#100happydays agosto


«Você conseguiria ficar feliz durante 100 dias seguidos?»


O tempo passa sempre da mesma forma, sei-o bem, mas não conseguimos evitar pensar, sobretudo em determinadas alturas, que ele voa, como se tivesse poderes mágicos. Muitas vezes, dou por mim a pensar que é impossível terem passado vinte e quatro horas, porque foi tudo demasiado rápido. É uma questão de perceção, pois quanto mais ocupada estiver, menos atenta estarei aos ponteiros. Seja como for, é bom, excelente até, chegar ao fim de mais um dia e pensar em tudo aquilo que nos aconteceu de melhor. Já me despedi de agosto, mas não totalmente, porque ainda tenho trinta e um dias felizes para partilhar.


#dia213 01.08.2015: Voltar ao coro;
Jantar entre amigos;
Concerto d' Os Azeitonas.

#dia214 02.08.2015: Ir a Fátima;
Regressar a Vieira de Leiria e a Aveiro;
Aumentar a minha coleção de recordações.

#dia215 03.08.2015: Candidatura do mestrado entregue;
Fazer o jantar.

#dia216 04.08.2015: Tarde entre amigas;
Prenda da prima.

#dia217 05.08.2015: Acabar o livro da Lesley Pearse.

#dia218 06.08.2015: Passear à noite.

#dia219 07.08.2015: Momentos de leitura tardios.

#dia220 08.08.2015: Gelado de café.

#dia221 09.08.2015: Comprar os livros «Os Cavaleiros de São João Baptista», de Domingos Amaral, e «O Tempo dos Amores Perfeitos», de Tiago Rebelo.

#dia222 10.08.2015: Ir de férias!

#dia223 11.08.2015: Passar o dia no Lago de Sanabria;
Aproveitar a promoção do Continente (1 livro 6€, 3 livros 12€), aumentando a minha biblioteca com mais três livros.

#dia224 12.08.2015: Ver uma corsa.

#dia225 13.08.2015: Visitar Robledo.

#dia226 14.08.2015: Início da Festa da História, em Bragança.

#dia227 15.08.2015: Visitar o Mercado Medieval, na Puebla de Sanabria;
Ir ao Azibo;
Visitar Santa Combinha.

#dia228 16.08.2015: Visitar Macedo de Cavaleiros.

#dia229 17.08.2015: Brincar com a Surbi;
Comer um crepe no último dia de Festa da História.

#dia230 18.08.2015: Concerto dos Amor Electro.

#dia231 19.08.2015: Visitar Alfândega da Fé, Mogadouro, Freixo de Espada à Cinta, Figueira de Castelo Rodrigo e Vila Nova de Fôz Coa;
Jantar uma tosta de fiambre em pão regional.

#dia232 20.08.2015: Ver, finalmente, o vídeo da «Breve», do Diogo Piçarra;
Matar saudades da minha comadre e dos meus pestinhas.

#dia233 21.08.2015: Ir até La Toja, Sanxenxo e à Festa da História, em Vila Nova de Cerveira.

#dia234 22.08.2015: Jantar com os meus tios;
Ir até à Aguda para a Festa da Nossa Senhora da Nazaré;
Comprar dois crachás da nova coleção da Futilidades.

#dia235 23.08.2015: Aproveitar a tarde de chuva para ler.

#dia236 24.08.2015: Começar a fazer exercício físico!

#dia237 25.08.2015: Acabar um livro e começar outro;
Voltar às caminhadas.

#dia238 26.08.2015: Mais um dia de exercício;
Fazer uma espécie de overnight oats - uma delícia!

#dia239 27.08.2015: Matar saudades - tarde e jantar de amigas;
Receber um dedal (lembrança da minha afilhada).

#dia240 28.08.2015: A surpresa de um livro comprado por engano.

#dia241 29.08.2015: Dia com os meus pestinhas;
Vitória do Porto.

#dia242 30.08.2015: Ir a Arouca;
Comprar mais um dedal.

#dia243 31.08.2015: Experimentar novas receitas.

Comentários

  1. Este desafio é mesmo interessante. Para o ano vou aderir a ele :)

    Beijinhos <3

    ResponderEliminar
  2. E já lá vão 243 dias, nada mau e realmente o tempo voa como se tivesse poderes mágicos.
    Um abraço e continuação de uma boa semana.

    ResponderEliminar
  3. Valorizar cada momento é lindo! Assim tudo registrado! bjs, chica

    ResponderEliminar
  4. r: obrigada querida, bom mês para ti também :)

    ResponderEliminar
  5. Olá, parabéns pelo blog!
    Se você puder visite este blog:
    http://www.morgannascimento.blogspot.com.br/
    Obrigado pela atenção

    ResponderEliminar
  6. eu fiz este desafio mas só no mês de Janeiro. comecei-o a fazer agora em Setembro e vamos lá ver se aguento os 100 dias!

    ResponderEliminar
  7. Em resposta. "Enquanto Salazar dormia" gostei de ler, até porque é um reviver de situações que eu, por ter nascido na ditadura, ouvia falar.
    Aconselho.
    Kis:=>)

    ResponderEliminar
  8. Que ótima iniciativa ! É uma forma de motivar e ser mais positivo :)
    - Sim var ser diferente já o ano passado andei a conhecer o centro do país, Marvão e outras aldeias, agora eu e a minha mãe vamos conhecer mais o norte :)
    with love, KATE ❤

    ResponderEliminar
  9. Que bela proposta de vida, Andreia!
    O seu desafio cresce e a motivação para continuar,
    também aumenta a cada dia, parabéns!
    Se olharmos à nossa volta, sempre temos momentos
    felizes, que engrandecem nossos dias.
    Obrigada!
    Feliz e abençoado setembro pra você,
    abraços carinhosos
    Maria Teresa

    ResponderEliminar
  10. Olá Andreia ,

    Que todos os dias lhe tragam Momentos de referência e de Luz que sejam de alguma forma registados na sua Memória e no seu espírito :)

    Abraço
    Luis Sousa

    ResponderEliminar
  11. Que desafio interessante :) só por este bocadinho já me parece que tiveste um mês em grande!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  12. Oi Andreia
    Que todos os dias tenham momentos lindos que mereçam ser rememorados e lá se vão mais dias gloriosos minha querida
    Beijos

    ResponderEliminar
  13. gostei bastante do desafio, acho que vou começar a fazê-lo em Outubro :) beijo

    ResponderEliminar
  14. Ando com vontade de fazer este desafio há muito tempo, tenho que começar! :)
    Realmente o tempo passa a correr, este ano parece-me que tem passado mesmo a voar, o verão foi a correr e mais um pouco está aí o natal. É como dizes, tenho que chegar ao fim do dia e por em perspectiva as coisas boas que nos acontecem!
    Beijinhos,
    Telma
    GIVEAWAY INTERNACIONAL |Fui Eu Que Disse - Blog | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
  15. Adoro este desafio :) Faz-nos ver a vida de outra forma!
    http://bloguedacatia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  16. O tempo é uma grandeza ainda um pouco estranha e difícil de contabilizar. Há dias que parecem horas e horas que parecem dias. Mas quer-me parecer que a vida agitada de hoje, esta correria em que vivemos, o mar de informação que nos entra pela casa dentro, fazem com que o cérebro acelere a passagem do tempo.
    Lembro-me de ser garoto (e até rapaz/homem) e os dias serem uma seca. Os dias eram enormes, as semanas nunca mais acabavam e o fim de mês ficava sempre mais longe do que o fim do ordenado.
    Mais tarde ouvia a minha filha adolescente queixar-se que o tempo passava a correr. Ela já nasceu nesta correria, nunca soube o que eram os dias de verão na província, sem computadores, sem televisão e, no meu caso, só muito tarde tive rádio. Por isso os dias para ela passaram sempre a correr...
    Há um tempo real, marcado pelo relógio e um tempo psicológico, criado pelo cérebro, à medida de cada um. :)

    ResponderEliminar
  17. Obrigado meu anjo :D

    Ontem não consegui lá dar um salto porque já não saí a horas decentes mas hoje vou ver se consigo. Fiquei mesmo entusiasmado, entendes?! Como se já não lesse há imenso tempo :o

    O tempo voa e sei que tu és das pessoas que melhor o aproveita! Faz de setembro um mês ainda melhor mas não esperes que seja ele a dar-te essas coisas boas :')

    NEW BEAUTY POST | Challenge: Your Skin Care Morning Routine
    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  18. Acho que este desafio é super interessante porque faz-nos ter mais atenção aos pormenores que dão mais vida à nossa vida! E tu, Andreia, fazes isto maravilhosamente!

    ResponderEliminar
  19. Mas que óptimo mês que tiveste, que venham outro melhor :)
    Já deves ter uma colecção imensa de dedais :)
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  20. É bem verdade, há alturas em que o tempo parece que voa mesmo. Então quando aproveitamos bem os nossos dia a fazer coisas que nos dão prazer e nos adicionam conhecimentos e felicidade como, por exemplo, viajar parece que os dias encolhem!

    ResponderEliminar
  21. Mais um mês repleto de mil razões para ser feliz :) Que venham muitas mais!!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário