Ausente permanência

By Andreia Morais - fevereiro 12, 2016


«Partiste para outro mundo», Diogo Piçarra


O tempo 
Nunca será 
Suficientemente rápido 
Ou suficientemente lento 

A dor 
Permanecerá 
Tanto fugaz 
Como prolongada 

Aquilo que foste 
Em mim 
[Mesmo depois de partires para um plano de vida oposto ao meu] 
Será forte
Algumas vezes fraco
Mas sempre eterno 

Não há 
[nunca haverá] 
Um tempo certo 
Para curar as feridas
Virar a página 
Acolher outro alguém 
Aquele alguém capaz 
Pronto 
Para ocupar um lugar 
Que nunca nos pareceu livre 
Para ser preenchido
Por outra pessoa 
Que não aquela que amamos um dia 
– até a perdermos

Odeio a solidão 
Que me impuseste 
Mas irei amar-te 
Por tudo aquilo que fomos
Que sou 
Mesmo sem ti
Aqui
Neste mundo
Só nosso

  • Share:

You Might Also Like

23 comentários

  1. Lindo, gostei desta bela poesia.
    Um abraço e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Um bonito poema...

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. É sempre uma mais-valia para quem gosta de ir variando :D

    Como sempre, dá um alento gigante ler isto pela manhã. continua a inspirar-nos, please

    NEW REVIEW POST | Revlon Age Defying Concealer 02 Medium
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  4. Cada vez gosto mais destes teus textos *.*

    beijinhos querida <3

    ResponderEliminar
  5. Amor imenso e intenso, muito lindo!
    Obrigada, abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderEliminar
  6. tão intenso! aquele sentimento que fica da ausência de quem gostamos mas que nos deixa sós. de vazio preenchido, não é?


    http://recuso-meaafundar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  7. Adoro que lindo!´
    http://retromaggie.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  8. Já te disse que temos imenso em comum hoje?

    Estou aqui <3

    ResponderEliminar
  9. É um cantor que admiro muito, tem letras lindas como esta! Beijinho, Andreia *

    ResponderEliminar
  10. Já pensava ser uma nova música dele:P

    ResponderEliminar
  11. Muito obrigada, Andreia :)
    Gostei, especialmente da parte:
    «(...)Não há
    [nunca haverá]
    Um tempo certo
    Para curar as feridas(...)»!
    É mesmo verdade!

    ResponderEliminar
  12. Fiquei de lagriminha no olho :'( Nem sabes como me faz sentido!

    Beijinho*

    ResponderEliminar
  13. Fantastico:) Beijinhoooo Linda:) Obrigada:)
    Thanks Love for This:) Amazing:)
    Wish you Amazing Day
    I just shared Full Blogpost, with all Amazing Photos, Pls Check:) Hope You Like:) Thank You :)Kissesss
    "True Beauty Comes From Within
    www.openklosetfashion.blogspot.pt

    ResponderEliminar