À boleia do mundo #17 (Parte 2)

By Andreia Morais - dezembro 16, 2015


Capítulo 17 (continuação)
28.08.2014


O hotel vistoso não passa despercebido. E por baixo há lojas de oferta e artigos religiosos. Logo ao lado veem-se as barracas com brinquedos e os mais diversos artigos. Na parte superior existe um parque com café, mesas, um lago e barcos. Não fui lá, mas a minha madrinha diz que é muito bonito.
De portas sempre abertas, o Santuário é um local de culto que recebe muitos peregrinos. Subi, pela primeira vez (pelo menos que me recorde), até ao local onde está São Bento. É aconchegante. Lá dentro sentimo-nos seguros. E não faltou quem lhe tocasse e beijasse. Vemos demonstrações de fé a acontecer à nossa frente. E, acreditando ou não em tudo isto, ninguém fica indiferente. Eu acredito!
Bem perto há um posto de primeiros socorros. Parece-me uma boa ideia, pois, desta forma, rapidamente conseguem auxiliar as pessoas.
Nunca será demasiado reforçar o quanto a vista nos arrebata. Ficava a contemplá-la por tempo indeterminado. 

12h11: Tudo visto, promessas cumpridas, dedal comprado, rumamos a outra paragem.

(Rio Caldo-Vilar da Veiga)

Recordamo-nos de ti, avó, e do quanto gostavas destas serras. Queria que estivesses aqui comigo.

(Gêres)

É uma maravilha! Vinha cá mais vezes se pudesse, porque não faltam detalhes para descobrir e levar no coração. Não há hipótese, sou apaixonada pelo meu país.
As termas, a capela, o parque das termas, as lojas abertas, as pessoas, os espigueiros, o artesanato, a rotunda com o aqueduto... Tudo nos prende o olhar. Tudo é deslumbrante. E também aqui estacionar parece uma tarefa quase impossível.

12h51: Paramos para almoçar no restaurante «O Pimpão». Estava muita gente, o que fez com que demorasse sermos a servidos, mas o frango de churrasco estava ótimo.
Os meus pestinhas são uns impostores de primeira, principalmente o meu afilhado que volta e meia se agarrava a mim para me dar beijinhos. Sou uma madrinha babada, mesmo quando só querem brincadeira e não me deixam almoçar.



Continua...
(qualquer dúvida não hesitem, deixem nos comentários ou mandem por e-mail)

  • Share:

You Might Also Like

19 comentários

  1. Continuo à boleia desta viagem.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  2. À sempre algo a descobrir..

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. Sério, coração?! e o que compraste? :D Conta-me!!!

    Só tu para me fazeres desopilar de tudo quanto me atormenta com estas histórias. Obrigado!

    NEW PERSONAL POST | Ask me what do you want !
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  4. Consegues levar-nos a viajar para lugares tão bonitos.

    ResponderEliminar
  5. É tão bom viajar com as tuas palavras :)
    Adoro o Gerês, realmente lindo!
    Beijocas *

    ResponderEliminar
  6. Tão bom, e vejo pelas tuas palavras que também adoraste esta viagem :)
    r: Muito obrigada querida. Correu bem sim, obrigada! :)

    ResponderEliminar
  7. Adoro ir contigo na mala de viagem! :d
    xoxo
    BLOG // FB PAGE

    ResponderEliminar
  8. Vamos continuar a viajar, juntas?Por favor..

    xoxo, Sofia Pinto
    Last Post ♥

    ResponderEliminar
  9. Preciso tanto ir ao Gerês!!
    Beijinho ♥

    ResponderEliminar
  10. Adoro o Gerês! <3
    E já não vou lá há tanto tempo, saudades...
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. Nunca fiquei num hotel :P E gostava de conhecer o Gerês:)

    ResponderEliminar
  12. Estou indecisa se é melhor ir ao Gerês no Verão ou no Inverno... Se calhar o melhor é ir no meio, lá para a Primavera :p

    ResponderEliminar
  13. Portugal é dos países mais bonitos para visitar, dizem os turistas. Devíamos "turistar" mais pelas nossas cidades :)

    ResponderEliminar