A lista dos meus desejos II


«Quando pode realizar todos os seus desejos, o que é realmente importante?»


Sou uma apaixonada por viagens. É certo que o mais longe que fui, fora de Portugal, foi a Espanha, mas o nosso país já o visitei praticamente de uma ponta à outra. Aos domingos tínhamos o habito de ir dar um passeio e todas as semanas o destino era diferente. Na altura das férias dávamos asas à imaginação e lá íamos nós, de malas e bagagens. Quando regressava a casa - e como é bom o regresso - vinha carregada de momentos especiais e recordações que guardo com carinho. 

Quando era ainda criança não prestava grande atenção à paisagem. Ia constantemente entretida a ler ou a brincar com os meus bonecos - recordarei para sempre a voz da minha avó a dizer isso mesmo. À medida que fui crescendo comecei a dar valor ao que via do lado de fora do vidro. Passei a compreender a beleza das casas que pareciam passar por nós a correr, do caminho que ficava para trás, do sol que parecia acompanhar-nos, como se nos desse a mão através de uma linha imaginária. Passei a achar graça a olhar pelo espelho e ver os carros que se alinhavam atrás de nós e o pedaço de estrada que já tínhamos percorrido. Comecei a ansiar a chegada, a sentir curiosidade em descobrir e a adiar o regresso. Pousei os bonecos e agarrei a máquina fotográfica para eternizar o momento, como se aquele clique tivesse a magia suficiente para parar o tempo. 

Foi quando me deixei fascinar pelas doces histórias que uma paisagem podia contar que passei a dar muito mais valor à terra que piso. Quis voltar atrás no tempo, pousar os brinquedos no banco do carro e simplesmente contemplar as árvores desfocadas que via em ambos os lados da estrada. Ver o trajetos dos pássaros em época de partida. As cidades ao longe. O mar. A praia. As casas. As linhas de ferro. Os pequenos pedaços de nada que agora, para mim, são tudo. Foi quando finalmente adquiri maturidade suficiente para admitir que perdi tanta coisa que percebi que não mais poderia deixar passar os pormenores. Os sorrisos. As pessoas. A calçada. Os cheiros. A comida. As lembranças. As fotografias. Tinha que voltar a pisar o mesmo chão. Redescobrir. Revisitar. E, desta vez, prestar toda a atenção possível, como se aqueles locais fossem parte de mim e tivesse que cuidar deles para sempre. 

Não sei bem porquê, mas a partir do momento que desejei percorrer Portugal de Norte a Sul, desta vez como deve ser, que sonho fazê-lo ao volante de uma Pão de forma. É estranho, até porque na altura não tinha carta. Hoje continuo sem a ter, nem consigo imaginar-me a conduzir. No entanto, o desejo mantém-se. Há qualquer coisa naquela carrinha que me fascina. Qualquer coisa de mágico e fascinante, como se tivesse saído diretamente de um conto de fadas. Parece que já estou a imaginar os vidros abertos enquanto percorro o Alentejo, com 40ºC. Estacionar voltada para o mar na Ericeira. Subir à Nazaré. Tentar ir à Serra da Estrela ver neve. Regressar a Ponte de Lima na altura das Feiras Novas. Passear por Bragança. Desligá-la e sentir o vento a entrelaçar-se no meu cabelo enquanto olho o horizonte na Ponta de Sagres. 

Há sonhos que não morrem. Não os deixo morrer, por mais impossíveis que pareçam. Um dia hei-de ter uma Pão de forma! Mesmo que não seja para conduzir. Mesmo que seja só uma miniatura - talvez faça uma coleção deste modelo da Volkswagen. E todos os dias olharei para ela e recordei todos os sonhos que me permiti sonhar.


Desejo nº2:
Ter uma Pão de forma   

Comentários

  1. Viajar é tão bom... perdemo-nos em histórias novas todos os dias :)

    ResponderEliminar
  2. Tenho exactamente o mesmo sonho :) Quem sabe um dia não o consigamos realizar!! E depois viajaremos muito, por todo o lado!

    ResponderEliminar
  3. Eu também gosto muito de viajar e também o mais longe que fui foi até Espanha. Adoro o nosso país principalmente pelos monumentos históricos mas, também porque tem paisagens lindas é só as pessoas olharem à sua volta para verem o que lhes rodeia. O problema é que muitas vezes não conseguem ver e depois menosprezam o nosso país.

    http://morningdreamsfree.blogspot.pt/

    Sofia Silva

    Beijos*

    ResponderEliminar
  4. Espero que realizes esse desenho. Depois vamos as duas pode ser? xD

    ResponderEliminar
  5. resp : ainda bem que gostas :)
    fiquei apaixonada pela música nova dele, a que tenho no meu blog *

    ResponderEliminar
  6. Já andei a viajar num pão de forma. Foi genial.

    ResponderEliminar
  7. Opah identifico tanto contigo neste teu desejo :D Adorei as tuas palavras
    Também adoro viajar e conhecer as cidades, cada recanto do nosso pais perco me sempre a visualizar cada canto de cada paisagem cada raio de sol a penetrar sobre as paisagens ou mesmo as histórias que por vezes os mais velhos que lá se encontram sentados e metem conversa contigo a contar te com é ali viver e te mostram disponibilidade para as contar. Adoro imenso o norte do pais (estive em ponte de lima e depois foi visitando os recantos por ali ando uma olhadela ás outras cidades) não sei se foi como foi recebida mas as pessoas são tão acolhedores e simpáticas adorei fiz lá amigos e quando lá vou é sempre tão bom. E mesmo fascinante conhecer outros lugares e guardar as memórias os cheiros entre outros afins.
    beijinhos
    http://retromaggie.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  8. muito obrigada querida, desculpa nem sempre responder aos comentários mas tenho tido pouco tempo para cá vir.....um beijinho

    ResponderEliminar
  9. Es muy bonito poder viajar y aprender de otras culturas, observar y enriquecernos con bellas imágenes y recuerdos...soy muy afortunada por poder conocer muchos lugares y apreciar distintas formas de vivir.
    Me encanto tu post, viajar es un bello sueño compartido....
    Besos, desde España, Marcela♥

    ResponderEliminar
  10. resp blog história: A ideia é mesmo essa deixar-te ainda mais curiosa :)
    Se quiseres segue este blog, para teres na tua página inicial quando publico os capítulos, mais tarde criarei uma espécie de newsletter e eu própria avisarei :b

    ResponderEliminar
  11. resp blog privado: sim é verdade não podia concordar mais com isso :)

    ResponderEliminar
  12. resp blog oficial: acredita que foi mesmo um excelente fim de semana c:

    ResponderEliminar
  13. As Pão de forma são uma fofura! :)

    ResponderEliminar
  14. Adorava ter uma carrinha dessas!! Era mesmo giro percorrer o pais de ponta a ponta ao volante de uma carrinha dessas ;))

    ResponderEliminar
  15. Não tens nada que agradecer! :))
    Espero bem que essa etapa seja tão boa como esta!
    Quem sabe se um dia não venha a escrever sobre "as minha viagens com o meu pão de forma". Ou então ao volante de um nini antigo. Acho que também seria interessante viajar numa coisinha tão pequenina pelo pais (ou mais além)! :)

    ResponderEliminar
  16. Viajar é um dos meus maiores sonhos.

    ResponderEliminar
  17. Viajar, nos caminhos ou nas memórias...uma experiência eterna e emotiva!!! Passei por acaso mas gostei tanto que já estou a seguir!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
  18. Eu e o meu namorado também temos esse desejo/sonho :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário