#4 A minha vida tem...


... folhas soltas e cadernos com versos livres, rimas e poemas de todos os tipos. Passava horas agarrada às palavras, apressando-me para que nenhuma fugisse. Às vezes, um dia inteiro era pouco para as ideias que apareciam de rompante, umas a seguir às outras. E na altura estava longe de imaginar o quanto este amor iria crescer. Perdi a maior parte das coisas que escrevi, mas ficaram as memórias dos momentos em que, sem pensar muito, deixava o lápis navegar pelas linhas azuis e das imagens desfocadas que tenho das quadras que apareciam no nosso jornal da escola.

Comentários

  1. As memórias com que ficamos são sem sombra de dúvidas as melhores , o texto está lindo *-*

    ResponderEliminar
  2. Boas memórias... tenho memórias identicas e acredita que elas ficam mesmo gravadas na nossa mente!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  3. =)

    As palavras também fizeram parte da minha vida. Quer dizer, ainda fazem, né?! rs!

    Ótimo sábado, Andreia!

    Beijo! ^^

    ResponderEliminar
  4. As memórias são as coisas mais fortes e preciosas que temos!

    ResponderEliminar
  5. o texto está qualquer coisa mesmo <3
    r : o pior é que é assim que eu me sinto neste momento , que perdi o meu chão :c

    ResponderEliminar
  6. r: é tão linda a frase :)
    de nada, bom fim de semana *

    ResponderEliminar
  7. Também tive alguns cadernos e, neste momento, não sei de nenhum deles. Valem-me alguns textos que ficaram perdidos em folhas soltas!

    ResponderEliminar
  8. r : não sei se se irá resolver :s isto anda tão complicado :c

    ResponderEliminar
  9. Olá Andreia, cá estou eu de volta, para levares com o meu comentário!
    Ora deixa lá pegar no lápis, e vamos ver o que sai.
    Pera, vou pegar na aguça esta ponta já conheceu melhores dias.
    Todos temos uma sebenta guardada na nossa memória, bem como fotografias onde era-mos projetos de homens e mulheres.
    Rebuscar essas recordações, é voltarmos a beber na fonte mais pura da essência do nosso ego.
    Depois a trajetória de vida consolida, ou distorce a imagem.
    Bom, chega, este lápis já não estava habituado a escrever, quer é voltar para o estojo, para junto dos seus amigos.

    JINHOS

    ResponderEliminar
  10. Há memórias que ficam para sempre.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  11. Há memórias que ficam para sempre.

    Isabel Sá
    https://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  12. Há memorias que não se esquecem mesmo que tenhamos elaborado um texto.
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. Houve uma altura na minha vida que eu escrevia muito, escrevia poesias e textos soltos, escrevia com o coração e era sempre elogiada quando alguém lia aquela fileira de palavras que parecia que se encaixavam na perfeição qual puzzle completo e sem defeitos... Depois, por algum motivo que não consigo especificar, deixei de escrever, coisas más aconteceram-me e eu deixei de conseguir expor os meus sentimentos para a escrita como fazia até então... Tenho saudades disso, muitas.

    ResponderEliminar
  14. As memórias fazem as histórias mais lindas :')

    Um beijinho,
    http://thedailydreamergirl.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  15. mais um texto fantástico!
    r: e é tão bom quando temos alguém assim !

    ResponderEliminar
  16. Memórias e recordações...oh o que seria de nós sem elas?!
    Quando for grande quero escrever como tu! (:
    Beijinhos querida! ♥

    allthatweseeisjustadreamwithinadream.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  17. Antes de mais, adoro o design :))
    Gostei muito do textinho :))

    ResponderEliminar
  18. very inspiring :)
    lets follow each other! just let me know and I will follow back :)

    - www.angelaah91.blogspot.nl

    ResponderEliminar
  19. Ora nem mais. Eu descobri como é maravilhoso viver sem qualquer medo, sem qualquer escuridão à minha volta e isso torna-me ainda mais forte. Nunca me senti tão positiva em relação as coisas, com tanta esperança e com tanta força. Já não me lembrava como era sentir-me assim... As tuas palavras fazem-me sentir tão bem. Tens sempre algo de positivo para me dizer e deixa-me realmente feliz que assim seja. Dá-me mais vontade de escrever e de partilhar como me sinto! Obrigada do fundo do coração Andreia! :)

    r: quando os ler, eu digo-te alguma coisa sobre isso, prometo!

    Se eu sentir saudades, é saudades do que me fez realmente bem em tempos. Ter saudades é relembrar como o acontecimento nos marcou e como será sempre relembrado. Saudades é dos sentimentos mais fortes que podemos ter, pelo menos, essa é a minha opinião!

    ResponderEliminar
  20. r: vou tentar fazer isso, escrever nem que seja só uma frase por dia, assim algo mais profundo... Acho que aprendi a reprimir os sentimentos só para mim e foi isso que lixou a minha veia artística para a escrita... Isso aliado ao facto de cá em casa me remexerem nas coisas fez com que eu abandonasse o papel e a caneta e tu percebes, com certeza, quando digo que as coisas que nos saem do coração sabem melhor quando escritas a caneta e papel...

    r2: o que eu interpretei do excerto foi que mesmo que eu não seja má ou não faça coisas más as pessoas vêem-me como alguém que só faz coisas más e por isso tenho de reprimir o que sou de verdade devido à culpa que me fazem sentir em ser como sou. É a tal história: se não somos como querem que sejamos já somos as piores pessoas do mundo. Mas claro, esta foi a minha interpretação e foi o que me fez identificar com tal excerto. Mas a magia da literatura é esta mesmo não é? Cada um interpretar de maneira diferente a mesma coisa ;)

    ResponderEliminar
  21. Acho que as pessoas que nao gostao de escrever nao conseguem percibir quanto pode ser importante e bonito para a gente criar escritos.

    Adorei


    beijos grandes e obrigada

    ResponderEliminar
  22. É mesmo e estou muito contente por isso.. Mesmo assim, tenho que te agradecer, a sério :)

    ResponderEliminar
  23. r: Que bom :)
    Das músicas que mencionaste a que gosto mais é a música Love Me Like You Do ^^

    Oh pronto! Tens razão :3

    ResponderEliminar
  24. Eu também já perdi algumas coisas escritas mas as recordações ficam sempre no nosso coração e há coisas das quais nunca nos esquecemos :)

    ResponderEliminar
  25. r: acho muito bem que estejas atenta! ahah :))

    ResponderEliminar
  26. Aiiii que LINDO amei o texto o blog rsrsrsrsrsrsrsrsrs

    Beijinhos,
    Blog da Pâm!!

    ResponderEliminar
  27. Afinal ainda temos algumas parecenças :P
    Vou ficar à espera das tuas respostas porque já sei que vou adorar!!

    InstagramFacebook Oficial PageMiguel Gouveia / Blog Pieces Of Me :D

    ResponderEliminar
  28. A tua vida é rica em sensibilidade, pensares doutos.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  29. Adorei tantoooo este texto! Simples, mas bonito e verdadeiro :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário