Prendas no sapatinho

By Andreia Morais - novembro 12, 2013


Os anos vão passando e cada vez mais tenho dificuldade em descobrir algo que realmente queira receber como presente. Especialmente no Natal. 

Nunca tive feitio para pedir prendas e odeio (se calhar odiar é uma palavra muito forte, mas parece-me bem neste contexto) quando me perguntam o que estou a precisar. Nada. É sempre a minha resposta. Mesmo que até me tivesse lembrado de uma coisa ou outra. Responder honestamente a essa pergunta é tirar a magia, a espontaneidade, a honestidade no nosso olhar quando vemos o que nos deram. A partir de hoje, sempre que me perguntarem o que quero receber ou o que estou a precisar, vou-me limitar a responder: Surpreende-me! Porque eu gosto é disso, da surpresa, do lado imprevisível. E quanto a isso acho que serei sempre uma eterna criança, porque ao fim de vinte e um anos de vida continuo a ficar ansiosa por ouvir tocar as doze badaladas para rasgar os embrulhos dos presentes que me calharam. 

À medida que o tempo vai passando vou gostando cada vez mais de ler. E de adquirir livros. Habituei-me a tratar os livros por tu e a senti-los como algo bastante pessoal, por isso é que gosto de os comprar. Além disso, quando há alguma frase que me salta ao coração, gosto de os marcar com aquelas notas adesivas reposicionáveis em forma de seta, assim posso sempre voltar a ler. E a reler. As vezes que me apetecer. 

Claro que há umas quantas coisas que gostava de receber ou de puder comprar, como é o caso da Canon 600D. A par da escrita, a fotografia é outro dos passatempos que mais me completa, por isso é mesmo um sonho ter uma máquina destas. Mas, para já, vou dando saltos mais pequenos, quase como se nem chegasse a tirar os pés no chão. E também fico bem servida (muito bem mesmo) se no meio de um desses embrulhos encontrar um livro. 

Há uns quantos que quero comprar, pela curiosidade em lê-los, pelas criticas positivas que já ouvi, por me ligar ao autor de alguma forma. E os cinco que estão na fotografia inserem-se na lista das próximas aquisições. Como seria de esperar, a lista não fica por aqui, pois posso ainda acrescentar-lhe os livros de Miguel Esteves Cardoso (do qual só li «Como é linda puta da vida», mas fiquei fascinada») e da Torey Hayden (de quem já li quatro, mas quero lê-los a todos).


«Resignei-me no fosso do teu silêncio (...) Levantei o rosto e olhei-te mais fundo do que julgava conseguir, lembras-te? Tudo o que disseste, já se vislumbrava nos teus olhos. Desatei as cordas que te amarravam a mim e que já estavam cortadas sem termos percebido. Deixo-te ir. Abro as mãos e podes voar».
(A Persistência da Memória, Daniel Oliveira)

«O melhor do amor é sabermos muito pouco sobre ele»
(Há Sempre Uma Primeira Vez, Margarida Rebelo Pinto)

«O tempo é que manda, ele é que sabe, desliza entre os dedos e os anos, apaga o que é próximo e ressuscita o que ficou longe. O tempo é que manda: é ele o único tirano invencível»; «Mas, pronto, partilhávamos o silêncio, e o silêncio a dois não é o mesmo que o silêncio sozinho»
(Madrugada Suja, Miguel Sousa Tavares) 


E vocês, têm alguma prenda que gostassem de receber? Ou algum livro que queiram mesmo comprar? Se já leram algum destes, digam-me o que acharam. E sintam-se à vontade para me sugerirem outros tantos. 

  • Share:

You Might Also Like

10 comentários

  1. Obrigada pelo teu comentário :)
    Com este post fizeste-me lembrar que tenho que começar a ler um bom livro... Ai o dia devia ter mais que 24h, para podermos fazer tudo aquilo que gostamos!!! ;)
    E sigo de volta...

    R de Rita

    ResponderEliminar
  2. Se me oferecerem livros, fico sempre feliz. É difícil errarem num presente, se me derem um livro.

    ResponderEliminar
  3. Sou como tu com os livros. Sei que pouparia imenso dinheiro se os requisitasse nas bibliotecas mas para mim um livro é algo demasiadamente pessoal ;) beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Oooh também quero alguns desses ^^ E quero o tempo dos amores perfeitos :P

    ResponderEliminar
  5. adoro o blogg e a estrutura. Um dia aprendo a fazer disto. Deixo-te um abraço.

    ResponderEliminar
  6. Eu só tenho hábito de ler antes de dormir, mas o trabalho tem sido tanto que chego à cama e caio a dormir.... enfim :S

    Sem Jeito Nenhum Blog

    ResponderEliminar
  7. Sou tal e qual quanto às prendas de Natal. Posso até precisar de 1000 coisas, mas nunca digo. E para mim receber livros, é receber o mundo!
    A tua lista (inclusivamente os outros dois autores que referes depois) é muito boa! Quero alguns deles para a minha colecção :)

    ResponderEliminar
  8. tem que ser.
    é um sonho deveras fofinho :b

    ResponderEliminar
  9. Por acaso também quero receber um livro no Natal!

    ResponderEliminar