Dá que pensar #1

By Andreia Morais - junho 14, 2015


Há frases, comentários, observações, que nos fazem pensar, porque desconstroem aquilo que julgamos certo ou que aceitamos sem grandes questões. Ao ler a entrevista que Leonor Poeiras fez a Manuel Luís Goucha, para o projeto Maria Capaz (aqui), houve algo que abonou cá dentro. Todo o discurso é interessante, mas foi uma afirmação em particular que me fez parar. E compreender ainda mais que tudo aquilo que dizemos tem impacto. E que, por vezes, não damos o devido valor, pelo simples facto de não colocarmos as coisas em perspetiva. Há crenças - sejam elas de que índole forem - que nos tornam melhores. E são essas que devemos preservar.

«Nunca valorei ditos do género: “Atrás de um grande homem está uma grande mulher”, porque entendo que lado a lado é que um e outro devem caminhar»

Se lutamos por direitos iguais, não faz sentido que um género tenha mais destaque do que o outro; que um esteja à frente e outro atrás. É ao lado que quebramos barreiras. Que fazemos a diferença. Que mudamos o mundo. Enquanto não nos olharmos de igual para igual continuaremos a andar em círculos em vez se seguirmos em frente. Lado a lado!

  • Share:

You Might Also Like

37 comentários

  1. O Manuel Luís Goucha é um grande senhor! Tenho de ir ler esta entrevista.

    ResponderEliminar
  2. Já ouvi falar dessa entrevista.

    Tenho de ver se a leio.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Gostei!! Tenho que ir ler
    r: Obrigada Andreia :) Diverte-te no São João!

    ResponderEliminar
  4. É bem verdade..o Goucha sabe e muito bem, usar as palavras...

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  5. Quando digo "ninguém me ouve" ou "falo para às paredes" nesse preciso momento percebo que não estão a compreender a minha indignação, ou valorizam-na ou, chamam a atenção que deveria ser menos egóista e ajudar sem reclamar se aquilo está mal feito.

    Não sei se contra argumentar ou apresentar uma explicação com factos irá ajudar realmente.. Por vezes, sinto que as pessoas só se entendem quando esquecem o orgulho e a razão.


    Cumps** :)

    ResponderEliminar
  6. Deixou-me sem palavras e faz-me pensar muito.
    Gostei. Mais, adorei.

    www.nissimendes.ch

    ResponderEliminar
  7. Fez-me lembrar um provérbio japonês " Ao lado do teu amigo, nenhum caminho será longo".
    Um abraço e bom Domingo.

    ResponderEliminar
  8. É tão verdade! Dizemos algumas coisas de forma tão automática que nem nos apercebemos do que estamos realmente a dizer.

    ResponderEliminar
  9. Sábias palavras. A equiparação dos gêneros é que nos capacitará para realizar grandes projetos
    Juntos seremos mais. Caminhar lado a lado é mais prazeroso e nos dá mais forças para as lutas cotidianas
    Bela entrevista com expressividade singular e peculiar
    Um feliz domingo
    Beijos

    ResponderEliminar
  10. Gostei imenso do teu Blog, estou a seguir-te. Beijinhos

    ResponderEliminar
  11. verdade flor concordo com vc um tem que caminhar ao lado do outro
    beijos http://www.blogdaxavier.com.br/

    ResponderEliminar
  12. r: Tens de experimentar querida e depois dizeres-me o que achas :)

    ResponderEliminar
  13. Concuerdo con las dos apreciaciones!!!! interesante reflexión!!!
    Buen comienzo de semana, guapa!!!:)))

    Besos, desde España, Marcela♥

    ResponderEliminar
  14. Podes continuar que Domingo respondo a tudo :P

    ResponderEliminar
  15. Não me parece que a expressão tenha um sentido depreciativo em relação à mulher. Ela quer dizer que muitos dos feitos relevantes de um homem, se devem à mulher que tem, não forçosamente atrás, mas a seu lado. Desse ponto de vista, está-se a valorizar o papel da mulher e não a depreciá-lo.
    "Penso eu de que." eheheh

    ResponderEliminar
  16. Interesting post!

    check out my new post on http://styleccentricfashion.blogspot.com
    follow for follow on ig: @styleccentricfashion
    follow for follow on bloglovin: https://www.bloglovin.com/blogs/sandf-styleccentric-fashion-14140809

    ResponderEliminar
  17. r: Verdade, são gosto. Por acaso não conheço ninguém que goste mais ou menos ( o que seria uma boa desculpa para o/a arrastar para ver se passava a gostar mesmo) :p

    ResponderEliminar
  18. OMG mas que frase mais verdadeira, finalmente alguém sábio neste mundo!
    às vezes sinto-me que não vivo num mundo "justo" e feito para mim, as pessoas tendem sempre a inferiorizar os outros, seja pelo sexo, dinheiro ou até mesmo gostos! Já chega!
    xoxo
    BLOG // FB PAGE // BLOG'S GIVEAWAY

    ResponderEliminar
  19. Isto é o que eu defendo!!! Sempre gostei do Manuel Luís Goucha, um homem assumido e sem papas na língua. Diz o que tem a dizer, quase como uma versão masculina de mim mesma xD concordo imenso com essa afirmação porque sou feminista e é isso que o feminismo defende!

    ResponderEliminar
  20. Conheço o projecto da Maria Capaz mas ainda não li a entrevista certamente irei agora ler.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  21. Pensa assim, sempre experimentas algo novo. Mesmo que não gostes vale pena experiência.

    ResponderEliminar
  22. Adorei estas palavras.

    O Gaspar é o gato do mê Bisalho e vive em Braga, antes no porto antes no Funchal.
    Kis:=>}

    ResponderEliminar
  23. Realmente nunca tinha pensado nisso....bem visto ^^

    ResponderEliminar
  24. Com certeza amiga amei a postagem, tenha uma semana abençoada.
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=eNNlFtDc1-o
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br

    ResponderEliminar
  25. Para mim o Manuel Luís é um homem que valoriza qualquer mulher, aliás valoriza qualquer ser humano. É um grande Homem. Adorei a entrevista.

    ResponderEliminar
  26. Então tens mesmo de procurar um protetor especial para a cara, coração. Existem dos mais diversos preços, é uma questão de procurares bem :/ Agora podes não notar e até podem nem fazer diferença, mas daqui a uns anos as repercussões podem ser outras :/

    Não estica mesmo ... Mas eu aprendi com a vida que devemos aprender a viver bem com o pouco que temos. E de facto conseguimos. Se não temos isto ou aquilo agora é porque não tínhamos de ter... Só faz com que tenhamos de lutar mais um bocadinho :D

    É por estas e por outras que SEMPRE admirei o Goucha e que o tenho como uma das minhas MAIORES inspirações!

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  27. Sem dúvida que dá que pensar.
    Beijinhos! *

    ResponderEliminar
  28. Nunca pensei muito no dizer e agora que me deparei com este teu post fiquei a pensar!

    ResponderEliminar
  29. Nunca tinha pensado nisso dessa maneira, e a verdade é que esse é dizer que uso muitas vezes com os meus amigos. Mesmo nos grupos mais novos há sempre aquela tendência de comparar géneros. E há sempre aquela tendência a "desigualar" os géneros.

    ResponderEliminar