic
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  6. Tantas vezes nos perdemos...Mas, será que vale a pena continuarmos perdidos quando partilhamos sonhos em silêncio?

    ResponderEliminar
  7. Ena, que força para terminar uma relação. Gostei :) Beijinho

    ResponderEliminar
  8. Não tem que ser assim. Não nos podemos enfadar do amor, como se fosse um fato ou uns sapatos velhos. :/

    ResponderEliminar
  9. Muito bem,um texto bem interessante,eu não tinha inspiração para fazer uma coisa destas,dou-te os parabéns pela tua escrita!! Desejo tudo de bom para ti e continuação de um excelente mês de fevereiro para ti,fica bem!! http://artesedesenhossofiaafonso.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  10. Que lindo!! Há amores assim, que não são para ser...
    Bjs

    ResponderEliminar
  11. Fui atingida por estas palavras como se de uma flecha se tratasse :(
    Muito real o texto. Parabéns!

    ResponderEliminar
  12. Há amores que não nasceram para perdurar
    Muito intenso e emocionante o teu belo escrito Andreia
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. Muito bonito! Verdadeiro e intenso! Gostei. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  14. Está muito bonito, intenso e, para alguns casos, muito próximo!

    ResponderEliminar
  15. Há amores que por muito fortes que sejam parecem ser vividos sempre na hora errada!

    ResponderEliminar
  16. Ohhh tu derretes-me! Escreves tão bem, minha querida!
    És mais uma daquelas pessoas que gostava que editasse um livro. Terias sucesso com toda a certeza.
    Sabes... Acho difícil definir e escrever sobre o amor, mesmo que seja um tema sobre o qual quase todos os escrevem. O difícil é escrever bem e transparecer os sentimentos envolventes e tu fazes isso na perfeição. É emocionante de se ler e possível de se "viver" aquilo que nos dizes. Obrigada!
    Adorei!

    ResponderEliminar